Menu
2019-04-05T10:40:41-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Por prejudicar varejistas

UE multa Mastercard em 570 milhões de euros

Segundo autoridades antitruste europeias, empresa dificultou acesso de comerciantes a serviços de pagamentos em diferentes países da União Europeia

22 de janeiro de 2019
10:38 - atualizado às 10:40
Mastercard
Mastercard - Imagem: shutterstock

As autoridades antitruste europeias decidiram multar a Mastercard em 570 milhões de euros (US$ 648 milhões) por dificultar o acesso de comerciantes a serviços de pagamentos em diferentes países da União Europeia, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira, 22.

Segundo as autoridades europeias, a companhia foi punida por ter limitado a possibilidade de comerciantes se beneficiarem de melhores condições oferecidos por bancos estabelecidos em outros países do mercado comum, que é o braço executivo da União Europeia.

Segundo a comissária de concorrência da UE, Margrethe Vestager, a atitude da Mastercard "elevou artificialmente os custos de pagamento de cartões, prejudicando consumidores e varejistas" no bloco.

Por volta das 9h50, a ação da Mastercard caía 1,5% no pré-market de Nova York.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Expansão

Rede D’Or assina memorando para aquisição de hospital na Paraíba

Documento prevê que Rede detenha 51% do capital social do Hospital Nossa Senhora das Neves

Após investigação

China multa Alibaba em US$ 2,8 bilhões por prática de monopólio

Foco foi prática que força comerciantes a escolherem uma plataforma, em vez de poderem trabalhar com mais.

Efeitos da Covid

Grupo Educação Metodista se prepara para pedir recuperação judicial

Com dívidas de cerca de R$ 500 milhões e em dificuldades desde 2015, o grupo viu sua situação se deteriorar em meio à pandemia

Cessão onerosa

Petrobras: Conselho aprova acordo sobre excedentes em Sépia e Atapu

Para a área de Atapu, a participação da estatal na cessão onerosa fica em 39,5% e em Sépia de 31,3%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies