IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2021-09-14T12:27:58-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Unindo o útil ao agradável

Aceita bitcoin? Mastercard adquire empresa focada em segurança e negociação de criptomoedas

A Cipher é responsável por diversos sistemas integrados que formam uma “rede de compliance” descentralizada

10 de setembro de 2021
13:14 - atualizado às 12:27
Cartão da mastercard com um bitcoin na frente
A expectativa é de que a sinergia de forças das empresas acabe auxiliando a Mastercard a operar em parceria com Bancos Centrais para oferecer produtos diversos aos clientes e ampliar o uso de criptomoedas no dia a dia / - Imagem: Shutterstock

As moedas digitais definitivamente tomaram o centro dos debates em finanças, assim como a segurança dos investidores. A Mastercard resolveu juntar o útil ao agradável e adquiriu uma empresa de segurança criptográfica e compliance para reforçar seu time. 

A Visa, concorrente direta da Mastercard no ramo de bandeiras de cartões, já está com planos avançados sobre a utilização do bitcoin e outras criptomoedas como meios de pagamento, também com foco em cibersegurança

Mas a aquisição da CipherTrace pela Mastercard deve aumentar essa competitividade. A empresa surgiu focada em criptomoedas, mas de olho em outro setor, o das finanças descentralizadas, as DeFis. Além disso, a Cipher é responsável por diversos sistemas integrados que formaram uma “rede de compliance" descentralizada. 

Segundo o comunicado de aquisição, os clientes poderão ter acesso às mais de 900 criptomoedas disponíveis na blockchain da CipherTrade por meio das carteiras digitais da Mastercard. “É uma forma de manter suas moedas seguras e em conformidade com as autoridades monetárias”, reitera o documento.

A empresa também lança anualmente um relatório sobre as tendências para o mundo das criptomoedas e criptoativos como o bitcoin. Em 2020, a Cipher já destacava a relevância das DeFis para os ativos digitais, o que veio a ser confirmado em 2021, com a multiplicação de protocolos.

“O crescimento rápido do ecossistema de ativos digitais implica na necessidade de garantir que ele seja confiável e seguro”, disse Ajay Bhalla, presidente de Inteligência e Cibernética da Mastercard, no comunicado. 

De acordo com o portal DeFi Pulse, o valor armazenado nos protocolos DeFi é de aproximadamente US$ 74 bilhões (R$ 370 bilhões). Em um ano, esse mercado mais que quadruplicou.

A expectativa é de que a sinergia de forças das empresas acabe auxiliando a Mastercard a operar em parceria com Bancos Centrais para oferecer produtos diversos aos clientes e ampliar o uso do bitcoin e das criptomoedas no dia a dia. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

É RECORDE!

Black Friday e Copa do Mundo garantem bom desempenho para o Magazine Luiza (MGLU3) em novembro

29 de novembro de 2022 - 21:10

Novembro se tornou o melhor mês deste ano para a empresa e o mês com mais vendas na história da companhia

Estreante

CTG Brasil deve puxar a fila dos IPOs em 2023. Veja detalhes da oferta

29 de novembro de 2022 - 20:20

Caso se concretize, o IPO da CTG será o primeiro depois de um hiato de sete meses sem ofertas públicas – a última foi a privatização da Eletrobras, em junho

SINAL VERDE DA CÂMARA

Histórico! Brasil aprova lei sobre criptomoedas; confira o que muda para você a partir de agora

29 de novembro de 2022 - 19:58

O estabelecimento de regras mais principiológicas é animador para o esse novo setor da economia brasileira, segundo especialistas

BOA NOTÍCIA PARA OS ACIONISTAS?

Nubank encerra acordo polêmico de remuneração ao fundador, David Vélez, e gera economia bilionária aos cofres da fintech

29 de novembro de 2022 - 19:20

Além da economia, o encerramento do programa também evitará uma potencial diluição de até 2% dos outros acionistas da companhia

FECHAMENTO DO DIA

Commodities metálicas disparam e Ibovespa sobe quase 2%; dólar cai a R$ 5,28

29 de novembro de 2022 - 19:07

O Ibovespa pegou impulso com a valorização das commodities no mercado internacional e subiu quase 2%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies