🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2019-05-03T11:17:05-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Por US$ 62 milhões

‘Movimento estratégico’: veja a reação dos analistas à compra da Netshoes pelo Magazine Luiza

As ações do Magazine Luiza reagem positivamente ao anúncio de compra da Netshoes. Os analistas elogiaram a operação, embora tenham feito algumas ressalvas

30 de abril de 2019
11:44 - atualizado às 11:17
Site da Netshoes
Ações do Magazine Luiza sobem forte nesta terça-feira - Imagem: Reprodução

Numa terça-feira pouco movimentada no Ibovespa, uma ação destoou do restante: Magazine Luiza ON (MGLU3), que avançou mais de 7% e teve a o melhor desempenho do índice, na esteira do anúncio de aquisição da Netshoes, por US$ 62 milhões.

O valor equivale a US$ 2 por ação da empresa de comércio eletrônico — cifra 4,5% abaixo do valor de fechamento dos papéis da Netshoes no pregão de ontem. Com a proposta, o Magazine Luiza derrotou a B2W, que também estava na disputa pelo site de produtos esportivos.

Em linhas gerais, os analistas consideraram a operação como positiva para o Magazine Luiza, destacando o potencial de diversificação da plataforma online da companhia com a incorporação da Netshoes. O preço relativamente baixo da transação também foi elogiado.

Mas, por outro lado, os analistas ressaltam que o Magazine Luiza não tem um histórico relevante de crescimento via fusões e aquisições, e as dificuldades enfrentadas pela Netshoes podem trazer  "distrações" à empresa.

As ações ON do Magazine Luiza fecharam em alta de 7,14%, a R$ 191,26 — já o Ibovespa avançou 0,17%, aos 96.353,33 pontos.

As ações da Netshoes, por outro lado, despencaram 24,5% em Nova York, a US$ 2,00 — exatamente o valor acertado pelo Magazine Luiza na operação.

Itaú BBA — Um pouco mais de risco de execução, mas por um bom preço

Recomendação: Market perform (neutro)
Preço-alvo: R$ 171,00

"Acreditamos que o mercado reagirá positivamente à notícia, dado o valuation implícito relativamente barato da operação"

"O Magazine Luiza está entrando em novas categorias que ainda não haviam sido contempladas pelo canal online, o que pode dar sustentação ao objetivo de aumentar a frequência de compras"

"O Magazine Luiza registrou crescimento orgânico consistente, e uma compra pode gerar potenciais distrações, particularmente em meio às dificuldades financeiras e operacionais da Netshoes"

"Apesar de acreditarmos que essa transação será positiva como um todo, ainda gostaríamos de entender a estratégia geral do Magazine Luiza antes de fazer quaisquer suposições a respeito do potencial de crescimento e de sinergias a partir dessa operação".

BTG Pactual — Ganhando escala para uma plataforma mais ampla de e-commerce

Recomendação: Compra
Preço-alvo: R$ 151,00

"A aquisição do Netshoes pelo Magazine Luiza faz sentido estratégico como uma unidade separada de negócios"

"Para o Magazine Luiza, desenvolver do zero sua própria unidade de negócios focada em artigos esportivos seria possível, mas os custos crescentes de aquisição de clientes (CAC) limitariam a rentabilidade dessa estratégia"

"Assim, a compra do Netshoes, que ainda tem uma marca forte no Brasil, significa acelerar a penetração numa vertente diferente, em linha com a estratégia da empresa de ter uma ampla variedade de tráfego em seu website"

Bradesco BBI — O sapato é do tamanho certo?

Recomendação: Neutro
Preço-alvo: R$ 170,00

"O movimento é consistente com a estratégia de aprofundar a variedade de produtos e providencia a base necessária para que o Magazine Luiza tenha relevância em categorias em que o ganho orgânico de escala seria mais difícil"

"Após descontinuar suas atividades B2B e suas operações na Argentina e no México, acreditamos que a Netshoes é um ativo mais digerível. Dito isso, ressaltamos que o turnaround da operação central da companhia no Brasil ainda está em andamento"

"Também notamos que já faz algum tempo desde a última aquisição de grande porte do Magazine Luiza — as transações mais recentes foram menores e majoritariamente direcionadas ao fortalecimento do ecossistema online da companhia".

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ata do Fed sem surpresas, retorno de 6% + IPCA e mais uma falência no universo cripto; confira os destaques do dia

6 de julho de 2022

A ata do Federal Reserve, divulgada nesta tarde (06), confirmou todas as desconfianças do mercado. Os juros americanos vão continuar subindo de forma acelerada na próxima reunião, as expectativas de inflação no longo prazo seguem crescendo e não há como descartar que a reação da economia ao aperto monetário será uma desaceleração.  A resposta das […]

FECHAMENTO DO DIA

Sem novidades, ata do Fed impulsiona Ibovespa; dólar tem mais um dia de alta e vai a R$ 5,42

6 de julho de 2022

Apesar de a ata mostrar que a situação segue complicada, não houve nenhuma mudança no posicionamento do Federal Reserve

Ranking

Carteira recomendada de ações do Itaú foi a única, entre as maiores corretoras do país, a fechar o semestre com desempenho positivo

6 de julho de 2022

Levantamento da Grana Capital mostra carteira recomendada do Itaú com o melhor desempenho no ano, com alta de mais de 5%, enquanto o Ibovespa recua 6%

VOLTANDO À NORMALIDADE

Focus está de volta! Com o fim da greve dos servidores, Banco Central retoma publicações — que estavam suspensas desde abril

6 de julho de 2022

O Boletim Focus volta a ser publicado na próxima segunda-feira (11); as atividades do Banco Central serão retomadas a partir de amanhã

ELEIÇÕES 2022

Sem segundo turno? Pesquisa mostra estabilidade nas intenções de voto de Lula e avanço de Bolsonaro

6 de julho de 2022

A diferença entre os dois mudou de dez para oito pontos e, portanto, a sondagem indica que a chance de segundo turno “ficou menos evidente”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies