Menu
Imposto de Renda 2019
2020-03-25T15:05:08-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
IR 2019

Como declarar dependentes no imposto de renda 2019

Ganhos e despesas de dependentes também devem ser declarados. Confira como incluir todas as informações da forma correta na sua declaração do IR

26 de março de 2019
5:30 - atualizado às 15:05
Imposto de Renda 2019 - IR 2019 - Leão
Imagem: Pomb

Você talvez já saiba quem pode ser declarado como dependente no imposto de renda, garantindo algumas deduções na base de cálculo do IR. Caso ainda tenha dúvidas quanto a isso, eu escrevi sobre quem pode ser seu dependente no imposto de renda 2019 nesta outra matéria. Agora está na hora de esclarecer como, afinal, fazer a declaração de dependentes da forma correta para evitar problemas com a Receita Federal.

Primeiro, preencha os dados básicos na ficha Dependentes. Ao adicionar um novo cadastro basta clicar no botão "novo" e inserir o tipo de dependente (com o respectivo código), nome, número do CPF e data de nascimento.

Lembre-se de que, no imposto de renda 2019, a Receita Federal passou a exigir o número de CPF de dependentes de qualquer idade. Veja como tirar CPF para menor de idade.

O programa calcula automaticamente o valor a ser deduzido: R$ 2.275,08 por dependente.

Caso seus dependentes tenham bens ou dívidas no nome deles, você deve declará-los da mesma forma como declara os seus próprios bens e dívidas.

Além disso, você pode abater gastos dedutíveis com dependentes na sua declaração. É o caso dos gastos com saúde, educação e previdência privada tipo PGBL (se o dependente for maior de 16 anos, ele também precisa ser segurado da Previdência Social, neste caso).

Confira quais são os gastos dedutíveis no imposto de renda 2019 e como declará-los. Saiba também como escolher entre a declaração completa ou a simplificada.

Declaração de dependentes com renda própria

Caso seus dependentes tenham rendimentos próprios, estes devem ser informados e especificados na declaração.

As fichas Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica e Rendimentos Tributáveis Recebidos de PF/Exterior contam com uma aba específica apenas para os rendimentos de dependentes.

Na primeira você deve declarar rendimentos como salários, bolsa de estágio e aposentadoria; na segunda, rendimentos como aluguéis recebidos de pessoas físicas. Lembre-se de sempre seguir os informes de rendimentos. Veja como declarar aposentadoria e pensão da Previdência Social no imposto de renda.

Já nas fichas de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis e de Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva, você deve informar os rendimentos dos dependentes normalmente e  selecionar a opção Dependente no item Tipo de Beneficiário. Em seguida, escolha o dependente cadastrado.

É nessas fichas que entram boa parte dos rendimentos de aplicações financeiras.

Quem pode ser seu dependente no imposto de renda 2019

Saiba tudo sobre como declarar imposto de renda.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

CRESCENDO

Superintendência do Cade aprova compra da Easynvest pelo Nubank

Compra da Easynvest é a terceira feita pelo Nubank em 2020 e visa atingir desbancarizados

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

Exile on Wall Street

Save the date: a alma do investidor imoral

Assim como a vida, o investimento também é um ato de equilibrar forças ambivalentes, a intuição de Dionísio com as técnicas de valuation nas planilhas de Apolo

Mercados hoje

Noticiário corporativo não traz fôlego suficiente e Ibovespa opera instável

A temporada de balanços corporativos, com os resultados do terceiro trimestre de 2020, começa a ganhar força no Brasil e no exterior, com grandes empresas entregando um resultado satisfatório.

DE OLHO NOS NÚMEROS

Santander, Unidas e Petz: os balanços que mexem no mercado nesta terça-feira

Resultados do terceiro trimestre mostram que empresas estão se recuperando dos piores efeitos da pandemia de covid-19

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies