Menu
2019-12-30T16:37:33-03:00
Estadão Conteúdo
MERCADO AQUECIDO

Financiamento imobiliário chega a R$ 7,78 bilhões em novembro, maior nível em quatro anos

Já entre dezembro de 2018 e novembro de 2019, houve aumento de 38,3% no volume de empréstimos em comparação com o período anterior.

30 de dezembro de 2019
16:37
Imóveis
Imagem: Shutterstock

O crédito imobiliário com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) alcançou R$ 7,78 bilhões em novembro, melhor resultado mensal desde maio de 2015. Em comparação com o mesmo mês de 2018, o crescimento dos valores foi de 59,6%. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 30, pela Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

De acordo com o Boletim Informativo de Crédito Imobiliário e Poupança, o montante representa alta de 3,3% em relação ao mês de outubro, quando o setor registrou R$ 7,53 bilhões financiados.

Já entre dezembro de 2018 e novembro de 2019, houve aumento de 38,3% no volume de empréstimos em comparação com o período anterior. O valor passou de R$ 55,2 bilhões para R$ 76,09 bilhões. O boletim da Abecip também ressalta a rentabilidade acumulada no Índice Imobiliário Ibovespa, que chegou a 45,29%.

O maior volume de financiamentos imobiliários é gerenciado pela Caixa. Nas modalidades aquisição e construção, a carteira do banco público totaliza R$ 22,8 bilhões em pouco mais de 88 mil unidades. Em segundo lugar está o Bradesco, com R$ 16,2 bilhões financiando 63,4 mil imóveis. Já o Itaú Unibanco conta com cerca de 49 mil clientes em aquisição e construção, que representam uma carteira de R$ 14,7 bilhões.

Disponibilidade de financiamentos

O aumento dos financiamentos ocorre em meio à maior disponibilização de recursos do SBPE. Segundo a Abecip, entre dezembro de 2018 e novembro de 2019, foram aplicados R$ 70,04 bilhões para aquisição e construção de imóveis. O valor representa aumento de 36,4% em comparação com o mesmo período de 2018, quando havia R$ 51,33 bilhões.

A captação líquida do SBPE em novembro ficou em R$ 3,05 bilhões, enquanto o saldo está em R$ 642 bilhões - alta de 6,3% em relação a 2018. Já no acumulado do ano, o SBPE teve captação líquida negativa de R$ 1,2 bilhão, com mais saques do que depósitos realizados.

Flutuação no número de unidades

Apesar do aumento dos valores envolvidos nas negociações, o número de unidades negociadas chegou a registrar queda entre outubro e novembro. O recuo foi de 2,5% no total de imóveis nas categorias aquisição e construção que, juntas, representam 28,9 mil imóveis.

Já no acumulado do ano, o saldo de unidades foi positivo, com 46,3% de aumento em comparação com o mesmo período de 2018. Os recursos do SBPE possibilitaram a aquisição e construção de 266,3 mil imóveis entre janeiro e novembro de 2019, o que representa 29,9% de alta em comparação com o acumulado do ano passado. O período não registrava resultado negativo desde 2016, quando o déficit foi de R$ 31,2 bilhões.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

As ações das novas petroleiras valem a pena?

Nos recentes movimentos de rotação de carteiras nos mercados, temos nos deparado com a dicotomia Velha Economia (empresas de segmentos tradicionais) e Nova Economia (empresas ligadas à tecnologia e novas formas de consumo). Dentro do que se convencionou chamar de Velha Economia, temos visto o destaque das empresas de commodities, justamente o forte do Brasil. […]

Problemas no paraíso

Cesp, Engie, AES Brasil e mais: seca reduz brilho de ações do setor de geração hídrica

Com menos água, as empresas geram menos em hidrelétricas, mas não ficam livres de cumprir os contratos de fornecimento de energia

Jabuti do bem?

MP da Eletrobras: contratação de térmicas a gás pode diminuir conta de luz, diz estudo da Abegás

A medida vem sendo criticada pela maioria das elétricas, que alegam que ela vai na contramão da modernização e competitividade do setor

Viagem bilionária

Bilhete dourado: comprador misterioso gasta R$ 1,4 bilhão para ir ao espaço com Jeff Bezos

O turista espacial superou cerca de sete mil ofertas em um leilão beneficente realizado para definir o tripulante da espaçonave New Shepard

Fechamento dos mercados

Vacinação no Brasil volta a fazer preço, e Ibovespa sobe 0,59%, deixando para trás cautela com ‘Super Quarta’; dólar recua mais de 1%

Mercado deve operar em compasso de espera até a próxima quarta-feira, quando os BCs do Brasil e dos Estados Unidos divulgarão as suas decisões de política monetária

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies