Menu
2019-05-23T18:56:12-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Private equity

Para fundos que compram empresas, momento é bom para fazer negócio

Fundos que investem em participações em companhias para vendê-las com lucro posteriormente fecharam o ano passado com R$ 39,3 bilhões disponíveis para investir no Brasil

23 de maio de 2019
15:15 - atualizado às 18:56
Rede de restaurantes Madero
Rede de restaurantes Madero recebeu investimento do fundo Carlyle - Imagem: Divulgação

Com quase R$ 40 bilhões para investir no Brasil, os fundos que compram participações em empresas - conhecidos no mercado como "private equity" - veem o momento como atrativo para fazer negócios.

O objetivo desses fundos é adquirir participações em companhias com o objetivo de vendê-las com lucro posteriormente. A saída pode ocorrer, por exemplo, por meio de um IPO (sigla em inglês para oferta pública inicial de ações).

Trata-se de um negócio de alto risco justamente porque as empresas, em geral, estão fora da bolsa - ou seja, o gestor não pode se desfazer do negócio a qualquer momento. Mas o retorno costuma mais do que compensar nos investimentos bem sucedidos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Apesar das incertezas na economia, o risco de uma queda ainda maior no valor das empresas hoje é pequeno, segundo Fernando Borges, vice-presidente da Abvcap, associação do setor. "Fizemos praticamente todos os negócios no governo Dilma", lembrou o executivo, que também é representante do fundo americano Carlyle. No começo deste ano, a gestora anunciou a compra de uma participação na rede de restaurantes Madero.

Os fundos de private equity fecharam o ano passado com R$ 39,3 bilhões disponíveis para investir no Brasil, um aumento de 10,4% em relação a 2017. Os dados são de um levantamento feito pela Abvcap, a associação do setor, em parceria com a KPMG. Incluindo o capital aplicado nas empresas, o total de recursos dos gestores sobe para R$ 170 bilhões.

A aprovação ou não da reforma da Previdência, que assusta a maioria dos investidores, não é um cenário binário para os fundos, disse Piero Minardi, presidente da Abvcap e responsável pela gestora Warburg Pincus no Brasil.

"Ninguém está deixando de fazer negócio, até porque não acho que a reforma seja o Santo Graal."

Por outro lado, uma eventual não aprovação das mudanças nas regras para a aposentadoria pode afetar o apetite dos investidores dos fundos de private equity, que hoje são principalmente estrangeiros, segundo Minardi. Do total de recursos disponíveis nos fundos, 66% são de investidores estrangeiros.

Além da Previdência, os fundos que investem em empresas estão de olho no programa de privatizações do novo governo. "Vamos olhar, tudo é uma questão de preço", afirmou o presidente do conselho da Abvcap, que promove hoje e amanhã seu evento anual com investidores, em São Paulo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

tendências

Monitor do PIB da FGV aponta alta de 0,3% em novembro ante outubro

Monitor do PIB antecipa a tendência do principal índice da economia a partir das mesmas fontes de dados e metodologia empregadas pelo IBGE

"Buy and hold"

BTG Pactual recomenda ação de empresa para “comprar e manter”

Para os analistas do BTG, a empresa tem um “combo vencedor” que inclui altos dividendos, melhores retornos e boas perspectivas de crescimento

em davos

EUA podem tarifar Itália e Reino Unido por causa de imposto digital, diz secretário

Steven Mnuchin afirmou ainda que os EUA não planejam tarifar carros da União Europeia (UE) como forma de forçar o bloco a impor sanções ao Irã

mudanças à vista

Cosan anuncia mudanças e presidente da Raízen assume presidência do grupo

As mudanças começam a valer no dia 1º de abril. Por volta das 10h40, os papeís da Cosan caíam 0,77%, cotados a R$ 78,95.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta terça-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

A MUDANÇA QUE VOCÊ PRECISA NA SUA VIDA

Ligue o ‘F…’ e dê adeus ao seu chefe

Se você ficou preocupado com a Reforma da Previdência ou se está de saco cheio do seu trabalho, talvez se interesse pelo FIRE (Financial Independence, Retire Early).  É um movimento fundado por pessoas comuns, gente como a gente, que desejam atingir independência financeira o mais rápido possível. A meta é aposentar-se até os 40 anos. […]

em davos

‘O grande inimigo do meio ambiente é a pobreza’, afirma Guedes em Davos

Em Davos, ministro disse que o mundo precisa de mais comida e que é preciso usar defensivos para que seja possível produzir mais

Tensão global

Ibovespa abre em queda, em meio à apreensão com vírus na China; dólar tem dia volátil

O medo quanto a um surto de pneumonia provocado pela nova variação do coronavírus que surgiu na China aumenta a aversão ao risco nos mercados, derrubando o Ibovespa e levando o dólar à R$ 4,20

Abuso do cargo

Impeachment de Trump começa a ser julgado no Senado

Trump teria retido US$ 400 milhões em verbas da área de Defesa, prometidos à Ucrânia, para obrigar Zelenskiy a investigar as atividades de Jor Biden

na suíça

Trump diz que há negociações com outros países e que maioria das tarifas à China continua até ‘fase 2’

Em discurso no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, o presidente dos EUA comemorou a assinatura da “fase 1” do acordo, na semana passada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements