Menu
2019-04-16T12:52:07-03:00
Captação mais equilibrada

Captação líquida de fundos cai 18,2% e atinge R$ 47,8 bilhões no 1º trimestre, diz Anbima

De acordo com informações divulgadas nesta segunda-feira, o montante ficou abaixo da média de R$ 55,8 bilhões dos últimos cinco anos

8 de abril de 2019
16:41 - atualizado às 12:52
Troca de dinheiro
Imagem: Shutterstock

Os fundos de investimento tiveram captação líquida de R$ 47,8 bilhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa um recuo de 18,2% ante igual período do ano passado. O montante ficou abaixo da média de R$ 55,8 bilhões dos últimos cinco anos, segundo cálculo da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

A média do período é inflada pela captação líquida recorde de R$ 110,2 bilhões no primeiro trimestre de 2017.

A captação líquida nos três primeiros meses de 2019 foi mais equilibrada do que em igual período de 2018, quando a classe multimercados foi responsável por mais de 60% do saldo positivo.

No primeiro trimestre deste ano, multimercados tiveram captação líquida de R$ 12,4 bilhões, seguidos da classe ações (R$ 12,0 bilhões), de previdência (R$ 10,1 bilhões) e Fidc (R$ 9,8 bilhões). Somente a classe de fundos cambiais registrou resgate líquido (-R$ 200 milhões).

Apesar do crescimento da classe multimercados e ações, os fundos de renda fixa continuam com a maior fatia do patrimônio líquido da indústria de fundos: 43,5% no fim de março.

Com o maior crescimento das captações do que dos resgates, o patrimônio líquido total da indústria de fundos no Brasil no fim de março cresceu 11,9% em relação ao mesmo mês do ano passado, totalizando R$ 4,8 trilhões. Esse montante é distribuído em 17.824 fundos geridos por 642 gestores.

Nesse total, estão incluídos todos os fundos, inclusive os exclusivos (feitos especialmente para um investidor ou um grupo de investidores).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Especial SD

Onde investir no 2º semestre: a bolsa tem potencial para continuar se recuperando, mas há riscos no radar

Após desabar rumo aos 60 mil pontos em março, o Ibovespa se recuperou e, neste início de julho, já conseguiu retornar aos 100 mil pontos. Para analistas, a tendência continua positiva para a bolsa, embora existam incertezas importantes para o mercado de ações

SD Premium

Os segredos da bolsa: o exterior decide se o Ibovespa segue em alta ou entra em correção

O que esperar do Ibovespa após a retomada do patamar dos 100 mil pontos? No curto prazo, o exterior tende a dar as cartas para a bolsa — e a agenda econômica carregada pode trazer instabilidade

números da pandemia

Brasil chega a 72,1 mil mortes por covid-19, diz Ministério da Saúde

Foram registrados 24.831 novos casos da doença; total chegou a 1.864.681

entrevista

‘Brasil virou pária do investimento internacional’, diz Persio Arida

Um dos signatários da carta de ex-ministros da Fazenda e do BC em defesa de uma retomada econômica “verde”, ele observa que o presidente tem feito uma “política ambiental horrenda” e na contramão do mundo

ao menos sete parlamentares

Verba de gabinete é usada para lucrar na internet

Deputados da base governista recorreram a empresas contratadas com dinheiro da cota parlamentar e assessores pagos pela Casa para gerir canais monetizados no YouTube

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements