Menu
2019-07-15T12:53:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Procurado

Justiça decreta prisão de dono da JJ Invest, ex-patrocinadora do Vasco

Jonas Jaimovick desapareceu em janeiro, levando cerca de R$ 170 milhões de reais dos investidores da JJ Invest e agora é oficialmente um foragido da Justiça

15 de julho de 2019
11:11 - atualizado às 12:53
Neymar JJ Invest
O atacante Neymar em evento beneficente patrocinado pela JJ InvestImagem: Reprodução

Ainda não é um desfecho para a saga dos investidores que acreditaram nas promessas de lucro fácil da JJ Invest, mas há novidades no caso.

A Justiça determinou a prisão de Jonas Jaimovick, dono da empresa que desapareceu em janeiro levando R$ 170 milhões de mais de 3 mil clientes. Agora, Jaimovick é considerado oficialmente um foragido da Justiça. A decisão foi tomada pela 2ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.  A informação é do blog Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Entenda o caso

A JJ Invest funcionava com uma organização típica de pirâmides financeiras, onde com a promessa de retornos altos e garantidos (em torno de 10% a 15% ao mês) um primeiro grupo trabalha pelo crescimento da base, captando novos membros de uma forma que transforma o investimento em algo insustentável.

Para o investidor mais atento, era fácil conferir que não se tratava de um negócio muito confiável. Desde 2017, a Comissão de Valores Imobiliários (CVM) já havia autuado três vezes a empresa, em uma tentativa de impedir que o esquema se espalhasse. Mas foi só em janeiro deste ano que os negócios foram realmente paralisado.

Em janeiro deste ano, o clube carioca Vasco da Gama, patrocinado pela JJ Invest, rescindiu o contrato de patrocínio por falta de pagamento. A notícia alarmou os investidores que correram para resgatar suas aplicações.
A onda de saques levou à ruína da pirâmide financeira e a empresa chegou a vender cerca de R$ 4 milhões em ações da IdeasNet, derrubando o papel na bolsa.

Após ter dificuldade para sacar os seus investimentos, um investidor do Maranhão conseguiu na Justiça que a JJ tivesse R$ 1 milhão bloqueado em suas contas. Para o juiz do caso, havia risco concreto de que a empresa não tivesse os recursos necessários para realizar o pagamento.

A relação de Jaimovick com o futebol não para no clube carioca. Outros clubes menores do Rio de Janeiro também chegaram a ser patrocinados pela empresa. Em evento beneficente patrocinado pela JJ Invest, até mesmo o craque brasileiro Neymar Jr. chegou a vestir a camisa da companhia.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Novidades na B3?

Multilaser e Invest Tech entram na fila de pedidos de IPO

As duas empresas engrossam a lista de ofertas em análises na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que já conta com 28 pedidos

Ainda falta chão...

Reforma administrativa dá mais um passo na Câmara dos Deputados

O relator leu hoje seu parecer pela constitucionalidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); votação deve ocorrer a partir do dia 20

Novo momento

Fertilizantes Heringer registra prejuízo líquido de R$ 7,46 milhões no 1º tri

Empresa teve melhor Ebitda da história para um primeiro trimestre, mas resultado foi impactado por despesas financeiras

na b3

GetNinjas estreia em queda na bolsa, após IPO com ação abaixo do previsto

Empresa levantou R$ 550 milhões na oferta inicial de ações, com desconto de quase 20% do valor do papel em relação ao preço mínimo da faixa

Diversificando

BTG Pactual lança fundo de investimento 100% em bitcoin

O lançamento vem em linha com a diversificação de ativos oferecidos pelo banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies