Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-07-10T14:41:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olha ela aí

Em novo aporte liderado pelo SoftBank, Creditas recebe US$ 231 mi

Na América Latina, conglomerado japonês apostou até agora no Rappi, Loggi e Gympass; Creditas informou que valor será usado para expandir produtos e serviços

10 de julho de 2019
13:08 - atualizado às 14:41
sergio-furio
Sergio Furio é CEO da Creditas, que acaba de receber um aporte do Softbank - Imagem: Divulgação

A fintech Creditas anunciou nesta quarta-feira, 10, ter recebido um aporte de US$ 231 milhões (aproximadamente R$ 900 milhões) liderado pelo conglomerado japonês SoftBank.

Com o investimento, a empresa que antes era avaliada em US$ 250 milhões, passou ter ser valuation calculado em US$ 750 milhões pelos investidores  — o que equivalente a R$ 2,8 bilhões na cotação de segunda-feira, 8.

Segundo a empresa, o aporte será usado para acelerar o negócio e expandir produtos e serviços oferecidos aos clientes. A transação continua sujeita às autorizações aplicáveis e condições de fechamento.

Fundada pelo espanhol Sergio Furio em 2012, a Creditas surgiu no mercado com o objetivo de oferecer empréstimos a taxas mais acessíveis. A empresa oferece, entre outras coisas, empréstimo com garantia de imóvel e de veículos.

A companhia informa que o novo aporte vai ajudar a empresa a ter mais recursos para investir em tecnologia e recrutar novos talentos. Além de expandir seu portfólio de produtos. A Creditas tem hoje 700 funcionários - tendo crescido cinco vezes em 2018.

Segundo o Managing Partner do SoftBank Investment Advisers, Akshay Naheta, a Creditas foi pioneira em uma abordagem digital para desenvolver soluções de empréstimo por meio de ativos que são mais acessíveis e a um custo menor para os consumidores.

"Estamos ansiosos para apoiar Sergio [Furio, fundador da empresa] e sua equipe durante o crescimento da plataforma”, afirmou em comunicado.

Após o investimento, representantes do Softbank Vision Fund e SoftBank Latin America Fund se juntarão ao Conselho de Administração da Creditas.

Esse não é o primeiro aporte do conglomerado japonês na América Latina, que anunciou que investiria US$ 5 bilhões no continente. Desde então, já apostou no Rappi, na Loggi e Gympass.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies