Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-12-30T18:47:05-03:00
Estadão Conteúdo
Pesquisa FGV

Indicador de incerteza sobe de 7,3 pontos em dezembro ante novembro

Em médias móveis semestrais, a incerteza recuou pela terceira vez consecutiva, em 1,1 ponto

27 de dezembro de 2019
11:31 - atualizado às 18:47
Dinheiro protegido por uma redoma de vidro
Imagem: Shutterstock

O Indicador de Incerteza da Economia Brasileira (IIE-Br) subiu 7,3 pontos na passagem de novembro para dezembro, para 112,4 pontos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador vinha de duas quedas seguidas em outubro e novembro. Em médias móveis semestrais, a incerteza recuou pela terceira vez consecutiva, em 1,1 ponto, para 111,4 pontos.

"Apesar das notícias positivas da conjuntura brasileira nos últimos meses, ainda existem dúvidas em relação ao crescimento sustentável da economia doméstica. Além disso, as condições globais não tão animadoras para 2020 parecem impedir que a incerteza permaneça em níveis mais baixos", diz em nota Anna Carolina Gouveia, economista da FGV Ibre.

No acumulado de 2019, houve um tímido recuo de 0,6 ponto no indicador, mas em médias móveis de seis meses, a incerteza apresenta tendência decrescente desde o início do 4º trimestre.

"A redução mais expressiva da incerteza em 2020 vai depender da continuidade do crescimento da economia interna e de boas notícias no cenário externo", afirma a economista.

O IIE-Br é composto por dois componentes: o IIE-Br Mídia, que faz o mapeamento nos principais jornais da frequência de notícias com menção à incerteza; e o IIE-Br Expectativa, que é construído a partir das dispersões das previsões para a taxa de câmbio e para o IPCA.

Em dezembro, os dois componentes que compõem o Indicador de Incerteza seguiram em sentidos opostos. O componente de Mídia, com maior peso, subiu 8,8 pontos, para 112,4 pontos, contribuindo em 7,7 pontos para a alta da Incerteza. O componente de Expectativa, caiu 1,8 ponto, para 107,1 pontos, contribuindo em -0,4 ponto para o resultado agregado.

A coleta do IIE-Br é realizada entre o dia 26 do mês anterior ao dia 24 do mês de referência.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Será que sai?

Governo dos EUA está ‘confiante’ com o acordo bipartidário para pacote trilionário de infraestrutura

As discussões, porém, ainda enfrentam impasse em meio a discordâncias quanto aos montantes de recursos destinados para cada área

Líder do setor

Grupo FSB compra Giusti Comunicação e amplia seu portfólio de agências

Com a chegada da nova empresa, a FSB integra as contas de Aegea, Ame, Alpargatas, EDP, Grupo SBF, Centauro, SBT, Estadão, Protege, Centro Paula Souza e mais em sua lista de clientes

Reforma ministerial

Ciro Nogueira aceita convite de Bolsonaro para chefiar Casa Civil

No último dia 22, Bolsonaro confirmou o convite a Nogueira e a recriação do Ministério do Trabalho e Previdência que antes fazia parte da pasta de Paulo Guedes

Mais novidade

Unifique (FIQE3) estreia na bolsa em queda de 1%

Mesmo com o IPO saindo próximo do piso, a Unifique tem uma estreia no vermelho, em dia negativo para a bolsa brasileira

Decisão unânime

Conselho do Magazine Luiza aprova aquisição da Kabum! por R$ 1 bilhão

A decisão inclui também o pagamento de R$ 2,5 bilhões por meio da emissão de 75 milhões de ações ordinárias da varejista em favor dos acionistas da empresa comprada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies