Menu
2019-06-07T18:54:17-03:00
Estadão Conteúdo
Dá-lhe dólar!

Fluxo cambial total em abril até dia 26 é negativo em US$ 1,59 bilhão

Resultado do fluxo divulgado pelo Banco Central revela aportes no valor de US$ 34,551 bilhões e de retiradas no total de US$ 39,213 bilhões

2 de maio de 2019
15:59 - atualizado às 18:54
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Brasil registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,594 bilhão em abril até o dia 26, informou nesta quinta-feira, 2, o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 4,662 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 34,551 bilhões e de retiradas no total de US$ 39,213 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de abril até o dia 26 foi positivo em US$ 3,068 bilhões, com importações de US$ 12,211 bilhões e exportações de US$ 15,280 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 2,799 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 3,248 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 9,232 bilhões em outras entradas.

No ano até 26 de abril
O fluxo cambial total no ano até 26 de abril ficou positivo em US$ 2,850 bilhões, informou o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 13,423 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 26 de abril foi de US$ 4,654 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 182,480 bilhões e de envios no total de US$ 187,134 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 26 de abril ficou positivo em US$ 7,505 bilhões, com importações de US$ 51,276 bilhões e exportações de US$ 58,781 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 11,022 bilhões em ACC, US$ 13,287 bilhões em PA e US$ 34,473 bilhões em outras entradas.

Na semana
O fluxo cambial registrado na semana entre 22 e 26 de abril ficou positivo em R$ 1,214 bilhão.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 5 milhões, resultado de aportes no valor de US$ 9,656 bilhões e de envios no total de US$ 9,661 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 1,219 bilhão, com importações de US$ 3,7 bilhões e exportações de US$ 4,919 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 843 milhões em ACC, US$ 725 milhões em PA e US$ 3,351 bilhões em outras entradas.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Acordo firmado

EUA confirmam acordo com UE que suspende disputa comercial por Boeing e Airbus

Por meio do pacto, os dois lados concordaram em cancelar por cinco anos todas as tarifas autorizadas pela Organização Mundial do Comércio (OMC) relativas ao caso

China

Investindo na China: conheça os riscos e oportunidades

Sendo um titã no mercado mundial há décadas, a China promete continuar crescendo consistentemente nos próximos anos. Vale a pena investir ou é arriscado? Esse é o tema do vídeo de hoje de Matheus Spiess, analista da Empiricus

MERCADOS HOJE

De olho no Copom e na Eletrobras, Ibovespa abre o dia em queda; dólar sobe

Na sessão passada, o otimismo com a perspectiva de mais vacinas disponíveis e a aceleração do calendário de vacinação levaram o Ibovespa a fechar em alta

Em clima de disputa

Dez empresas brigam por usinas da EDP Brasil

Segundo analistas, faz sentido a EDP Brasil vender suas hidrelétricas, uma vez que sua prioridade no País será a geração distribuída e a transmissão de energia

O melhor do seu dinheiro

Freud, Itaú e o ETF dos millennials, o que esperar da Super Quarta, o preço da passagem espacial e outros destaques

Freud dedicou parte de seus estudos a tentar desvendar a tal “alma feminina”. Até que um dia jogou a toalha e reconheceu estar longe de responder o que, afinal, querem as mulheres. Se o pai da psicanálise vivesse hoje, imagino que o objeto de curiosidade talvez fosse outro: os chamados millennials. A expressão surgiu para […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies