Menu
2019-05-14T12:08:47-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Onda de valorização

Ao infinito e além? Bitcoin bate mais um recorde e atinge marca de US$ 8.000; valor é o maior desde julho de 2018

O mais provável é que a alta da moeda esteja relacionada a um processo que faz com que a recompensa pelo criptoativo diminua a cada quatro anos, o que a torna mais escassa e valiosa

14 de maio de 2019
11:50 - atualizado às 12:08
Criptomoedas bitcoin
Imagem: Shutterstock

Dois dias depois de alcançar o que teria sido a sua maior marca em 2019, o preço do bitcoin subiu ainda mais. Hoje, por volta das 11h26, a cotação do ativo estava na casa dos US$ 8.115,99. Tal valor não era visto desde julho do ano passado.

Assim como expliquei ontem aqui no Seu Dinheiro, o mais provável é que a alta do criptoativo esteja atrelada a um fenômeno conhecido como halving. Isso porque ao criar o bitcoin, Satoshi Nakamoto estipulou que a recompensa pela mineração da moeda diminuiria lentamente ao longo dos anos para controlar o suprimento do ativo.

E a cada quatro anos, o processo de recompensa dado aos mineradores de bitcoin reduz pela metade. Como a última vez que isso ocorreu foi em 2016, a próxima será no ano que vem.

Na visão do professor de mestrado em criptoeconomia da FGV, Luiz Calado, o que se costuma ver é que existe uma possível relação entre os anos anteriores a processos de halving e a alta no preço do bitcoin.

A ideia é que como a moeda pode ficar mais escassa e consequentemente mais valiosa, os investidores acabem buscando se posicionar nela para surfar a sua onda de valorização.

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

O melhor do seu dinheiro

Avanço na PEC Emergencial e dólar a R$ 5,70

Hoje foi um dia daqueles em que Ibovespa e dólar caminharam para o mesmo sentido – para cima. As notícias têm sido agridoces para o mercado financeiro, então enquanto algumas coisas animam de um lado, outras preocupam do outro. No front da PEC Emergencial, as coisas avançaram, e parece que vai ter, afinal, algum controle […]

Primeiro passo

Os documentos que você deve reunir para declarar o imposto de renda 2021

Reunir a documentação que te auxilia no preenchimento da declaração é o primeiro passo. Empresas tiveram até a última sexta (28) para entregar os informes de rendimentos.

FECHAMENTO

Ibovespa reage na reta final e sobe mais de 1% com novidades sobre PEC Emergencial; dólar também sobe refletindo cautela

A bolsa chegou a cair mais de 2%, enquanto o Banco Central precisou injetar mais de US$ 2 bilhões para tentar segurar o câmbio

Chama o Max

Devo comprar ações da Jereissati para surfar na retomada da economia? Confira a análise

Como investidor, você pode tirar proveito da retomada da economia através dos papéis de uma das mais promissoras microcaps nacionais.

Fundos de investimento

Ney Miyamoto deixa equipe de gestão da Alaska

Fundador e um dos executivos mais experientes da equipe da Alaska, Miyamoto permanece como sócio e investidor dos fundos da casa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies