Menu
2018-12-29T16:18:28-02:00
Estadão Conteúdo
Novo Governo

Bolsonaro diz, no Twitter, que liberará posse de arma de fogo por decreto

Posse será garantida para cidadão sem antecedentes criminais e registro da arma será definitivo

29 de dezembro de 2018
12:47 - atualizado às 16:18
Jair-Bolsonaro
Jair Bolsonaro - Imagem: Gabriela Korossy/Câmara dos Deputados

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que liberará a posse de arma de fogo por meio de um decreto, assim como tornará o registro da arma definitivo. "Por decreto pretendemos garantir a POSSE de arma de fogo para o cidadão sem antecedentes criminais, bem como tornar seu registro definitivo", escreveu, no Twitter.

Bolsonaro não deu mais detalhes sobre qual será a diferença desta mudança para a atual legislação, que já permite a posse de armas de fogo. Sobre o registro, há dois anos, o presidente Michel Temer editou um decreto (Nº 8.935) que mudou de três para cinco anos o período de renovação.

Eduardo Bolsonaro, deputado federal e filho do capitão do exército, compartilhou a publicação do pai e disse que "muitas outras novidades estão por vir ainda". Eduardo aproveitou para criticar o estatuto do desarmamento e o ex-presidente Lula.

"Os mensaleiros aprovaram o estatuto do desarmamento em 2003 a mando de Lula. Desde 2005 o povo pediu via referendo mudanças. Só em 2019, a custa de muito sangue inocente - em torno de 50 a 60.000 assassinatos/ano - foi eleito um presidente que vai ouvir os clamores do povo", disse.

Ainda neste sábado, Bolsonaro voltou ao Twitter, para dizer que o Poder Executivo tomará frente na intermediação do registro definitivo para arma de fogo no Brasil. "A expansão temporal será de intermediação do Executivo, entretanto outras formas de aperfeiçoamento dependem também do Congresso Nacional, cabendo o envolvimento de todos os interessados", escreveu Bolsonaro.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

esquenta dos mercados

Pedalada, calote e debate presidencial: a tríade do mau humor nos mercados

Nos Estados Unidos, os investidores seguem atentos ao novo pacote de estímulos fiscais e aguardam com cautela o primeiro debate da corrida presidencial

NÃO DEU

Sem um acordo, governo engaveta ‘nova CPMF’

Em reunião com o presidente Bolsonaro, líderes da base avisaram que, em ano de eleições municipais, seria impossível “ganhar a narrativa” de criação de um novo tributo

risco fiscal

TCU, Congresso e mercado veem drible a teto e ‘pedalada’ em Renda Cidadã

Divulgação da proposta azedou o humor dos investidores e resultou na disparada do dólar (alta de 1,44% fechando a R$ 5,63) e dos juros futuros, além de a Bolsa ter despencado (queda de 2,41%)

NOVIDADE NA BOLSA

Em meio à volatilidade do mercado, Boa Vista capta R$ 2,17 bilhões em IPO

Enquanto outras empresas estão encontrando dificuldades para emplacar suas ofertas, birô encontrou boa receptividade do mercado

inovação

Startup de e-commerce Vtex prevê movimentar US$ 8 bilhões este ano

Empresa anunciou que levantou uma rodada de aportes de R$ 1,25 bilhão, liderada pelos fundos Tiger Global e Lone Pine Capital

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements