Você pode ter uma renda semanal de até 500 dólares na sua conta; descubra como aqui

Cotações por TradingView
2018-12-14T15:42:53-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Ações

Presidente do Bradesco diz que Cielo está mal avaliada pelo mercado

Só neste ano, as ações da empresa de maquininhas de cartão controlada junto com o Banco do Brasil caíram mais de 50%. Mas ele descarta fechar o capital da companhia

14 de dezembro de 2018
15:42
Octavio de Lazari, presidente do Bradesco
Octavio de Lazari, presidente do Bradesco - Imagem: Egberto Nogueira/divulgação

O presidente do Bradesco, Octavio de Lazari, fez hoje uma defesa da Cielo, empresa de maquininhas de cartão controlada em conjunto com o Banco do Brasil.

Apenas neste ano, as ações da empresa responsável por realizar as operações com débito ou crédito no cartão caíram mais de 50%. O estrago foi provocado pelo aumento na competição nesse mercado com a entrada de novas empresas como PagSeguro e Stone.

"A empresa tem valor e acho que ela não está bem precificada", disse Lazari, durante almoço com jornalistas nesta sexta-feira.

O presidente do Bradesco disse, porém, que "não está na mesa" a possibilidade de fechamento de capital da Cielo, como parte do mercado especula.

No mês passado, o ex-presidente do Banco do Brasil, Paulo Rogério Caffarelli, deixou a instituição para assumir o comando da Cielo.

Margem apertada

Líder de mercado com pouco mais de 45% de participação, a Cielo precisou reduzir as margens para enfrentar a concorrência de novas companhias.

O receio de que ela venha a ser "sacrificada" para que os bancos compensem a perda dessa receita em outros serviços pressiona as ações da companhia.

"Esse mercado mudou, mas o fato é que a empresa tem escala, é competitiva, mas tem que repensar a forma de fazer determinados negócios", diz o vice-presidente do Bradesco, Marcelo Noronha, que é presidente do conselho de administração da Cielo.

O Bradesco começou neste ano a vender diretamente as maquininhas da empresa com sua força de vendas. Em pouco mais de três meses, foram comercializados 370 mil terminais, segundo o banco.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DIA 38

Os bombeiros chegaram: ata do Copom e Alckmin tentam baixar a temperatura da relação entre Lula e Campos Neto

7 de fevereiro de 2023 - 20:42

Do outro lado, parlamentares do PSOL e do PT querem apresentar requerimento para convidar o presidente do BC a comparecer em uma audiência pública na Câmara para explicar as razões dos juros altos

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Super Quarta fora de época, as melhores ações de atacarejo e o que pensa o Credit Suisse sobre o Nubank; confira os destaques do dia

7 de fevereiro de 2023 - 19:38

Não estamos na quarta-feira e nem houve decisão dupla de política monetária, mas o dia (07) foi marcado por uma inegável energia de Super Quarta. No Brasil e nos Estados Unidos só se falou sobre os juros e o que esperar do futuro.  Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, agradou Wall Street ao não dar […]

OI OU TCHAU?

Qual é o futuro da Oi (OIBR3)? CEO conta o que vai acontecer com a operadora após proteção judicial

7 de fevereiro de 2023 - 19:01

Rodrigo Abreu deu as explicações após os executivos da empresa saírem de reunião em Brasília com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel)

Balanço 2022

Provisões contra calote da Americanas afetam lucro do Itaú, mas banco ainda registra recorde no ano

7 de fevereiro de 2023 - 18:36

Assim como o Santander, Itaú evitou se referir nominalmente à Americanas na divulgação de resultados e citou “evento subsequente”

MUNDIAL DE CLUBES

Além do Mundial: veja o que mais o Flamengo perdeu com papelão no Marrocos

7 de fevereiro de 2023 - 18:30

Para além da derrota em campo, o Flamengo deixou de ganhar uma soma expressiva ao não se classificar para a final do Mundial de Clubes

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies