Menu
2019-04-05T08:48:33+00:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Novidade!

Depois de toda a discussão sobre o Tesouro Selic perder da poupança, Tesouro Direto muda regras

Depois de matéria no Seu Dinheiro mostrando que Tesouro Selic rendia menos que a poupança no curto prazo, Tesouro Nacional anuncia redução do spread entre preços de compra e venda do título

4 de abril de 2019
20:27 - atualizado às 8:48
nota de dinheiro de 100 reais na mesa
Tesouro Direto tem rendido menos que a poupança para períodos curtos; regra acaba de mudarImagem: shutterstock

O Tesouro Nacional vai reduzir o spread (diferença) entre os preços de compra e venda do Tesouro Selic (LFT), depois que uma reportagem que eu publiquei no Seu Dinheiro mostrou que o Tesouro Selic vinha rendendo menos que a poupança em certas circunstâncias.

Segundo nota publicada no site do Tesouro Direto na noite desta quinta-feira (4), a diferença entre a taxa de investimento e a taxa de resgate - conhecida como spread de compra e venda - do Tesouro Selic foi reduzida de 0,04% para 0,01% ao ano (ou 1 ponto-base).

"Essa alteração é parte do contínuo processo de aprimoramentos no Tesouro Direto e terá como resultado a redução dos custos de aplicação para o investidor e, consequentemente, o aumento de sua rentabilidade líquida", diz a nota. Segundo o Tesouro Nacional, o novo spread passa a valer a partir desta sexta-feira, 5 de abril.

A informação foi antecipada pelo Tesouro Nacional à youtuber de finanças pessoais Nathalia Arcuri. Em uma live, ela mostra uma das matérias que eu publiquei, com a resposta do Tesouro para a questão, admitindo o problema do spread e dizendo que estava preparando novidades.

O bafafá em torno do Tesouro Selic

Na segunda-feira eu publiquei aqui no Seu Dinheiro uma matéria mostrando por A mais B que o Tesouro Selic, título mais conservador do Tesouro Direto, anda perdendo da poupança para quem resgata antes de seis meses, por conta do spread entre os preços de compra e venda e da alta alíquota de IR neste prazo.

Frame do vídeo da Nathalia Arcuri citando matéria do Seu Dinheiro
Frame do vídeo do canal Me Poupe!, da Nathalia Arcuri, quando ela cita matéria do Seu Dinheiro - Imagem: Reprodução/YouTube

Tudo começou com uma discussão de investidores num grupo de renda fixa no Facebook, que se queixavam de que, se resgatassem seu Tesouro Selic no curto prazo, teriam uma rentabilidade inferior à da poupança no mesmo prazo.

Como boa CDF, fui fazer umas continhas e olhar o meu próprio extrato do Tesouro e era verdade! Na matéria que eu publiquei eu mostro as simulações e explico tim tim por tim tim o que vinha acontecendo.

Se o Tesouro Selic perde da poupança em certos prazos, ainda que ganhe em outros, este fato tira a sua atratividade para a aplicação da reserva de emergência, aquela que pode ter de ser resgatada a qualquer momento.

Da forma como estava, o título só ficava interessante para quem aplicasse por prazos superiores a seis meses ou levasse o papel ao vencimento.

Pedi que o Tesouro explicasse o que vinha acontecendo e eles me enviaram uma resposta, dizendo que estavam buscando uma solução para o problema.

Nesta quinta-feira, eles informaram que irão reduzir o spread de modo que o Tesouro Selic fique sempre mais rentável que a poupança, em qualquer prazo, mesmo para quem resgata antes do vencimento.

E não é que a mudança boa veio? Mais uma vez, o Seu Dinheiro se posicionou ao lado do investidor, que foi ouvido. Não deixe de compartilhar com seus amigos a novidade!

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

DE OLHO NO GRÁFICO

Ouro e bitcoin estão subindo enquanto o Dow Jones sofre tendência de queda

Coluna do Fausto Botelho traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Os temas são mercado de ações e criptomoedas

Pensando no futuro?

Bolsonaro fala pela primeira vez em disputar a reeleição em 2022

Diante de moradores de Eldorado, no interior de São Paulo, o presidente apontou para a possibilidade de disputar novamente as urnas

Logo na largada

Fed sinaliza que regulará criptomoeda do Facebook

Presidente do BC norte-americano, Jerome Powell, confirmou que a rede social conversou com o Fed sobre regulação

Seu Dinheiro na sua manhã

Trilha sonora de fim de festa

Ali pelo fim dos anos 1990 ficou relativamente popular na região da Baixada Santista uma espécie de “trilha sonora de fim de festa”. Quando o anfitrião desejava jogar um balde de gelo na animação da galera, pressionado pelos vizinhos em fúria, bastava pôr para tocar Daysleeper, do REM. A música faz parte do disco Up, de 1998. […]

Entrevista

BC erra ao atrelar queda de juros à reforma, diz Figueiredo, da Mauá Capital

Ex-diretor do Banco Central prevê duas quedas na Selic de 0,5 ponto porcentual cada uma até o fim do ano e diz que política monetária deve apenas focar na expectativa de inflação

Tensão diplomática

Cotações do petróleo sobem depois de derrubada de drone americano pelo Irã

Forças iranianas informaram que o drone foi derrubado porque estava invadindo o espaço aéreo do país, mas autoridades dos EUA negam

Ações

Bolsas da Ásia fecham em alta com Fed e otimismo com comércio EUA-China

Sinalização de queda dos juros e possibilidade de uma nova rodada de negociações entre Estados Unidos e China ajudaram mercados asiáticos

Política monetária

Corte de juros é uma possibilidade, diz vice-presidente do BC europeu

Luis de Guindos disse que o BCE está preparado para agir se o cenário de deterioração na perspectiva econômica se mantiver

Julgamento no TRF4

Ex-presidente da Petrobras e do BB tem pena reduzida na Lava Jato

Aldemir Bendine, que comandou o Banco do Brasil e a Petrobras, teria recebido propina de R$ 3 milhões da Odebrecht para favorecer o grupo

Crypto News

A prima do Bitcoin: nem Facebook Coin, nem FaceCoin, me chamo Libra

Um breve texto sobre os motivos porque estou bem otimista com a ideia de criação da Libra, mas não quanto ao seu sucesso

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements