Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Exile on Wall Street
Publicações
Exile on Wall Street

O diabo é velho — e sedutor

Todos querem acreditar que podemos saber se é para comprar tudo, porque não haverá uma segunda onda importante de coronavírus no mundo, a vacina está logo aí e as eleições norte-americanas não trarão grandes problemas.

Exile on Wall Street

Contágio

O Banco Central tentou acalmar o mercado e encontrou como resposta ainda mais estresse e preocupação.

Exile on Wall Street

#SomosTodosDesqualificados

Quer diversificar sua carteira com um fundo que investe 100% no exterior? E que tal um veículo que compra empresas que não são listadas em Bolsa, os fundos de private equity? Essas duas categorias não estarão disponíveis para o Neivaldo, que tem menos de R$ 1 milhão investidos.

Exile on Wall Street

Cuidado, excesso de cuidado à frente!

Nossos heróis demasiado humanos não podem falhar nem mesmo no olho do furacão?

Exile on Wall Street

Cartão vermelho (para a coesão)

Acredito que, na ausência de algum evento extremo, o ministro Paulo Guedes continua no governo pelo menos até o fim do primeiro mandato Bolsonaro.

Exile on Wall Street

Noivo neurótico (e rico), noiva nervosa

O controle das pulsões é, de algum modo, civilizatório — e também fruto das neuroses freudianas, uma espécie de preço a se pagar pela adequação.

Exile on Wall Street

Hocus Pocus: ecos de março de 1951

Rituais são necessários para uma determinada história se tornar crível e fazer com que as pessoas sigam uma determinada religião, filosofia ou doutrina.

Exile on Wall Street

Quanto vale um almoço grátis

Menos apontadas do que os benefícios – justamente por serem mais difíceis de medir –, mas também existem desvantagens em uma diversificação exagerada.

Exile on Wall Street

A história do fim da história

Pode parecer estranho à primeira vista, mas fome, doenças e guerras deixaram de ser manifestações imponderáveis para se tornarem desafios gerenciáveis.

Exile on Wall Street

O que é antifrágil hoje no mundo dos investimentos?

Precisamos saber sobre nós e sobre o mundo, num momento em que, diferentemente do passado, há excesso de informação disponível. Depois do Google, todo mundo é inteligente.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements