Menu
2019-04-20T15:28:42+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Por tabela do frete mínimo

Caminhoneiros podem voltar a cruzar os braços a qualquer momento

Líder da categoria disse à revista “Veja” que os motoristas estão “revoltados” pela falta de fiscalização da tabela do frete mínimo e outros direitos assegurados por lei

27 de novembro de 2018
9:55 - atualizado às 15:28
Greve dos caminhoneiros
Greve dos caminhoneiros em maio de 2018 - Imagem: Douglas Magno/Estadão Conteúdo

Os caminhoneiros estão planejando cruzar os braços mais uma vez, a qualquer momento. O motivo? a falta de fiscalização contra empresas que vêm descumprindo a tabela do frete mínimo.

Se essa promessa for adiante, é uma má notícia para a economia. Lembra como foi da outra vez? A bolsa de valores despencou, a Petrobras perdeu o seu presidente, várias empresas tiveram prejuízos com logística, o clima de incerteza assustou o investidor estrangeiro. Uma nova greve dos caminhoneiros é tudo que o novo governo de Jair Bolsonaro não precisa para começar seu mandato.

O que eles querem agora?

O uso da tabela foi a solução encontrado pelo presidente Michel Temer para colocar fim na greve que parou o país, por 11 dias, em maio deste ano. A informação foi dada por representantes da categoria à revista "Veja" nessa segunda-feira, 26.

À época, apesar do governo ceder, entidades representantes da agricultura e da indústria se posicionaram contra ao tabelamento.

"Estão todos [os caminhoneiros] revoltados. A questão do piso mínimo foi só uma jogada para parar a greve. Ninguém está cumprindo, e o governo não fiscaliza e tampouco multa", disse o representante do Comando Nacional do Transporte, Ivar Luiz Schmidt, à revista.

Ainda segundo o líder, uma série de leis que deveriam proteger os caminhoneiros, como a jornada de oito horas com no máximo duas horas extras, não são levadas a sério pelos contratantes.

"Hoje, todos trabalham em média dezesseis horas diárias. Alguns rodam três ou quatro dias seguidos sem dormir, pois acham que a solução da baixa rentabilidade é trabalhar mais. Daí que ocorrem os acidentes. Imagina como está no final do dia um profissional que trabalhou dezesseis horas?", disse.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Agora vai?

Governo enviará ao Congresso na próxima semana projeto para destravar privatização da Eletrobras

Proposta deve conter os mesmos itens que estavam na Medida Provisória 879, que não foi votada pela Câmara

Olha quem apareceu

Rede de varejo Le Biscuit, da Vinci Partners, estreia no comércio online

Entrada da empresa no mundo online ocorrerá em etapas e segue uma tendência mundial

Olha a oportunidade aí

Movimentos para ofertas de ações no 2º semestre aceleram

Reuniões com os bancos de investimento se intensificam e companhias começam a fechar acordos para levar as ofertas adiante

Eita!

Chefes da Receita Federal ameaçam entrega de cargos por interferência política

De acordo com apuração, seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição

À beira do abismo

Sob pressão financeira, Oi procura bancos para encontrar saída

Operadora precisa levantar R$ 2,5 bilhões, mas ainda não tem ideia de como fará essa captação de recursos

Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

Entrevista

Criador da CVM diz que mercado brasileiro não precisa de mais regulação

Para Roberto Teixeira da Costa, momento é de libertar a capacidade criativa das pessoas; em entrevista ao Seu Dinheiro, ele fala sobre mercado de capitais, economia brasileira e a figura do analista de investimentos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements