Menu
2019-03-29T14:42:33+00:00
Não será na Big Apple

Após protestos, Amazon desiste de construir sede em Nova York

Companhia esperava criar 700 novas vagas na cidade até o fim do ano, mas agora disse que vai distribuir esses novos cargos para as operações nos Estados do Tennessee e da Virgínia

15 de fevereiro de 2019
7:06 - atualizado às 14:42
Placa de loja da Amazon
Imagem: Shutterstock

A Amazon desistiu de construir sua segunda sede em Nova York, depois de forte oposição de políticos e da população local.

O anúncio foi feito pela varejista nessa quinta-feira, 14, e é mais um episódio na longa jornada da empresa fundada por Jeff Bezos para escolher um local para construir sua segunda unidade.

A Amazon esperava criar 700 novas vagas na cidade até o fim do ano, mas agora disse que vai distribuir esses novos cargos para as operações nos Estados do Tennessee e da Virgínia - este último, vizinho à capital americana, Washington, foi escolhido junto a Nova York para receber a segunda sede da empresa, em um processo que começou no fim de 2017 e envolveu mais de 200 candidaturas.

Resistência

A desistência da varejista se deu após semanas de oposição declarada de políticos locais que não aceitaram a ideia do governo e da prefeitura de Nova York oferecerem US$ 2,8 bilhões em incentivos à Amazon pela instalação na cidade.

Alguns moradores da vizinhança de Long Island City, a leste da ilha de Manhattan, na qual o prédio da empresa seria supostamente erguido, também se opuseram à ideia. Residentes de longa data temiam ser forçados a sair de suas casas devido à especulação imobiliária que pode surgir no local. Eles alegam ainda que os sistemas locais de esgoto e metrô já estão sobrecarregados mesmo sem o novo edifício.

A desistência da Amazon também provocou reações entre políticos americanos. O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, disse que a empresa “jogou fora a chance de fazer negócios na melhor cidade do mundo”.

Já a senadora Elizabeth Warren, que anunciou sua candidatura à presidência em 2020, criticou a companhia. “Uma das maiores empresas do mundo desistiu de um negócio por conta da ausência de subornos dados pelo contribuinte”, disse. O governador Andrew Cuomo, por sua vez, culpou os políticos locais por espantarem um negócio que beneficiaria não só Long Island City, mas todo o Estado.

Nova escolha

A Amazon disse ainda que não vai reabrir um novo “processo seletivo” para encontrar um local para a segunda sede, mas que deve retomar investimentos para expansão.

As cidades de Chicago, Miami e Newark, nos subúrbios de Nova York, já expressaram interesse anteriormente de se tornar a sede do projeto da Amazon, visando os 25 mil empregos que a empresa garante gerar em poucos meses. Já Nashville, no Tennessee, que tem um escritório da empresa com 5 mil pessoas, também disse que está aberta a assumir um papel maior.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Seu Dinheiro na sua noite

A vida depois da reforma da Previdência

Por 60 votos a 19, o Senado aprovou na noite de hoje o texto-base da reforma da Previdência em segundo turno. Confesso que em alguns momentos ao longo dessa longa jornada cheguei a duvidar desse resultado. De Lula a Bolsonaro, o projeto atravessou governos de todos os espectros ideológicos. A definição da idade mínima para […]

Tá quase acabando

Senado aprova reforma da Previdência por 60 votos a 19

Votado o texto principal, senadores avaliaram dois dos quatro destaques apresentados. Votação será retomada na quarta-feira

Menos de um mês de operação

Aérea ultra low cost Flybondi aumenta número de voos para Florianópolis e Rio

Adepta do modelo de negócios ultra low cost, a empresa realizou seu voo inaugural ao País, na rota Buenos Aires-Rio, em 11 de outubro

Água no chope

Doria diz que não apoiará Joice Hasselmann para a prefeitura de SP: “meu candidato é Bruno Covas”

Governador paulista se esquivou em relação às discussões sobre 2022. Para o tucano, “não é hora de debater eleição”

Último gás

Alcolumbre inicia ordem do dia no Senado que inclui votação da reforma da Previdência

Essa é a última etapa antes da promulgação da reforma, oito meses após a chegada do texto ao Congresso Nacional

Dinheiro na mão

CMO aprova projeto de lei que abre crédito para União pagar cessão onerosa à Petrobras

Projeto define em R$ 34,6 bilhões os valores relativos ao pagamento da Petrobras

E a crise continua

Ex-líder do PSL, delegado Waldir diz que Bolsonaro é covarde e se dobra a generais em reforma da Previdência dos militares

Praças estão revoltados com as mudanças porque há a previsão de um reajuste maior para as patentes mais altas

Mudanças no radar

Governo apresentará 3 propostas do pacto federativo no dia 29, diz líder do governo no Senado

A expectativa do senador Fernando Bezerra Coelho é que as três medidas sejam aprovadas no Senado ainda em 2019

De futebol a basquete

Os 10 maiores bilionários norte-americanos que possuem seu próprio clube esportivo

O dinheiro pode comprar muitas coisas, incluindo uma equipe inteira. Confira a lista dos mais ricos e aficionados por esportes

o esperado dia

Reforma da Previdência tem 99% de chance de ser aprovada como está, diz relator do projeto

Tasso Jereissati falou após aprovação por votação simbólica do projeto na CCJ do Senado; ele disse que espera texto em segundo turno na Casa ainda hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements