🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
VAI VIRAR O JOGO?

“Compre ao som dos canhões…”: Após cair 25% no ano, a ação Locaweb (LWSA3) é “oportunidade única” e pode subir 56% em 2024, diz o BTG

Após IPO em 2020, ação da empresa de internet teve queda expressiva, mas fluxo de caixa após reestruturações iniciadas deve ser um fator potente para mover a ação

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
10 de julho de 2024
18:15 - atualizado às 15:42
Fachada de um prédio com um letreiro da Locaweb (LWSA3) no primeiro plano, em cima de um gramado
Imagem: Divulgação

Em 2020, a Locaweb, que mudou o nome para LWSA (LWSA3), realizou o maior IPO daquele ano. Quatro anos depois, as ações da empresa brasileira de serviços de internet caíram mais de 25% no acumulado do ano, com o papel sendo negociado a quase o preço do IPO. 

Mas, para os analistas do BTG Pactual, a queda expressiva “não faz nenhum sentido” e a LWSA3 ainda é uma opção de investimento atrativa. Não à toa que, em relatório divulgado nesta quarta-feira (10), o banco fez uma referência à famosa expressão “compre ao som dos canhões e venda ao som de violinos”, atribuída ao financista londrino Nathan Rothschild.

A instituição reiterou sua recomendação de 'compra' e estima um preço-alvo de R$ 7 para o papel da empresa – o que representa uma alta de 56% em relação ao fechamento anterior. 

A história da Locaweb: do crescimento à desaceleração

No relatório, o BTG divide a história da ex-Locaweb em três fases. A primeira começa com o IPO, em fevereiro de 2020, e vai até o segundo semestre de 2021. Na época, a empresa de serviços de internet entregava um crescimento acima do esperado, e isso era tudo o que importava no mercado. 

Já na segunda fase, que vai do final de 2021 até o primeiro trimestre de 2023, as preocupações do mercado com a rentabilidade cresceram. Porém,  a Locaweb vivia um momento de baixa lucratividade por conta de fusões e aquisições feitas pela companhia.

Na terceira fase, que vai do segundo trimestre de 2023 até o momento, o crescimento da LWSA perdeu fôlego. No entanto, as margens começaram a melhorar. 

Entre as razões para a desaceleração da empresa estão o cenário macro em 2023, com um fraco crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, e a reestruturação da Squid, "provavelmente o pior M&A da Locaweb", segundo o BTG. 

A Squid foi adquirida em 2021, por R$ 176,5 milhões. Fundada em 2014, a startup atua no segmento de "Creators Economy", conectando influenciadores e criadores de conteúdo às marcas. Este ano, a empresa passou por uma mudança de marca e integração com o ecossistema da Wake, empresa com foco em soluções digitais para grandes negócios.

Compre ao som dos canhões…

Para o BTG, a reestruturação da Squid vai impactar de forma negativa no desempenho da companhia durante o ano inteiro, "mas fica claro que o crescimento anual deve ser de cerca de 15% assim que as bases comparativas forem limpas da reestruturação", afirma o banco. 

Já para o segundo trimestre, a estimativa de crescimento da receita da Locaweb é de 7%, "que não é exatamente inspirador". Mesmo assim, os analistas destacam, entre outros números, o fluxo de caixa livre para o acionista da Locaweb, o free cash flow (FCF), que cresceu 69,5% no primeiro trimestre, na comparação anual. 

Para 2025, o BTG estima que a companhia deve gerar um fluxo de caixa livre de R$ 200 milhões, o que significa que a ação estaria negociando hoje a 11x EV/FCF (valor de firma sobre fluxo de caixa livre). "Acreditamos que o crescimento de fluxo de caixa que a Locaweb deve surfar não está sendo levado em conta pelo mercado, e será um driver potente para mover a ação."

Em relação ao Preço/Lucro, a Locaweb negocia a 12x seu lucro estimado para o ano que vem, estima o BTG. Para o banco, é "um patamar muito atrativo". 

Por conta disso, o BTG acredita "fortemente que a ação oferece aos investidores uma oportunidade única”. 

Compartilhe

SAIU!

Privatização da Sabesp (SBSP3): a maior oferta de saneamento da história movimenta R$ 14,8 bilhões; confira os detalhes da operação

19 de julho de 2024 - 6:14

A demanda total do mercado pelas ações da Sabesp chegou a R$ 187 bilhões — 53% foram ordens de investidores estrangeiros e o restante de gestoras locais

A MALA TÁ FEITA

Com data para deixar a B3, Cielo (CIEL3) recebe aval dos membros independentes do conselho para OPA

18 de julho de 2024 - 20:02

Leilão marcado para o dia 14 de agosto tem como objetivo vender 902.247.285 ações ordinárias da companhia a R$ 5,60

PERTO DO LIMITE?

Ambipar (AMBP3): Mercado faz contas e especula se controlador pode ser obrigado a fazer OPA

18 de julho de 2024 - 19:13

No entendimento de parte do mercado, Tércio Borlenghi Júnior já ultrapassou o limite de um terço das ações em circulação da Ambipar (AMBP3) em compras

FUSÕES E AQUISIÇÕES

De olho no sucesso de óculos inteligentes, Meta quer um pedaço da EssilorLuxottica, dona da Ray-Ban

18 de julho de 2024 - 17:00

Companhia de Mark Zuckerberg negocia a aquisição de 5% da empresa, participação avaliada em cerca de US$ 5 bilhões

VALE A PENA?

A ação da Vale (VALE3) está barata? Papel está descontado em relação a gigantes gringas; saiba se é hora de aproveitar

18 de julho de 2024 - 15:47

O Itaú BBA calcula um preço-alvo de US$ 14 para os ADRs da mineradora, o que representa um potencial de valorização de 24,8% sobre o fechamento de quarta-feira (17)

IA EM FOCO

Depois da tempestade, setor de chips e semicondutores de Inteligência Artificial (IA) respira após balanço da TSMC

18 de julho de 2024 - 13:48

Empresa taiwanesa ampliou lucro em 36% no segundo trimestre e superou as expectativas, com forte demanda por chips

AQUISIÇÃO

De olho nas importações, BTG Pactual (BPAC11) adquire capital social da Sertrading, empresa de patrimônio de quase R$ 400 milhões

18 de julho de 2024 - 9:46

De acordo com o comunicado enviado à CVM, em quatro anos, o volume transacionado em operações de comércio exterior passou de R$ 5 bilhões para R$ 19 bilhões

EMPREENDEDORISMO

Novo visual e mudança de nome: as apostas da Grendene (GRND3) para conquistar franqueados e abrir mais lojas da Melissa

18 de julho de 2024 - 9:09

Um ano após internalizar a gestão de franquias, a marca famosa por suas sandálias de plástico com aroma de tutti-frutti também lançará novos formatos de lojas

APÓS A CRISE

Lemann e sócios recalculam a rota: Americanas (AMER3) adia publicação do balanço após laudo de investigação independente

18 de julho de 2024 - 7:33

A publicação dos resultados ficou para o dia 14 de agosto, quando também serão divulgados os números do período até 30 de junho

MAIS UM PASSO

Agora vai? Grupo de credores da Americanas (AMER3) adere ao plano de recuperação judicial e abre caminho para novas emissões e pagamentos

17 de julho de 2024 - 20:27

Segundo a varejista, os credores titulares da maioria dos créditos quirografários — aqueles sem garantia — aderiram às deliberações sobre o plano de recuperação judicial do grupo, homologado em 26 de fevereiro de 2024

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar