🔴 NOVA META: ATÉ R$ 3.000 POR DIA COM DUAS OPERAÇÕES – CONHEÇA O INDICADOR X

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
PARCERIAS NA MIRA

CEO da CCR (CCRO3) confirma interesse em leilão das linhas da CPTM, operadora do trem de São Paulo — mas busca um sócio

Além de buscar um parceiro para a plataforma de mobilidade, a empresa de infraestrutura ainda avalia a possibilidade de desenvolver outras duas sociedades; entenda

Camille Lima
Camille Lima
28 de maio de 2024
16:29 - atualizado às 14:38
CEO da CCR (CCRO3), Miguel Setas
CEO da CCR (CCRO3), Miguel Setas - Imagem: Ricardo Godoy/Divulgação CCR

Se havia dúvidas de que a CCR (CCRO3) pretendia participar da briga pelas linhas 11, 12 e 13 da CPTM, operadora dos trens de São Paulo, o CEO Miguel Setas confirmou nesta terça-feira (28) o interesse em voltar para as disputas dos leilões de concessão — e revelou que está em busca de um parceiro para dar suporte à investida.

“A privatização das linhas é um projeto de grande escala, portanto, nós naturalmente temos a estratégia de buscar parcerias em várias dimensões”, disse o executivo, em conversa com jornalistas após encontro com investidores.

“Temos um ecossistema grande de parceiros com os quais nós estamos em contato para entender se há ou não oportunidades de colaboração.”

Mas após sinalizar o interesse em uma parceria para acelerar investimentos no segmento de mobilidade urbana, o CEO da empresa de infraestrutura evitou dar grandes detalhes de quem poderia ser o futuro colaborador.

“Preferencialmente, o sócio que pode ser mais adequado para uma estrutura de plataforma é um com maior caráter financeiro”, afirmou. 

  • As melhores recomendações da Empiricus na palma da sua mão: casa de análise liberou mais de 100 relatórios gratuitos; acesse aqui 

CCR (CCRO3) em busca de sócios

Além de um sócio para a plataforma de mobilidade, a CCR ainda avalia a possibilidade de desenvolver outros dois acordos: um para o segmento de rodovias e outro para aeroportos.

“Em mobilidade, a ideia é trazer um sócio relevante para acelerar investimentos, enquanto, para aeroportos, o objetivo é contribuir com a plataforma com participação em uma plataforma maior, que pode até ser da América Latina, e ter um player referente”, disse o diretor financeiro, Waldo Pérez. “Podemos até talvez trazer sócios em algumas participações específicas”, concluiu o CFO.

Do lado dos aeroportos, a expectativa de Miguel Setas é que a empresa participe de uma “plataforma que dê maior dimensão” — isto é, possivelmente uma parceria com outros operadores ou com sócios financeiros.

Já em relação às estradas, o presidente da CCR Rodovias, Eduardo Camargo, afirmou que a possibilidade “está em cima da mesa”. “Esse é um tema que estamos estudando para aproveitar esse grande pipeline [rol] que vem pela frente e conseguir colocar mais oportunidades para dentro de forma mais acelerada.”

Além da privatização dos trens em São Paulo

Questionado sobre a ausência de participação no leilão do Trem Intercidades Eixo Norte (TIC) — que conectará as regiões metropolitanas de Campinas e Jundiaí, em São Paulo — realizado em fevereiro, Setas disse que a decisão fez parte da “estratégia de alocação de capital mais rigorosa” adotada pela empresa.

“Entendemos que haveria outras alternativas, como extensões das nossas linhas 4 e 5 e a própria privatização das linhas 11, 12 e 13. Dado um cenário de capital restrito, entendemos que seria mais vantajoso para o nosso portfólio alocar capital nos projetos que já são parte da nossa infraestrutura”, afirmou Setas.

“É muito mais coerente com a nossa estratégia usar a nossa capacidade de investimento para estender esses ativos do que partir para um novo ativo com riscos mais desconhecidos e com uma alocação de capital que seria muito maior, quando nós temos alternativas que são muito mais adequadas do ponto de vista de risco e retorno.”

Enquanto o trem intermetropolitano não conquistou o apetite da companhia, o diretor da CCR já sinalizou que outro ativo do Governo do Estado de São Paulo está no radar: o TIC Eixo Oeste, a linha a ser desenvolvida para conectar a capital paulista ao município de Sorocaba. “Ela tem uma sinergia óbvia com a linha 8.”

Ao Seu Dinheiro, Miguel Setas ainda afirmou que, após a privatização das linhas 11, 12 e 13, a CCR pretende participar de outro leilão de concessão da CPTM: o das licitações das linhas 10 e 14, que potencialmente acontecerá no ano que vem.

Em celebração aos 25 anos de história, a CCR também anunciou um plano de metas de longo prazo, batizado de “Ambição 2035”.

O programa inclui a busca por mais eficiência, além do controle da dívida, reciclagem de capital e meta de dividendos a serem pagos aos acionistas.

Compartilhe

NOVO NEGÓCIO

Braskem (BRKM5) vende controle da Cetrel para GRI de olho no setor de resíduos industriais

13 de junho de 2024 - 19:47

Petroquímica passa a deter 49,9% da empresa de gestão de resíduos

Socorro governamental

Com medida provisória, governo tenta salvar a combalida Amazonas Energia

13 de junho de 2024 - 18:53

Ministério de Minas e Energia avalia que a saúde econômico-financeira da companhia está deteriorada

RECOMENDAÇÃO

Goldman Sachs: Após 1º trimestre fraco, desafio da Arezzo&Co (ARZZ3) é crescer em meio à fusão com o Grupo Soma; é hora de comprar a ação?

13 de junho de 2024 - 15:00

Queda de 22% nas ações da varejista de calçados no ano levantou preocupações dos investidores sobre a criação da nova holding

VÃO DIZER SIM?

Elon Musk afirma que conselho aprovou bônus de US$ 56 bilhões e ações da Tesla saltam na bolsa

13 de junho de 2024 - 12:24

O bônus multibilionário já havia sido aprovado em 2018, mas foi barrado pela Justiça de Delaware. A votação para a reavaliação do pacote salarial de Elon Musk ocorre nesta quinta-feira (13)

Aquisições

Allos desiste de comprar parte do Shopping Rio Sul; mas avisa que ainda está de olho no negócio

13 de junho de 2024 - 10:33

Companhia informou que a Combrascan tem intenção de exercer seu direito de preferência na operação

MUDANÇAS EM FOCO

Americanas contrata ex-Casas Bahia e outros dois executivos; veja quem é o trio que vai compor a equipe da varejista — AMER3 dispara 22% na B3

13 de junho de 2024 - 10:06

Ex-diretor de soluções financeiras da Casas Bahia, Tiago Abate entrará como vice-presidente de clientes e parceiros da companhia

MEIOS DE PAGAMENTO

Cielo se prepara para sair da bolsa e uma dupla de empresas de maquininhas pode surfar essa onda, mas o Santander tem uma favorita

12 de junho de 2024 - 17:33

Os analistas avaliam que existe uma boa janela de curto prazo para a Stone e a PagSeguro em meio à queda das ações e à OPA da Cielo; veja quem é a preferida

Rali das “meme stocks”

‘Efeito Roaring Kitty’ faz GameStop levantar mais de US$ 2 bilhões com venda de ações

12 de junho de 2024 - 16:04

Varejista de videogames vendeu 75 milhões de ações após volta de trader que inspirou o épico ‘short squeeze’ em 2021

Mercado acionário

Bank of America corta preço-alvo para ações de bancões brasileiros, mas mantém recomendação

12 de junho de 2024 - 15:10

Combinação de receitas diversificadas, funding, controle de custos e balanços fortes são os fatores positivos apontados pelos analistas

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: Grupo Mateus (GMAT3) vai pagar mais de R$ 134 milhões para acionistas; confira os prazos e como receber

12 de junho de 2024 - 12:50

O anúncio da distribuição do JCP ocorre em um momento positivo para a companhia, que vem contrariando a crise no varejo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar