🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
CRÉDITO NA PRAÇA

Vai um empréstimo aí? Demanda por crédito sobe em março ante fevereiro

A maior demanda no mês interrompeu uma sequência de três quedas consecutivas na casa de dois dígitos na comparação interanual

Liliane de Lima
30 de abril de 2023
16:10 - atualizado às 15:51
Notas de real crédito pronampe
Notas de real - Imagem: Daniel Dan / Pexels

A procura por linhas de crédito no Brasil teve declínio de 6% em março em relação a igual mês de 2022, marcando a quarta retração seguida, de acordo com o Índice Neurotech de Demanda por Crédito (INDC).

Porém, interrompeu uma sequência de três quedas consecutivas na casa de dois dígitos na comparação interanual —em fevereiro caiu 21%.

Além disso, saiu do território contracionista na margem, depois de recuar em dezembro (-17%), janeiro (-5%) e fevereiro (-13%).

No confronto de março deste ano com o mês anterior, o indicador que mede mensalmente o número de solicitações de financiamentos nos segmentos de varejo, bancos e serviços teve salto de 25%.

LEIA TAMBÉM

Procura por crédito

A queda de 6% do INDC no terceiro mês de 2023 ante março do ano passado foi puxada pelo varejo (-25%). Já a demanda por crédito em bancos e financeiras subiu 2% no confronto interanual e cresceu 35% em relação a fevereiro deste ano. O segmento de varejo e de serviços cresceu 8% cada um.

Para Breno Costa, diretor da Neurotech e responsável pelo indicador, apesar de os números de março serem bem melhores do que os meses anteriores, ainda não há muito o que comemorar.

Segundo ele, é preciso ponderar a sazonalidade. "Fevereiro é um mês mais curto e, este ano, o carnaval também reduziu a quantidade de dias úteis. Portanto, não é de se estranhar este crescimento que não significa uma reversão de tendência ainda", pondera.

Como o INDC mensura a procura por crédito novo, Costa considera que uma retração não significa que haja uma queda do volume de crédito como um todo, "pois a prioridade dos concessores é a rentabilização dos clientes que já fazem parte da sua carteira.

O momento é de mais conservadorismo na aquisição de novos contratantes por conta da conjuntura econômica, marcada por juros e inadimplência elevados", diz.

Em cenário de juros reais elevados, o executivo acrescenta também que a crise no varejo permanece como fator de preocupação. Isso porque o setor tem dificuldade em repassar o custo mais alto do capital aos clientes finais.

Além disso, a inadimplência elevada e o comprometimento da renda das famílias prejudicam as vendas e a oferta de crédito novo, impactando a demanda.

VEJA TAMBÉM - Fugi do país para escapar de uma montanha de dívidas, meus credores podem me perseguir?‌

Confira o episódio desta semana do quadro A Dinheirista, em que a repórter Julia Wiltgen resolve esse e mais casos cabeludos envolvendo dinheiro:

Setores

No varejo, o ranking do INDC por segmento em março ante igual mês de 2022 ficou assim:

  • Supermercados (-33%);
  • Outros (-30%);
  • Eletroeletrônicos (-28%);
  • Vestuário (-8%);
  • Lojas de departamentos (-3%) e
  • Móveis (alta de 30%).

Compartilhe

IR 2024

Como declarar fundos imobiliários (FIIs) e fiagros no imposto de renda

12 de abril de 2024 - 7:10

Fundos imobiliários e fiagros têm cotas negociadas em bolsa, sendo tributados e declarados de formas bem parecidas

IR 2024

Como declarar fundos de investimento no imposto de renda

11 de abril de 2024 - 7:15

O saldo e os rendimentos de fundos devem ser informados na declaração de IR. Saiba como declará-los

IR 2024

Como declarar empréstimos e financiamentos no imposto de renda

10 de abril de 2024 - 7:30

Dívidas de valor superior a R$ 5 mil também devem ser informadas na declaração, mas empréstimos e financiamentos são declarados de formas distintas e que requerem cuidados

IR 2024

Como declarar doações efetuadas e recebidas no imposto de renda

9 de abril de 2024 - 6:50

Embora sejam isentas de IR, doações são acompanhadas pelo Fisco, pois modificam o patrimônio dos contribuintes. Você precisa informar ao Leão sobre a origem e o destino dos seus recursos

Viagens internacionais

Nubank anuncia conta global em dólar e euro com uma das menores taxas de conversão do mercado – e faz frente ao Inter

8 de abril de 2024 - 15:30

Nova conta para viagens internacionais é fruto de parceria com a Wise e voltada para clientes do segmento de alta renda Ultravioleta

IR 2024

Como declarar renda fixa e COE no imposto de renda

8 de abril de 2024 - 7:00

Títulos de renda fixa – mesmo os isentos! – e Certificados de Operações Estruturadas (COE) são declarados de forma semelhante. Veja como informar o saldo e os rendimentos dessas aplicações financeiras na sua declaração

IR 2024

Quais os principais gastos dedutíveis do imposto de renda

5 de abril de 2024 - 7:13

Despesas dedutíveis só podem ser aproveitadas por quem entrega a declaração completa e reduzem o IR devido; mas mesmo quem entrega a declaração simplificada precisa declará-las

A DINHEIRISTA

Ele tem um filho fora do casamento, a esposa não sabe, mas ele paga as contas da criança às escondidas — dá para abater do IR?

4 de abril de 2024 - 17:27

Ele tem um filho fora do casamento, a esposa não faz ideia! E os gastos?

IR 2024

Como declarar previdência privada no imposto de renda

4 de abril de 2024 - 7:55

Aprenda a declarar no imposto de renda as contribuições feitas a PGBL, VGBL e fundos de pensão, bem como os rendimentos recebidos dos planos de previdência privada

Pesquisa do Itaú

Poupança ainda compõe a carteira de 40% dos brasileiros com alta renda e conhecimento financeiro

3 de abril de 2024 - 14:52

Entre aqueles que são investidores de perfil arrojado, caderneta de poupança está presente na carteira de 27% deles

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies