🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
Projeções

Era de ouro dos dividendos da CTEEP (TRPL4) está chegando ao fim? Elétrica divulga balanço nesta quinta (23); saiba o que esperar

Analistas esperam anúncio de distribuição de dividendos na divulgação dos resultados, mas temem que, futuramente, haja uma redução nos proventos

Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
23 de fevereiro de 2023
6:15 - atualizado às 13:04
Torres de transmissão de energia
Torres de transmissão de energia. - Imagem: Shutterstock

O setor de energia não é o mais sexy da bolsa, mas seus gordos dividendos fazem os olhos dos investidores pessoas físicas brilharem. E, nesse sentido, as empresas de transmissão, como a CTEEP (TRPL4), têm tudo para se destacar neste momento macroeconômico difícil.

Isso porque, de todos os segmentos de energia, o de transmissão é o mais estável e menos impactado por fatores como crescimento econômico, consumo e preços da energia, sujeitos às flutuações de oferta e demanda.

A CTEEP tem brilhado como grande pagadora de dividendos, mas será que poderemos esperar que o movimento continue daqui para frente?

Na noite desta quinta-feira (23), a companhia divulgará seus resultados do quarto trimestre e do ano de 2022, e embora o mercado aguarde bons números, a expectativa em relação aos dividendos não é das mais auspiciosas.

Os bancos que divulgaram prévias esperam que as principais métricas (receita líquida, Ebitda e lucro líquido) recuem ou se mantenham estáveis em relação ao terceiro trimestre do ano passado, mas cresçam na comparação anual.

A grande questão em relação aos dividendos, porém, conforme destacado pelo Itaú BBA, é a expectativa de uma redução no payout (percentual do lucro que é distribuído na forma de proventos) em função da alta alavancagem (endividamento) da companhia.

De qualquer forma, essa redução não deve ser imediata. O Itaú BBA ainda espera que a CTEEP anuncie uma distribuição de proventos junto com o balanço do quarto trimestre, totalizando um dividend yield (retorno com dividendos) de 4%.

  • O SEGREDO DOS MILIONÁRIOS: as pessoas mais ricas do Brasil não hesitam em comprar ações boas pagadoras de dividendos. Veja como fazer o mesmo neste treinamento exclusivo que o Seu Dinheiro está liberado para todos os leitores.

VEJA TAMBÉM: Após ano desastroso, conheça setores que podem desponta no exterior

O que esperar para os números da CTEEP (TRPL4) no 4T22

O Santander e o BTG Pactual divulgaram recentemente as suas expectativas para a receita líquida, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) e o lucro líquido da CTEEP no quarto trimestre de 2022, conforme abaixo:

Receita líquida

  • BTG Pactual: R$ 898 milhões (-2% vs. 3T22 / +35% vs. 4T21)
  • Santander: R$ 891 milhões (-3% vs. 3T22 / +34% vs. 4T21)
  • Consenso do mercado segundo as projeções da Bloomberg: R$ 1 bilhão (+9% vs. 3T22 / +50% vs. 4T21)

Ebitda

  • BTG Pactual: R$ 640 milhões (-14% vs. 3T22 / +38% vs. 4T21)
  • Santander: R$ 678 milhões (-11% vs. 3T22 / +46% vs. 4T21)
  • Consenso do mercado segundo as projeções da Bloomberg: R$ 773 milhões (+4% vs. 3T22 / +67% vs. 4T21)

O Itaú BBA também disse esperar um crescimento de 32% no Ebitda no quarto trimestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2021.

Lucro líquido

  • BTG Pactual: R$ 334 milhões (-14% vs. 3T22 / +150% vs. 4T21)
  • Santander: R$ 389 milhões (+0,5% vs. 3T22 / +192 vs. 4T21)
  • Consenso do mercado segundo as projeções da Bloomberg: R$ 337 milhões (-13% vs. 3T22 / +153% vs. 4T21).

Para o acumulado do ano de 2022, o Itaú BBA soltou as seguintes estimativas:

  • Receita líquida de R$ 3,175 bilhões (+3,5% vs. 2021)
  • Ebitda de R$ 2,519 bilhões (+6,9% vs. 2021)
  • Lucro líquido de R$ 860 milhões (-2,1% vs. 2021)

E os dividendos?

Em relatório publicado no dia 12 de fevereiro, os analistas do Itaú BBA revisaram suas estimativas para a CTEEP de 2022 a 2026, elevando as previsões para receita líquida e Ebitda, mas reduzindo as projeções para o lucro líquido em quase todos os anos, com exceção de 2024.

Os motivos para essa queda nas projeções de lucro são as necessidades de investimento (Capex) por parte da companhia bem como a expectativa de uma taxa Selic mais elevada nos próximos anos.

O grande volume de desembolsos de Capex (concentrados sobretudo em 2024 e 2025), aliás, é um dos fatores que, na visão dos analistas do Itaú BBA, vêm dificultando a desalavancagem da companhia, projetada em cerca de três vezes a relação dívida líquida/Ebitda nos próximos anos.

Atualmente, a CTEEP distribui no mínimo 75% dos lucros, mas este payout tem limite de alavancagem de três vezes. O banco prevê um payout menor, de cerca de 50%, de 2024 a 2026, quando a alavancagem da companhia deve ficar pressionada e estourar o limite.

Os analistas, assim, projetam um dividend yield de 5,5% para a empresa no curto/médio prazo e de 5% em média até 2026.

Comprar ou vender CTEEP (TRPL4)?

Com isso, o Itaú BBA tem recomendação neutra para os papéis TRPL4, com preço-alvo de R$ 26,90 para o final de 2023 (potencial de valorização de 21% ante o fechamento de ontem).

A preferida do banco no segmento de transmissão de energia, inclusive no quesito dividendos, é a Alupar (ALUP11), que tem recomendação de compra e preço-alvo de R$ 37,40 para o fim de 2023 (potencial de alta de 33,4% ante o fechamento de ontem).

Quem também mantém indicação neutra para as ações da CTEEP é o Santander, que tem preço-alvo de R$ 23,84 para os papéis (potencial de alta de 7,5%).

A Genial Investimentos é mais otimista com a empresa, que acredita ainda poder pagar dividendos gordos daqui para frente, tendo elevado sua recomendação para compra recentemente. O preço-alvo é de R$ 34, potencial de alta de 53%.

Segundo os dados disponíveis na plataforma TradeMap, a ação TRPL4 tem 14 recomendações, sendo oito de manutenção, três de compra e três de venda.

Compartilhe

ATRAVESSOU O ENREDO

Goldman eleva recomendação para 3R Petroleum (RRRP3) e fusão com Enauta (ENAT3) é só um dos motivos

18 de abril de 2024 - 12:02

O que mais chamou a atenção dos analistas é a melhora da relação entre o risco e o retorno da empresa, em um cenário de alta do petróleo e depreciação do real frente ao dólar

NOVOS INVESTIMENTOS

Petrobras (PETR4) anuncia parceria com empresa chinesa para projetos de energias renováveis e transição energética

18 de abril de 2024 - 11:17

Apesar do destaque para energias renováveis, parceria da Petrobras com a China National Chemical Energy Company também inclui acordos comerciais para exploração de petróleo

FABRICANTE DE CHIPS

Mesmo com lucro quase 10% maior, por que investidores penalizam as ações da “rival” da Nvidia, a TSMC?

18 de abril de 2024 - 10:29

Os lucros da TSMC são vistos como um indicador para a demanda global por chips, devido ao seu papel fundamental na indústria de fabricação e à importância de seus clientes

OFERTA DE AÇÕES

Sabesp (SBSP3): governo Tarcísio define modelo de privatização e autoriza aumento de capital de até R$ 22 bilhões; saiba como vai funcionar

18 de abril de 2024 - 10:21

Venda do controle da Sabesp ocorrerá via oferta de ações, com seleção de acionista de referência pelo mercado a partir das duas melhores propostas

O TAL DO MULTIFAMILY

Dona de 5 mil apartamentos, Brookfield aposta no mercado residencial para a renda e diz o que falta para o segmento decolar no Brasil

18 de abril de 2024 - 6:05

Demanda não falta, mas o vice-presidente sênior da gestora lista duas grandes dificuldades que o multifamily enfrenta no país

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar