🔴 +30 RECOMENDAÇÕES DE ONDE INVESTIR EM MARÇO – ACESSE GRATUITAMENTE

Cotações por TradingView

O Ibovespa no olho do furacão, o calote nas debêntures da Americanas (AMER3) e outros destaques do dia

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo

17 de janeiro de 2023
18:57
Furacão bolsas mercados Ibovespa podcast
Imagem: Shutterstock

Quando se está no olho do furacão é difícil enxergar uma saída para escapar dos ventos de centenas de quilômetros por hora e da chuva torrencial. O Ibovespa esteve no centro do tornado formado pelo rombo contábil bilionário da Americanas (AMER3) nos últimos dias.

Por quase uma semana, as correntes de ar vindas da varejista dominaram o noticiário local e o foco do mercado. E elas seguem soprando forte com novos desdobramentos do caso surgindo a cada hora.

Mas, nesta terça-feira (17), ventos vindos do exterior finalmente conseguiram penetrar essa barreira e alcançaram os investidores brasileiros. 

A primeira brisa viajou bastante até chegar à bolsa: veio diretamente da China. O PIB do país mostrou desaceleração do crescimento econômico — o ritmo é um dos mais lentos desde a década de 1970.

Apesar disso, os números do quarto trimestre, especialmente em dezembro, foram melhores do que as expectativas dos analistas e fortalecem as previsões de que o gigante asiático deve voltar aos trilhos em breve.

O otimismo renovado para as projeções chinesas também impulsionou as perspectivas para as commodities, especialmente as metálicas, um setor de peso na carteira do Ibovespa.

Outra commodity que animou os negócios hoje foi o petróleo. Além dos dados da China, a retomada das negociações do contrato do tipo WTI — fechadas ontem por conta de um feriado nos Estados Unidos — também aqueceu as cotações do produto e da Petrobras (PETR4).

As ações ordinárias e preferenciais da companhia, que são um dos pilares do principal índice acionário da B3, terminaram o pregão entre as maiores altas do dia. 

Além disso, uma brisa com ares nacionais, mas vinda de Davos, ajudou a bloquear os ruídos fiscais. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, participa do Fórum Econômico Mundial na cidade suíça e prometeu hoje apresentar um substituto para o teto de gastos até abril.

A equipe econômica trabalha, segundo ele, para promover uma mudança “estrutural”, o que incluiria a aprovação de uma reforma tributária acompanhada de uma nova âncora fiscal.

Com isso, o Ibovespa conseguiu desvencilhar-se da ventania que derrubava suas cotações há três sessões consecutivas e subiu 2,04%, aos 111.439 pontos. Já o dólar à vista acompanhou o enfraquecimento da moeda ante os pares globais e fechou em baixa de 0,84%, cotado em R$ 5,1055.

Veja tudo o que movimentou os mercados nesta terça-feira, incluindo os principais destaques do noticiário corporativo e as ações com o melhor e o pior desempenho do Ibovespa.

Confira outras notícias que mexem com o seu dinheiro

'PAGO QUANDO PUDER'
Americanas (AMER3) dá calote em debêntures após decisão da Justiça que suspende cobranças por 30 dias. Na sexta-feira (13), a varejista obteve parecer favorável ao adiamento do pagamento de dívidas.

FUNDOS DE AÇÕES
Moat Capital, gestora com maior exposição às ações de Americanas, encerra posição na empresa. Fundos da gestora estavam entre os mais expostos aos papéis da varejista recentemente, tendo sido duramente atingidos pela divulgação da inconsistência contábil no balanço da empresa.

FOME DE AQUISIÇÕES
Queridinha no setor de consumo, Arezzo (ARZZ3) compra a fabricante de calçados Vicenza por R$ 103,8 milhões. O negócio total foi avaliado em R$ 173 milhões e o valor restante será pago pela empresa em ações.

FRACO DESEMPENHO
Goldman Sachs rebaixa Qualicorp de neutro para venda e corta preço-alvo pela metade; ações QUAL3 caem mais de 5%. Se, antes, o impasse envolvendo a empresa se dava pela participação da Rede D’Or, agora, segundo o banco, o cenário macroeconômico é um dos fatores que pesam sobre os resultados da companhia.

MARCA HISTÓRICA
Bolsa brasileira atinge os 5 milhões de CPFs e bate meta antiga da B3 (B3SA3). Esse patamar originalmente projetado para 2014 só foi alcançado em dezembro de 2022. 

CUIDADO AO LEVAR DINHEIRO PARA ARGENTINA
Fique esperto na hora de levar seu dinheiro para lá. Em um vídeo exclusivo para nosso canal do YouTube, a repórter Julia Wiltgen revela qual é a forma mais vantajosa de fazer isso. Clique aqui e descubra

Compartilhe

Diário de Bordo

O que eu penso sobre o bitcoin?

28 de fevereiro de 2024 - 10:29

Diário de Bordo de 28 de fevereiro de 2024

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Campos Neto e Powell navegam em águas incertas: o que esperar dos próximos passos dos banqueiros centrais para os juros

27 de fevereiro de 2024 - 6:29

A trajetória das taxas de juros no Brasil e nos EUA será decisiva para as expectativas dos investidores e a direção dos ativos de risco

EXILE ON WALL STREET

Felipe Miranda: Qual o caminho mais rápido e efetivo para o sucesso no mercado?

26 de fevereiro de 2024 - 20:03

Seja lá qual for o caminho do sucesso, ele começa por uma boa educação. Nada é mais estruturante e transformacional.

LINHA D'ÁGUA

Por que FoFs de previdência privada serão os grandes vencedores das mudanças recentes na tributação

26 de fevereiro de 2024 - 18:46

Esse tipo de fundo mantem a mesma característica tributária de um exclusivo de previdência, mas, por ser um fundo coletivo, de varejo, não tem o limite de R$ 5 milhões de patrimônio

DE REPENTE NO MERCADO

Fênix à solta: Weg (WEGE3) ressurge como ‘fábrica de bilionários’; Oi (OIBR3) deixa de ser penny stock e Nvidia ‘fura’ a bolha da inteligência artificial

25 de fevereiro de 2024 - 12:00

E mais: estrategista-chefe recomenda 3 ações que estão em ‘raríssimo momento na bolsa’ e por que você deveria correr para comprar um imóvel logo

Mande sua pergunta!

Vi que posso perder minha casa para pagar dívidas de donos anteriores; e no caso de imóvel comprado em leilão, que já vem com dívidas?

24 de fevereiro de 2024 - 8:00

Quem compra imóvel em leilão também pode acabar tendo o bem penhorado para pagar dívidas não pagas atreladas a ele?

SEXTOU COM O RUY

Um Big Mac depois da academia: A ação da Petrobras (PETR4) continua subindo, mas é por causa do governo ou apesar dele?

23 de fevereiro de 2024 - 6:31

Petrobras estabeleceu recentemente um novo recorde de valor de mercado, mas a razão para isso é diferente daquela que a direção da empresa acredita ser

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Falácia da troca de narrativa

21 de fevereiro de 2024 - 20:01

Os movimentos de precificação de mercado estão cada vez mais sujeitos ao “arco narrativo”

Diário de Bordo

Bolha da internet: Nvidia rima com a história de Cisco?

21 de fevereiro de 2024 - 9:05

Qual será o próximo “choque de realidade” nas Bolsas americanas? Desde a pandemia, o mercado tenta prever o próximo. O mercado traz à tona inúmeros exemplos do passado tentando comparar o momento atual e justificar as razões pelas quais a história deveria se repetir. Porém, até agora todos eles caíram por terra. Próximo da divulgação […]

CRYPTO INSIGHTS

Saiba como identificar verdadeiras oportunidades em Inteligência Artificial (IA) e criptomoedas

20 de fevereiro de 2024 - 16:30

Na minha opinião, inteligência artificial é, sim, algo muito maior do que cripto e blockchain

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies