🔴 ESTA CRIPTOMOEDA DISPAROU 4.200% EM 2 DIAS – VEJA SE VALE INVESTIR

Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
DESTAQUES DA BOLSA

Mais Médicos e mais lucro para a Yduqs (YDUQ3)? Por que as ações disparam com o lançamento do edital do programa do governo

Enquanto o Ibovespa opera em leve alta, Yduqs registra avanço de mais de 7% e lidera os ganhos do pregão

Liliane de Lima
4 de outubro de 2023
16:01 - atualizado às 17:29
Yduqs
Yduqs - Imagem: Divulgação

Após os tombos sucessivos dos últimos dias, o Ibovespa ensaia uma recuperação e sustenta uma leve alta nesta quarta-feira (4) mesmo com a queda de Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3). Entre as ações do principal índice da B3 que se destacam do lado positivo está a Yduqs (YDUQ3).

Os papéis do grupo de educação reagiram com alta de mais de 7% ao  lançamento do edital do Programa Mais Médicos, com o anúncio de abertura de novos cursos de medicina. 

“Ao diagnosticar a situação da formação médica no Brasil, o MEC e Ministério da Saúde constataram conjuntamente o ritmo de expansão da formação médica, que é alto, mas identificaram a necessidade de desconcentração da oferta de cursos de Medicina e de maior promoção da qualidade da formação médica”, segundo a nota enviada à imprensa. 

Segundo os Ministérios da Saúde e da Educação, as mantenedoras de instituições de ensino privadas passarão a ter a permissão de apresentar projetos para a instalação de novos cursos em municípios pré-selecionados. 

Sendo assim, o edital definiu 116 regiões, que correspondem a 1.719 cidades, em que os cursos de medicina privados poderão ser abertos, a partir de alguns critérios — entre eles, média inferior a 2,5 médicos por 1 mil habitantes e pelo menos um hospital com 80 leitos. 

Ao todo, a previsão é de abertura de 5.700 vagas, em 95 novos cursos — o que surpreendeu positivamente os investidores, acima do previsto pelo mercado. 

Os cursos de medicina são um dos que possuem maior demanda dos alunos, e também estão entre os mais caros. Para a Yduqs e outros grupos privados que oferecem a formação, portanto, a notícia do edital do Mais Médicos pode significar a abertura de mais vagas — e um aumento nas receitas.

Os papéis YDUQ3 terminaram o pregão com alta de 7,61%, a R$ 20,93.

TOUROS E URSOS - Por que o Ibovespa (ainda) não decolou? Uma entrevista exclusiva com Felipe Miranda

Além de Yduqs: o que mais sobe no Ibovespa hoje? 

O Ibovespa tenta embarcar na alta das bolsas de Nova York, com a desaceleração dos juros dos títulos do Tesouro norte-americano, e tenta interromper o ciclo de quedas de setembro. 

Além da Yduqs, as ações das companhias de varejo figuram entre as maiores altas do pregão. 

Entre elas, Arezzo (ARZZ3), Lojas Renner (LREN3) e Vivara (VIVA3) se destacam após o JP Morgan elevar a recomendação neutra para compra dos papéis

As ações das companhias aéreas Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) são beneficiadas pela forte queda do petróleo no mercado internacional e leve desvalorização do dólar ante o real no mercado à vista. 

Petroleiras em queda 

A ponta negativa é liderada pelas petrolíferas brasileiras, na esteira da forte queda do petróleo. Petrobras (PETR4), por exemplo, caiu quase 4% e perdeu mais de R$ 16 bilhões em valor de mercado nesta quarta-feira (4). 

Os papéis reagem à forte baixa das cotações internacionais do petróleo. Os futuros do Brent — referência para a política de preços da Petrobras — fecharam em forte queda de 5,62%, a US$ 85,81 o barril.

A commodity é pressionada pelo fortalecimento do dólar e, sobretudo, por incertezas sobre a demanda em um cenário de juros mais altos em todo o mundo. 

Mais cedo, a Opep+ manteve a política dos níveis atuais de produção, enquanto a Rússia e a Arábia Saudita reafirmaram que devem seguir com cortes voluntários na oferta até o fim do ano.

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai 3% na semana com peso da política monetária dos EUA e Petrobras (PETR4); dólar sobe a R$ 5,16

24 de maio de 2024 - 17:38

RESUMO DO DIA: A semana que parecia não ter fim acabou, mas sem alívio nos mercados: o Ibovespa completou seis pregões consecutivos de queda. O principal índice terminou o dia com baixa de 0,34%, aos 124.305 pontos. Na semana, o recuo acumulado foi de 3%. Já o dólar à vista avançou 0,27% ante o real […]

DESTAQUES DA BOLSA

Os números do PagBank (PAGS34) que ‘brilharam’ os olhos dos analistas e fazem as ações subirem na B3 e em NY 

24 de maio de 2024 - 14:53

A companhia teve um lucro líquido recorrente de R$ 522 milhões no primeiro trimestre, um crescimento de 33% na base anual

FUNDOS IMOBILIÁRIOS HOJE

Alianza Trust (ALZR11) fecha compra de imóveis do Oba Hortifruti; veja se há impacto nos dividendos do fundo imobiliário

24 de maio de 2024 - 11:47

A operação foi realizada na modalidade de “sale & leaseback”. Ou seja, os ativos serão locados pelo próprio vendedor

COMO SE ESPERAVA

Conselho de administração aprova e Magda Chambriard assume a presidência da Petrobras (PETR4)

24 de maio de 2024 - 9:41

Reunião do conselho de administração da Petrobras ocorreu na manhã desta sexta-feira; Magda Chambriard sucede Jean Paul Prates à frente da empresa

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) e mau humor de Nova York pesam e Ibovespa cai pela quinta vez consecutiva; dólar tem leve queda 

23 de maio de 2024 - 17:33

RESUMO DO DIA: O Ibovespa até tentou romper o ciclo de quedas, mas a aversão ao risco dominou os investidores após dados econômicos mais fortes que o esperado nos Estados Unidos. Pela quinta vez consecutiva, o principal índice da bolsa brasileira fechou em queda de 0,74%, aos 124.729 pontos. O dólar fechou próximo da estabilidade […]

GRUPO DOS EXCLUÍDOS

B3 enquadra Infracommerce (IFCM3) para abandonar a condição de ‘penny stock’, mas solução ainda não foi encontrada  

23 de maio de 2024 - 10:35

Entre o período de 22 de março e 7 de maio deste ano, a dona da bolsa de valores acompanhou as cotações da companhia

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa cai 1% e volta aos 125 mil pontos com NY após ata do Fed; dólar sobe a R$ 5,15

22 de maio de 2024 - 17:10

RESUMO DO DIA: Os olhos dos investidores ficaram concentrados no exterior com a ata da última reunião do Federal Reserve (Fed). Por aqui, o Ibovespa acompanhou a deterioração das bolsas de Nova York, além da repercussão do noticiário corporativo local — que segue agitado com o fim da temporada de balanços. O índice terminou o […]

DESTAQUES DA BOLSA

Por que as ações da XP despencam 15% após o balanço do primeiro trimestre?

22 de maio de 2024 - 12:17

A corretora reportou lucro líquido de R$ 1 bilhão no período, alta de 29% ante os R$ 796 milhões registrados no início do ano passado

AÇÃO ESTÁ CARA?

XP tem apenas um motivo para rebaixar a recomendação das ações da Embraer (EMBR3) — e é por causa de uma assimetria

22 de maio de 2024 - 11:54

Para os analistas, a companhia deixou de atravessar os céus abertos e atingiu a ‘altitude de cruzeiro’ neste momento

EM BUSCA DE SALVAÇÃO

Unidas por Lemann? Americanas (AMER3) propõe grupamento de ações para deixar de ser ‘penny stock’ e abre espaço para aumento bilionário de capital

22 de maio de 2024 - 10:35

Na última terça-feira (21), as ações fecharam a R$ 0,53 na B3; veja o que muda para o acionista

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar