🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
A NATA DA B3

As quatro ações mais recomendadas para investir na bolsa em agosto — confira os papéis favoritos de 12 corretoras

Os analistas selecionaram nomes de quatro setores diferentes para este mês: mineração, siderurgia, eletricidade e shoppings

Larissa Vitória
Larissa Vitória
2 de agosto de 2023
6:29 - atualizado às 12:36
Ações do mês | Vale VALE3 Suzano SUZB3 Itaú ITUB4 Ação | Vivara VIVA3
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Julho foi mais um mês de desempenho forte para o Ibovespa. Apoiado pela melhora contínua no apetite ao risco dos brasileiros, o principal índice de ações da B3 fechou o período com um avanço de mais de 3%.

Uma das contribuições para essa alta foi o desempenho das ações mais recomendadas pelas corretoras consultadas pelo Seu Dinheiro em julho. Quem confiou na indicação da campeã do mês, por exemplo, e comprou os papéis da Rede D’Or (RDOR3) capturou uma valorização muito superior à do Ibovespa e que ultrapassou os 9% no mês.

A Vale (VALE3), que apareceu entre as menções honrosas, também rendeu 7,69% no período. E os analistas acreditam que deve vir mais por aí, pois a mineradora foi elevada à categoria de medalha de ouro em agosto.

Presente entre os favoritos de duas corretoras, a Vale divide o posto com outro nome ligado às commodities metálicas: a Companhia Siderúrgica Nacional (CSNA3). A companhia, vale destacar, saltou 14% no mês passado.

Além das duas, aparecem ainda no topo do pódio empresas de outros dois segmentos da bolsa brasileira: o elétrico e o de shoppings. O primeiro é representado pela Copel (CPLE6), enquanto o segundo está contemplado pelas ações da Multiplan (MULT3).

Os detalhes da tese de investimentos de cada uma delas você confere abaixo, mas a seleção diversificada mostra como o otimismo está em alta entre os analistas — veja as ações preferidas das carteiras de 12 corretoras:

Entendendo a Ação do Mês: todos os meses, o Seu Dinheiro consulta as principais corretoras do país para descobrir quais são suas apostas para o período. Dentro das carteiras recomendadas, normalmente com até 10 papéis, os analistas indicam os seus três prediletos. Com o ranking nas mãos, selecionamos os que contaram com pelo menos duas indicações.

Por que investir nas ações campeãs de agosto?

O desempenho das ações de CSN (CSNA3) e Vale (VALE3) em julho dá uma pista do porquê de os analistas elevarem as duas companhias à posição de favoritas.

Mas a forte alta no mês passado não é o único fator por trás das indicações. A Nova Futura, que colocou a CSN em seu ‘top 3’ em agosto, acredita que a siderúrgica pode surfar um cenário de retomada da demanda chinesa e de recuperação da economia local.

A corretora argumenta que, graficamente, a ação está “bastante atrativa”, rompeu uma importante fase de consolidação e tem espaço para a retomada da tendência de alta.

As perspectivas para a economia da China também são importantes para a Vale (VALE3), uma das primeiras empresas do mundo a exportar minério de ferro para o dragão asiático.

A mineradora destravou valor recentemente ao fechar a aguardada venda de sua divisão de metais básicos. O negócio saiu após oito meses de negociações e renderá US$ 3,4 bilhões que devem ser pagos à vista no ano que vem.

Por falar em gerar valor para os acionistas, a empresa também agradou ao anunciar um pagamento bilionário de proventos. A Vale aprovou a distribuição de R$ 8,2 bilhões em juros sobre o capital próprio (JCP), montante que corresponde a R$ 1,917008992 bruto por ação.

VEJA TAMBÉM — “Sofri um golpe no Tinder e perdi R$ 15 mil”: como recuperar o dinheiro? Veja o novo episódio de A Dinheirista!

Os gatilhos para as ações de Copel (CPLE6) e Multiplan (MULT3)

Já as outras duas campeãs do mês não tiveram um desempenho tão positivo em julho — a Copel (CPLE6) subiu 0,84%, enquanto a Multiplan (MULT3) recuou 4,5% no período. Os analistas, porém, enxergam indícios de que essa situação pode mudar em breve.

No caso da Copel, um dos principais gatilhos para uma potencial alta é a continuidade do processo de privatização. A companhia lançou, no final do mês passado, a oferta pública de ações que levará à desestatização.

A operação envolve a distribuição primária e secundária de ações ordinárias (CPLE3) e pode movimentar cerca de R$ 4,42 bilhões.

O processo é parecido com o que foi feito na Eletrobras (ELET3) no ano passado: haverá uma diluição do governo do estado do Paraná, e a Copel se tornará uma sociedade com capital disperso, ou seja, sem acionista controlador.

Já a Multiplan (MULT3) será beneficiada pelo início do ciclo de queda dos juros, que deve começar já nesta quarta-feira (1) com a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom).

Taxas menores facilitam o acesso ao crédito da população e estimulam o consumo, algo essencial para os negócios da administradora de shoppings. 

Mas vale destacar que, mesmo em meio aos juros altos, a companhia seguiu entregando bons resultados. O balanço financeiro divulgado na semana passada mostra que a Multiplan registrou lucro líquido de R$ 247,2 milhões no segundo trimestre, avanço de 43,35% ante o mesmo período do ano passado.

Compartilhe

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) limita ganhos do Ibovespa; dólar cai a R$ 5,10 e recua mais de 1% na semana

17 de maio de 2024 - 17:35

RESUMO DO DIA: Como uma montanha-russa, o Ibovespa iniciou a semana em alta com a ata do Copom que aliviou, momentaneamente, o temor dos investidores. Mas Petrobras (PETR4) roubou a cena com a demissão repentina de Jean Paul Prates da presidência da estatal. Com isso, o Ibovespa termina a última sessão da semana em baixa […]

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa se recupera do tombo de Petrobras (PETR4) e fecha em alta; dólar cai a R$ 5,13

16 de maio de 2024 - 17:40

RESUMO DO DIA: Após um dia de tensão por conta das mudanças na Petrobras (PETR4), o Ibovespa conseguiu conter as perdas embalado pelas máximas em Wall Street. O principal índice da bolsa brasileira terminou a sessão com alta de 0,20%, aos 128.283 pontos. O dólar fechou a R$ 5,13, com baixa de 0,13% no mercado […]

TEMPOS DE GLÓRIA CHEGARAM?

Nas alturas: Dow Jones ultrapassa os 40 mil pontos pela primeira vez na história 

16 de maio de 2024 - 16:30

Quando começou a operar, Dow Jones era composto apenas por 12 ações. Hoje, o índice tem ações das 30 maiores empresas dos Estados Unidos

DESTAQUES DA BOLSA

De malas prontas: Presidente e dois membros do conselho da CVC (CVCB3) renunciam; ações caem mais de 7% na B3 

16 de maio de 2024 - 13:41

Valdecyr Maciel Gomes renunciou ao cargo depois de três anos na função; movimentação acontece uma semana após balanço do primeiro trimestre

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Petrobras (PETR4) rouba as atenções e Ibovespa fecha em queda em dia de NY nas máximas; dólar sobe a R$ 5,13

15 de maio de 2024 - 17:16

RESUMO DO DIA: Sinal vermelho para os mercados: a repentina demissão de Jean Paul Prates da presidência da Petrobras (PETR4) pegou os investidores de surpresa e as atenções se voltaram para os desdobramentos da mudança no comando da companhia. Dado o peso de Petrobras no principal índice da bolsa brasileira, o Ibovespa terminou o pregão […]

VOLATILIDADE

Opções de venda de ações da Petrobras (PETR4) disparam mais de 1000% com ruído em torno da demissão de CEO

15 de maio de 2024 - 15:06

Investidores com posições em opções de venda de ações da Petrobras lucram com o estrago provocado pelo anúncio da saída de Jean Paul Prates

O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Magda Chambriard vai virar a Petrobras (PETR4) de ponta-cabeça? Veja o que pensa a indicada de Lula para suceder Prates

15 de maio de 2024 - 14:06

Compilamos as opiniões da Magda Chambriard sobre os investimentos, os dividendos e o futuro da Petrobras

DANÇA DAS CADEIRAS

Prates não sai sozinho: Petrobras (PETR4) anuncia demissão de CFO e nomeia presidente interina 

15 de maio de 2024 - 13:22

A estatal confirmou Clarice Coppetti, atual diretora executiva de assuntos corporativos, como presidente interina

O DIA QUE NÃO TERMINOU

O que fazer com as ações da Petrobras (PETR4) agora? Saiba se é hora de vender ou se a queda abriu oportunidade

15 de maio de 2024 - 12:42

O ruído em torno da saída de Jean Paul Prates na presidência da estatal já custou a perda de mais de R$ 60 bilhões em valor de mercado

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa avança com ata do Copom, enquanto dólar cai a R$ 5,13; Hapvida (HAPV3) e Natura (NTCO3) chamam atenção após balanços

14 de maio de 2024 - 17:27

RESUMO DO DIA: Dizem que para toda pergunta há uma resposta. Pois bem, o mercado finalmente recebeu a sua hoje, com a divulgação da ata do Copom, após a decisão dividida sobre o corte de 0,25 ponto percentual na taxa Selic. No documento, a explicação foi resumida por uma decisão “técnica”, nada além disso. Afastando […]

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar