🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-20T15:33:20-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP.
APESAR DAS CRÍTICAS...

A alta dos combustíveis não é tão ruim para o governo: a Petrobras (PETR4) vai pagar quase R$ 14 bilhões em dividendos à União

A Petrobras vai distribuir R$ 48,4 bilhões em dividendos e juros sobre o capital próprio em duas parcelas; governo é o maior acionista

20 de junho de 2022
11:33 - atualizado às 15:33
Fachada de prédio da Petrobras (PETR3 e PETR4) | Dividendos
Fachada de prédio da Petrobras - Imagem: Shutterstock

A alta dos combustíveis, mesmo sendo alvo de críticas do governo federal, vai engordar os cofres públicos. A Petrobras (PETR3; PETR4) começa hoje (20) a distribuir dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) aos acionistas — e o mais beneficiado é a própria União.

A Petrobras vai distribuir R$ 3,715490 por cada ação preferencial (PETR3) e ordinária (PETR4) em circulação, com base na posição acionária de 23 de maio de 2022.

O pagamento dos proventos de R$ 48,4 bilhões acontece em duas rodadas, em junho e em julho, e ao todo, R$ 13.9 bilhões serão pagos ao governo federal. 

Isso porque a União é a maior acionista da petrolífera. Ela detém 3.740.470.811 ações ordinárias da empresa, que são as que dão direito a voto, o que corresponde a 50,3% dos papéis PETR3

Distribuição de Dividendos

Nessa primeira rodada, a Petrobras vai pagar o valor bruto de R$ 1,857745 por ação ordinária (PETR3) e preferencial (PETR4) em circulação, sendo R$ 0,430177 em JCP — com incidência de imposto de renda — e o restante em dividendos.

Já na segunda parcela, o valor bruto por ação também é de R$  R$ 1,857745, mas apenas sob a forma de dividendos. O pagamento acontece em 20 de julho.

Para os detentores de ações de ADRs, o pagamento acontece após 7 dias do início da distribuição dos proventos. Ou seja, a primeira parcela será paga a partir do dia 27 de junho e 27 de julho.

Turbulências na Petrobras 

A Petrobras tem sido duramente criticada pela alta do preço dos combustíveis. As sucessivas queixas do governo federal, intensificadas pela agenda eleitoral e pelo impacto na popularidade do presidente Jair Bolsonaro (PL), estão por trás da dança das cadeiras na petrolífera.

O primeiro alvo foi a diretoria da Petrobras. Em março, Bolsonaro demitiu o general Joaquim Silva e Luna. No lugar, foi nomeado José Mauro Filho Coelho — que renunciou nesta segunda-feira (20), após um pouco mais de dois meses na cadeira. 

Os nomes mudam, mas os preços dos combustíveis seguem em alta. Isso porque os valores da gasolina, etanol e diesel, são vinculados à política de paridade internacional (PPI) — que leva em consideração o preço do barril de petróleo negociados no mercado internacional. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies