2022-06-23T20:50:23-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
8 ou 80

Quanto vale o Nubank (NUBR33)? Saiba por que as projeções para as ações do banco digital variam quase 200%

Preços-alvo do Nubank variam entre US$ 4 e US$ 12 por ação, o que deixaria o valor de mercado entre US$ 19 bilhões e US$ 56 bilhões. Afinal, quem está certo?

22 de junho de 2022
6:15 - atualizado às 20:50
Nubank
Imagem: Nubank/Getty

Quem acompanha de perto o desempenho das ações do Nubank (NUBR33) sabe que os papéis têm operado em patamares bem distantes de quando a empresa abriu capital. 

Os críticos fazem questão de lembrar, com desdém, do IPO na Bolsa de Nova York (Nyse) que o colocou como o banco mais valioso da América Latina - mais valioso até que o poderosíssimo Itaú.

O deboche não é infundado. Pouco mais de seis meses depois da estreia, as ações acumulam queda superior a 60%. No dia 16 de junho, inclusive, a ação do Nubank renovou a mínima em Nova York e fechou cotada a US$ 3,31.

Comparando o valor de mercado do Nubank com os bancos tradicionais brasileiros em dólares, hoje a empresa de David Vélez vale menos que o Banco do Brasil.

BANCOVALOR DE MERCADO (em bilhões)*
Itaú Unibanco (ITUB4)US$ 42,971
Bradesco (BBDC4)US$ 35,783
Santander Brasil (SANB11)US$ 22,402
Banco do Brasil (BBAS3)US$ 19,082
Nubank (NUBR33)US$ 17,978
*Posição em 20/06/2022
Fontes: B3 e Nasdaq

Tamanha desvalorização dos papéis faz brotar questionamentos sobre o Nubank. O preço no IPO saiu errado? Existe algo na operação que motivou a queda das ações? O Nubank vai se recuperar?

Para responder a todos esses questionamentos (e outros que surgiram ao longo da apuração), fui atrás dos principais analistas que cobrem a empresa.

De maneira geral, eles têm uma visão positiva do Nubank e sua direção, mas um fato chama atenção: a disparidade dos preços-alvo estipulados para o papel.

Afinal, quanto vale o Nubank?

Preço-alvo do Nubank: oito ou oitenta?

O preço-alvo que os analistas estipulam para uma ação não segue uma metodologia comum. Cada casa leva em consideração dados diferentes, inclusive macroeconômicos, para gerar o número mágico.

No caso do Nubank, encontrei preços-alvo que variam desde US$ 4 até US$ 12 por ação. Isso deixaria o valor de mercado entre discrepantes US$ 19 bilhões e US$ 56 bilhões — ou R$ 98 bilhões e R$ 288 bilhões no câmbio atual.

Abaixo, os preços-alvo e recomendações dos bancos aos quais o Seu Dinheiro teve acesso:

BANCOPREÇO-ALVORECOMENDAÇÃO
Goldman SachsUS$ 12,00COMPRA
UBS BBUS$ 11,50COMPRA
JP MorganUS$ 5,00NEUTRO
Itaú BBAUS$ 4,50UNDERPERFORM (venda)
BTG PactualUS$ 4,00NEUTRO
Última atualização em 15/6/2022

Por que as ações do Nubank caem

Representando os que acreditam no Nubank, o analista Thiago Batista, do UBS BB, me explicou que o que tem provocado a queda das ações é a mudança de percepção de risco com empresas de crescimento de forma geral.

“O principal fator para esse movimento é a alta de juros nos EUA. O dinheiro fica mais caro e os investidores olham para ativos que têm fluxo de resultado. E o resultado do Nubank hoje é próximo de zero.”

Batista faz uma comparação com o desempenho da Nasdaq neste ano, que também não é dos melhores. Ainda que o Nubank tenha aberto capital na Nyse, ele é considerado por muitos analistas uma empresa de tecnologia e acaba sendo comparado com a Nasdaq, onde a maioria das "techs" é listada.

No gráfico abaixo, é possível notar que as ações do Nubank e o índice Nasdaq têm, de fato, caminhado de forma semelhante. Vale lembrar que o banco digital também possui recibos de ações (BDRs) negociados na B3, com o código NUBR33.

Visões diferentes sobre a inadimplência

Mas o analista ressalta, também, que os números de inadimplência no primeiro trimestre vieram piores do que o esperado. As dívidas vencidas há mais de 90 dias subiram 0,7 ponto porcentual entre o quarto trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022, chegando a 4,2%.

A estimativa de Batista para a inadimplência no Nubank até o final do ano é de 4,7%. Ou seja, nos próximos trimestres, o banco só teria espaço para uma piora de mais 0,5 ponto porcentual no índice de calotes.

E é nessa questão que reside a principal discordância entre os bancos que cobrem a ação.

Para o analista do UBS BB, a inadimplência deve, de fato, desacelerar. 

“Eu tenho uma visão mais otimista do que a média, pois acredito que o pacote do governo de antecipar o 13º e aumentar o limite do crédito consignado vai ter impacto positivo na inadimplência”, afirmou Batista.

Para o Itaú BBA, no entanto, a inadimplência está apenas começando a dar as caras.

Além da alta dos calotes, o Nubank vem em um ritmo de concessão de crédito mais acelerado que os bancos tradicionais. “Esse ritmo rápido provavelmente irá impulsionar a inadimplência, na nossa visão”, disse o Itaú BBA. 

Após a publicação dos resultados do 1T22, o Itaú BBA havia elevado a estimativa para a inadimplência no Nubank no final do ano de 5,3% para 5,5%, mas, no relatório mais recente, o número já pulou para 5,8%. 

O UBS BB, por sua vez, ainda não incorporou os resultados do 1T22 nos seus modelos para o Nubank.

Quem está certo?

Em meio a visões que parecem antagônicas sobre o mesmo objeto, vale se perguntar quem estaria certo. Ou melhor, em quem devemos acreditar?

Dado o patamar no qual a ação do Nubank vem sendo negociada ultimamente, parece que quem está mais perto de acertar o preço-alvo é o BTG Pactual, com US$ 4.

Mas, apesar de estar na ponta mais baixa das estimativas para o Nubank, o banco recentemente melhorou a recomendação para os papéis de “venda” para “neutro”.

“Acreditamos que o Nubank está bem posicionado para possivelmente se tornar a fintech líder da América Latina nos próximos cinco a dez anos”, escreveram, em um relatório a clientes.

É possível notar que a maioria dos analistas adora a história, os valores e os objetivos do Nubank. Afinal, um banco bem quisto por seus clientes não é algo muito trivial.

Mas, em algum momento, a história precisa começar a dar lucro.

E, afinal, quando o Nubank dará lucro?

Dependendo de qual cálculo estamos falando, o Nubank já está dando lucro. 

A conta do lucro “ajustado” desconsidera despesas e efeitos tributários relacionados à remuneração baseada em ações. É um cálculo que não segue o padrão internacional de contabilidade (IFRS) e, segundo o Nubank, é uma medida-chave de rentabilidade para avaliar o desempenho do negócio.

Nesse cálculo, o Nubank apresentou lucro ajustado de US$ 10,1 milhões no primeiro trimestre.

No entanto, sem os ajustes, o lucro se transforma em prejuízo líquido de US$ 45,1 milhões no período. 

Por esse motivo, você vê manchetes completamente díspares nos principais veículos jornalísticos quando o Nubank publica resultados. Aqui no Seu Dinheiro, nós temos puxado nossas matérias pelo cálculo sem ajuste.

Para o UBS BB e o JP Morgan, o Nubank deve registrar o primeiro lucro anual ajustado neste ano.

Já o primeiro lucro sem ajuste deve ficar para 2024, segundo o UBS BB.

Leia também:

Devo comprar ações ou BDRs do Nubank?

Se considerarmos que hoje o preço da ação do Nubank está abaixo do preço mínimo estimado pelos analistas, pode ser um bom ponto de entrada. Lembrando que o Nubank também é negociado na forma de BDRs (recibos de ações) na B3.

Mas os principais bancos divergem sobre comprar ou não os papéis. O Itaú BBA é categórico: não, você não deve comprar. Já o Goldman Sachs e o UBS BB recomendam que sim.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

FORTES SINAIS

Por que você deveria olhar a disparada de juros dos empréstimos imobiliários dos EUA com o risco iminente de recessão? Eles levaram à crise de 2008 e voltaram a subir

Os juros de financiamentos de até 30 anos saíram de 2,75% para mais de 6% em relação ao mesmo mês de 2021

skin in the game

Como os criadores do podcast Stock Pickers querem fazer a cabeça do mercado com o Market Makers

Em parceria com a Empiricus, Thiago Salomão e Renato Santiago lançam novo podcast e querem começar clube de investimentos

SÁBADO EM CRIPTO

Bitcoin acumula alta de 10% na semana, ethereum sobe 20% e criptomoedas tentam aproveitar alívio do noticiário para avançar hoje; confira

Entre os destaques dos últimos dias estão a nova parceria da Binance no Brasil, o ataque ao site do Tether (USDT) e os problemas na Celsius

OLHA A FOGUEIRA

Me ajuda, São João! Itens de festas juninas ficaram 13,52% mais caros do ano passado para cá; confira produtos que subiram mais

Os principais itens são aqueles relacionados às commodities, influenciadas pelas cotações internacionais e dólar

FOLLOW-ON

Novas ações da Eneva (ENEV3) começam a ser negociadas na terça-feira e aumentam o caixa da empresa R$ 4 bilhões

O preço por ação ficou em R$ 14,00, levemente abaixo do desempenho dos papéis em negociação da empresa, que fecharam a sexta-feira cotados a R$ 14,73

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies