🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-24T16:17:26-03:00
Julia Wiltgen
Julia Wiltgen
Jornalista formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com pós-graduação em Finanças Corporativas e Investment Banking pela Fundação Instituto de Administração (FIA). Trabalhou com produção de reportagem na TV Globo e foi editora de finanças pessoais de Exame.com, na Editora Abril.
IR 2022

Prazo para entregar declaração de IR 2022 começa segunda-feira; veja as vantagens de declarar cedo – ou deixar para a última hora

Prazo de entrega da declaração de IR 2022 vai de 7 de março a 29 de abril; veja as vantagens de declarar cedo e de deixar para o fim do prazo

4 de março de 2022
7:00 - atualizado às 16:17
Leão sentado em cima de dinheiro com o texto Imposto de Renda 2022 ao lado
Quanto antes você entregar a declaração, mais cedo vai receber a restituição. - Imagem: Shutterstock/Montagem Andrei Morais

O prazo de entrega da declaração de IR 2022 começa na próxima segunda-feira (07), às 8h, quando também será liberado para download o Programa Gerador da Declaração. Os contribuintes terão até às 23h59 do dia 29 de abril para prestar contas ao Leão.

O brasileiro gosta de deixar tudo para a última hora, e, com o imposto de renda, não é diferente. Inclusive, a audiência das matérias sobre o tema costuma explodir nas duas últimas semanas de abril.

Mas entregar a declaração de IR cedo tem suas vantagens, no caso dos contribuintes que têm imposto a restituir. É que a ordem de pagamento das restituições respeita a ordem de processamento das declarações - o que, por sua vez, segue a ordem de entrega do documento à Receita Federal.

Assim, quanto antes você transmitir a sua declaração de IR ao Fisco, mais cedo você vai receber a sua restituição. Neste ano, as restituições serão novamente pagas em cinco lotes mensais, de março a setembro, sendo o primeiro deles quase integralmente destinado às prioridades definidas por Lei: idosos (com prioridade para os maiores de 80 anos), pessoas com deficiência e doenças graves e professores.

Se você não se enquadrar em nenhum desses grupos, mas correr para entregar sua declaração de IR logo nas primeiras semanas de março, é provável que já receba sua restituição em junho, portanto.

Cuidado com os erros na declaração de IR

Apenas tome cuidado para não ter pressa demais na hora de declarar e acabar errando. Certifique-se de que você tem em mãos todos os informes de rendimentos, recibos e notas fiscais necessários e siga-os com bastante atenção.

Nesta outra matéria eu falo sobre quais informes de rendimentos você precisa ter recebido para declarar o imposto de renda - e o que fazer caso não tenha recebido algum deles.

Essa recomendação é importante porque, caso você precise corrigir alguma informação mais para frente, a declaração retificadora irá substituir integralmente a original.

Em outras palavras, ao entregar uma declaração retificadora, você volta para o fim da fila, e a data que passa a valer para o processamento da declaração e a consequente restituição é a data de entrega da retificadora.

Em 2022, deixar para a última hora também tem suas vantagens

Neste ano, porém, quem não tiver pressa para pôr as mãos no dinheiro da restituição pode tirar vantagem de deixar a entrega da declaração para o fim do prazo.

É que os valores da restituição são corrigidos pela taxa Selic acumulada de maio até o mês anterior ao do pagamento, mais 1% referente ao mês do pagamento.

Quando a taxa básica de juros estava nas mínimas históricas, em 2% ao ano, esse retorno era bem baixo. Mas agora, com a Selic de volta aos dois dígitos, ganhar essa rentabilidade líquida ficou bem interessante.

Assim, quem deixar para entregar a declaração de IR nas últimas semanas de abril provavelmente será restituído apenas em setembro, recebendo um rendimento de 1% mais a variação da Selic de maio a agosto sobre o valor da restituição.

Veja também este conteúdo em vídeo:
Restituição do Imposto de Renda 2022: quanto mais cedo declarar o IR, melhor? Saiba quando você vai receber

Calendário das restituições de imposto de renda 2022

A Receita Federal já divulgou o calendário com as datas das restituições de imposto de renda 2022. Confira as datas:

  • 1º lote: 31 de maio de 2022;
  • 2º lote: 30 de junho de 2022;
  • 3º lote: 29 de julho de 2022;
  • 4º lote: 31 de agosto de 2022;
  • 5º lote: 30 de setembro de 2022.
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

GALINHA DOS OVOS DE OURO

Subsidiária da MRV (MRVE3) nos EUA garante mais de R$ 1 bilhão para construtora com venda de empreendimentos na Flórida

A Resia vendeu dois conjuntos localizados na Flóridas e a negociação rendeu cerca de R$ 375 milhões aos cofres da incorporadora

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

A quadrilha triste do Ibovespa e o nascimento de uma nova gigante; confira os destaques do dia

O mês de junho vai chegando ao fim, mas o mercado financeiro parece longe de se juntar às alegres festividades juninas espalhadas pelo país.  Na B3 e em Wall Street, os investidores dançam uma quadrilha pra lá de triste e cheia de obstáculos.  Não estamos falando de uma ponte quebrada, uma cobra perdida ou uma […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa despenca mais de 11% e tem o pior mês desde março de 2020; dólar sobe a R$ 5,23

O início do aperto monetário do Federal Reserve levou os ativos globais a ter um semestre para esquecer – e o Ibovespa não escapou disso

Proventos

Dividendos: Rede D’Or (RDOR3) e Raia Drogasil (RADL3) vão distribuir quase R$ 300 milhões em juros sobre capital próprio; veja detalhes

Pagamento de nova leva de proventos aos acionistas está previsto para o dia 16 de julho, no caso da Rede D’Or

ALTAS E BAIXAS

Destaques da bolsa: Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) disparam com fusão; TC (TRAD3) e Light (LIGT3) despencam

A nova consolidação no setor de saúde mexeu com o segmento nesta quinta; a renúncia do CEO da Light pesou sobre as ações da empresa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies