🔴 FENÔMENO QUE TRANSFORMOU 1.500 PESSOAS EM MILIONÁRIAS PODE SE REPETIR – VEJA COMO SER O PRÓXIMO

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
DESTAQUES DA BOLSA

Suzano lidera perdas do Ibovespa com corte no preço da celulose; saiba o que esperar das ações SUZB3

Os papéis recuam mais de 6% nesta terça-feira (13) depois da decisão de reduzir em US$ 40 por tonelada o preço da celulose de fibra curta para os chineses em dezembro

Carolina Gama
13 de dezembro de 2022
17:28 - atualizado às 18:29
Linha de produção da Suzano SUZB3
Linha de produção da Suzano - Imagem: Clayton de Souza/Estadão Conteúdo

As ações da Suzano (SUZB3) lideraram o pelotão de maiores quedas do Ibovespa nesta terça-feira (13) depois que a companhia decidiu cortar em US$ 40 por tonelada, para US$ 820 por tonelada, o preço da celulose de fibra curta vendida para a China em dezembro. 

Os papéis SUZB3 caíram 6,43%, a R$ 51,36. No mês, as ações acumulam perda de 11%, enquanto em 12 meses, a baixa é um pouco menor, de 9%. 

Assim que a notícia foi divulgada, a agência Risi informou que a decisão foi tomada porque os consumidores chineses estão relutantes em fechar novos pedidos de olho na maior oferta da commodity no curto prazo, em especial, por dois fatores: 

  • Início das operações do projeto MAPA (Modernização e Ampliação da Planta da Arauco) neste mês, realizado na cidade de Biobío, no Chile;
  • Nova fábrica em Paso de Los Toros, no Uruguai, que ficará pronta no primeiro trimestre de 2023. 

Os dois eventos devem provocar um aumento da oferta do produto no próximo ano.

Mais tarde, a própria Suzano confirmou a decisão e disse que a redução de preços adotada ocorre em linha com o atual cenário do mercado chinês. 

Suzano: corte já era esperado

Embora a reação do mercado tenha sido negativa, a redução de preços anunciada hoje pela Suzano já era esperada. 

Para o Morgan Stanley, o corte visa reduzir a diferença de preço entre as importações e o preço de revenda doméstico chinês. A mesma avaliação é compartilhada pelo Itaú BBA. 

“A redução é negativa, mas esperada. Os preços da celulose estão estáveis em cerca de US$ 860 por tonelada desde julho, e o mercado já esperava uma correção entre o final deste ano e o início de 2023”, disse o Itaú BBA em relatório. 

Vale comprar SUZB3?

Para o Itaú BBA, sim. O banco segue privilegiando as ações de papel e celulose por motivos de valorização. 

Nesse cenário, o Itaú BBA vê Suzano e Klabin negociando atualmente a 5,3x e 6,6x o valor da firma/ebitda em 2023, respectivamente — já considerando os preços da celulose de fibra curta em US$ 650 por tonelada. 

De fato, o banco acredita que a Suzano esteja precificando o preço da fibra curta ainda mais baixo do que as estimativas, em US$ 604 por tonelada.

Compartilhe

FORA DE MODA

Após resultados decepcionantes, ação da dona da Gucci cai quase 8% na Europa e preocupa investidores e entusiastas da moda

25 de julho de 2024 - 15:31

Desempenho fraco das vendas da Gucci na Ásia abalou novamente o visual da holding no primeiro semestre do ano

O RETORNO

Latam retoma voo em Wall Street com nova listagem de ADRs na bolsa de valores de Nova York. O que isso significa para os acionistas?

25 de julho de 2024 - 12:08

Os novos papéis devem começar a ser negociados hoje após três anos fora da bolsa norte-americana; entenda

É HOJE!

A Vale (VALE3) vai pagar dividendos ou não vai? O que esperar do desempenho financeiro da mineradora no 2T24

25 de julho de 2024 - 6:03

A companhia divulga nesta quinta-feira (25), após o fechamento do mercado, os resultados entre abril e junho; o Seu Dinheiro ouviu especialistas para saber o que vem por aí

DEMOROU, MAS SAIU

Passagens de avião por até R$ 200: Confira tudo o que você precisa saber sobre o programa Voa Brasil — e quem poderá participar

24 de julho de 2024 - 19:04

Segundo cálculos do governo, cerca de 20 milhões de pessoas cumprem os requisitos para participar do programa; veja os critérios

Reforço no caixa

Estoque de títulos de renda fixa de dívida de empresas dispara na B3 e atinge cifra trilionária; confira os detalhes

24 de julho de 2024 - 18:42

No primeiro semestre deste ano, registro de papéis de dívidas corporativas na B3 subiram 18%

NOVO CRONOGRAMA

Americanas (AMER3) divulga data para aumento de capital e grupamento de ações – e dá mais um passo no processo de Recuperação Judicial 

24 de julho de 2024 - 17:24

Varejista vai discutir a homologação do aumento de capital em reunião do conselho de administração nesta quinta-feira (25)

O BALANÇO VEM AÍ

Mais de R$ 100 bilhões em dividendos da Petrobras (PETR4): saiba se é hora de comprar as ações para aproveitar a oportunidade dos proventos bilionários

24 de julho de 2024 - 15:41

Os cálculos foram feitos pelo Goldman Sachs; papéis da petroleira avançam nesta quarta-feira (24) — entendam os motivos dessa alta

SINAL VERMELHO

A BYD atropelou a Tesla? Por que a fabricante de carros elétricos de Elon Musk despenca 12% em Nova York

24 de julho de 2024 - 15:04

Após os negócios de terça-feira (23), a Tesla apresentou os resultados trimestrais e os investidores não perdoaram; saiba o que preocupa no caminho da norte-americana

VOLTANDO A BRILHAR

Vivara (VIVA3) voltou a ser uma joia? Por que o Itaú BBA retomou a cobertura da rede de joalherias com recomendação de compra

24 de julho de 2024 - 14:03

Instituição vê um potencial de alta de 40% dos papéis da Vivara após renúncia de CEO e conselheiros abalar os papéis da empresa em março deste ano

Martelo batido

Preço mínimo da ação da Sabesp foi fixado em 20 de junho, e pouca gente sabia disso

24 de julho de 2024 - 13:39

Preço mínimo de R$ 63,56 por ação se tornou público hoje, com a publicação da ata de reunião do dia 20; Equatorial pagou R$ 67,00

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar