Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-02-04T20:24:33-03:00
Carolina Gama
COFRES CHEIOS

Petrobras (PETR4) engorda caixa após venda de ativos em Alagoas; veja quanto estatal recebeu pelas concessões

A operação foi anunciada inicialmente em junho de 2021 e está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da companhia

4 de fevereiro de 2022
20:24
Prédio da Petrobras no Rio de Janeiro, PETR4
Fachada da Petrobras (PETR4). - Imagem: Shutterstock

A Petrobras (PETR4) está com os cofres mais cheios. A estatal finalizou nesta sexta-feira (04) a venda de sua participação em sete concessões no Polo Alagoas para a Origem Energia, antiga Petro+. 

A transação foi concluída com o pagamento de US$ 240 milhões à Petrobras, valor que se soma aos US$ 60 milhões na assinatura do contrato, totalizando US$ 300 milhões.

A operação, anunciada inicialmente em junho de 2021, está alinhada à estratégia de gestão de portfólio e à melhoria de alocação do capital da estatal. 

"A Petrobras segue concentrando cada vez mais os seus recursos em ativos em águas profundas e ultraprofundas, onde tem demonstrado grande diferencial competitivo ao longo dos anos, produzindo óleo de melhor qualidade e com menores emissões de gases de efeito estufa", diz a empresa. 

Detalhes do Polo Alagoas

O Polo Alagoas compreende sete concessões de produção, seis terrestres (Anambé, Arapaçu, Cidade de São Miguel dos Campos, Furado, Pilar e São Miguel dos Campos) e a concessão do campo de Paru localizada em águas rasas, com lâmina d’água de 24 metros.

A produção média do polo em 2021 foi de 1,62 mil barris por dia (bpd) de óleo e condensado e de 550 mil metros cúbicos por dia ( m³/d) de gás, gerando 0,81 mil bpd de líquidos de gás natural (LGN). 

GUIA PARA BUSCAR DINHEIRO: baixe agora o guia gratuito com 51 investimentos promissores para 2022 e ganhe de brinde acesso vitalício à comunidade de investidores Seu Dinheiro

Petrobras vende aqui, para comprar ali

Enquanto se desfaz de alguns ativos, a Petrobras aponta sua mira para outros. A estatal confirmou na quinta-feira (3) que pretende exercer o direito de preferência em blocos na Bacia de Campos, a serem licitados no Sistema de Oferta Permanente.

A diretoria da empresa aprovou a manifestação do direito de preferência para um percentual de 30% nas áreas de Água Marinha e Norte de Brava, que ficarão sob o Regime de Partilha de Produção.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) retoma parte do fôlego, mas ainda segue abaixo dos US$ 30 mil; confira o que mexe com as criptomoedas

O mercado global de ativos digitais já perdeu mais de US$ 1 trilhão em valor desde o início do grande inverno cripto

PASSARINHO NA GAIOLA

E agora Elon Musk? Acionistas entram com ação contra o bilionário e o Twitter (TWTR34); saiba o motivo

A plataforma também está sendo alvo do processo, que envolve denúncias de uso de informação privilegiada no âmbito da oferta de compra da empresa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O copo meio cheio do Ibovespa, a nova chance da Cielo (CIEL3) e o retorno da Terra (LUNA); confira os destaques do dia

A possibilidade de que o Federal Reserve seja obrigado a manter o ritmo do aperto monetário ajudaram os ativos de risco nesta quinta-feira

ELEIÇÕES DE 2022

Distância entre Lula e Bolsonaro aumenta para 21 pontos na nova pesquisa Datafolha; confira as intenções de voto

Instituto destaca que o levantamento anterior, feito em 22 e 23 de março, tinha cenários distintos, excluindo pré-candidatos que deixaram a disputa e adicionando nomes que passaram a ser apresentados pelos partidos

FECHAMENTO DO DIA

Dólar cai abaixo dos R$ 4,80 e Ibovespa sobe 1% com sinais de fraqueza da economia americana; entenda a razão

O Ibovespa reagiu ao bom desempenho dos ativos no exterior após os investidores entenderem que o Fed deve segurar o aperto monetário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies