Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-13T08:09:34-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
FALECIMENTO

Morre fundador do Bob’s, a primeira rede de fast food da América do Sul; conheça a história do empresário e ex-tenista

Robert Falkenburg tinha uma forte ligação com o Brasil. Ele foi casado por 75 anos com a brasileira Lourdes Mayrink Veiga Machado, com quem teve 2 filhos.

12 de janeiro de 2022
16:06 - atualizado às 8:09
Bob Falkenburg em frente a primeira unidade do Bob's
Imagem: Roitberg/Wikipedia

O ex-tenista e empresário Robert Falkenburg morreu aos 95 anos na última quinta-feira (6) de causas naturais em sua casa, em Santa Ynez, no Condado de Santa Barbara, na Califórnia. Fundador da rede de lanchonetes Bob’s, ele foi campeão do torneio de Wimbledon e homenageado no hall da fama do esporte. 

Bob, como era conhecido, tinha uma forte ligação com o Brasil, em especial com o Rio de Janeiro. Ele foi casado por 75 anos com a brasileira Lourdes Mayrink Veiga Machado, com quem teve 2 filhos.

Bob’s, o primeiro fast food na América do Sul

Era 1951 quando Falkenburg estava na cidade do Rio de Janeiro para participar de um torneio de tênis e quis tomar um milk shake. Ele não conseguiu matar sua vontade, mas não desperdiçou a oportunidade. 

Com um investimento inicial de US$ 10 mil e equipamentos trazidos dos Estados Unidos, um ano depois, o empresário e tenista abria a sorveteria Falkenburg, em Copacabana. 

Embora tenha encontrado obstáculos ao desenvolvimento do negócio - na época, o governo brasileiro restringia a importação de ingredientes para a fabricação de sorvetes -, Falkenburg não parou. 

Um ano depois, nascia o Bob’s, o primeiro restaurante fast food na América do Sul. No melhor estilo americano, lá eram servidos hambúrgueres, cachorros-quentes, sorvetes e, é claro, milk shakes.

Falkenburg ficou com o Bob´s até 1974, quando, com 48 anos, decidiu retornar à Califórnia. Ele  passou a rede para a Libby’s Foods, vendida posteriormente para a Nestlé.

Falkenburg entre os 10 melhores do tênis

Falkenburg foi classificado entre os 10 melhores tenistas do país aos 17 anos e permaneceu nessa categoria de elite por cinco anos.

Contando com backhands poderosos e um saque forte, ele obteve sua maior conquista em 1948, em Wimbledon: após salvar três match points contra o australiano John Bromwich, ele sagrou-se campeão do mais tradicional torneio de tênis do mundo.

Falkenburg também teve uma carreira bem-sucedida como duplista: em 1944, foi campeão do US Nationals com; e, em 1947, levou o título de Wimbledon com Jack Kramer.

O fundador do Bob´s se aposentou em Los Angeles, tendo se dedicado à carreira de golfista amador. Ele participou de vários campeonatos, vencendo três deles no Brasil. 

*Com informações do The New York Times

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Mercados Hoje

Ibovespa abre em alta de mais de 1% puxado pelo exterior positivo e dólar recua a uma semana da reunião do Federal Reserve

As commodities permanecem no radar: o petróleo pode chegar aos US$ 100 e o minério de ferro avançou na China durante a madrugada

Tendências da bolsa

AGORA: Ibovespa futuro avança próximo da estabilidade e dólar cai de olho no exterior positivo e nos balanços dos bancos de hoje

As commodities permanecem em rota de valorização, com o petróleo e o minério de ferro em destaque hoje

O melhor do Seu Dinheiro

Um guia com 51 investimentos para 2022, a queda das ações tech na B3, Binance e outros destaques do dia

Confira os investimentos mais promissores do ano, além de uma análise completa dos riscos e oportunidades nas principais classes de ativos

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas buscam recuperação lá fora, de olho nos balanços do dia e Ibovespa foca no cenário doméstico

O presidente da República, Jair Bolsonaro, tem até sexta-feira (21) para decidir sobre o Orçamento e o reajuste dos servidores públicos

PAPO CRIPTO #010

Maior corretora de criptomoedas do mundo, Binance vê 2022 como o “ano da regulação” do mercado

“Existe um preconceito com o mercado de criptomoedas como um todo”, diz a representante da Binance no Brasil sobre países que proibiram a atuação da corretora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies