2022-02-02T10:04:09-03:00
Camille Lima
NOVO RECORDE

BTG (BPAC11) alcança R$ 1 trilhão em ativos sob gestão e quase dobra patamar de 2020

Há pouco menos de um ano e meio, o banco de investimentos somou R$ 535 bilhões em ativos sob custódia

2 de fevereiro de 2022
10:04
BTG Pactual Digital
Imagem: Shutterstock

O BTG Pactual (BPAC11) atingiu um novo patamar nesta quarta-feira (02). O maior banco de investimentos da América Latina alcançou a marca de R$ 1 trilhão em ativos sob gestão e administração.

Segundo Roberto Sallouti, CEO do banco de investimentos, esse já era o seu objetivo em setembro de 2020, quando a instituição financeira auferiu R$ 535 bilhões em ativos sob custódia.

Ou seja, em menos de um ano e meio, a instituição financeira praticamente dobrou seu alcance.

“Gostaria de agradecer imensamente aos nossos clientes pela confiança em nossa instituição. Continuaremos focados em garantir excelência e inovação no atendimento e serviços prestados”, disse Sallouti.

O montante leva em consideração os recursos das áreas de Asset Management e Wealth Management, que também inclui a sua plataforma de investimentos para o varejo, o BTG Pactual digital.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Recente ida às compras

O banco está se expandindo no segmento de assessoria de investimentos e, aparentemente, não está nem perto de desacelerar seu passo.

Pouco menos de uma semana após adquirir toda a carteira da paulista Planner Investimentos, o BTG pegou a ponte aérea e foi às compras no Rio de Janeiro.

E não foi uma empresa irrelevante que entrou nas sacolas do banco, mas sim a Elite Investimentos, uma das mais tradicionais corretoras de valores mobiliários da capital fluminense.

Competição entre BTG e XP

O novo patamar em gestão de ativos também ajuda o BTG a acirrar sua disputa com a XP

Além de competirem por território em assessoria (em especial, na área de agentes autônomos), as empresas brigam por posição no ranking de gestão de patrimônio.

De acordo com a Bloomberg Línea, ao fim de 2020, o BTG possuía cerca de 7,8% da indústria de investimentos brasileira, enquanto a rival controlava 7,2%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM

RECONECTANDO

Após três semanas fora do ar, Binance volta a negociar criptomoedas em reais; problemas com BC serão resolvidos com nova parceira?

7 de julho de 2022

Em nota enviada à reportagem, a exchange afirma que “atua em total acordo com o cenário regulatório do Brasil”