🔴 AS BIG TECHS ESTÃO ‘SUGANDO’ DINHEIRO DA BOLSA BRASILEIRA? – VEJA COMO SE PROTEGER

Camille Lima
Camille Lima
Repórter no Seu Dinheiro. Estudante de Jornalismo na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Já passou pela redação do TradeMap.
TOP 10 NA AMÉRICA LATINA

Tchau, CTEEP (TRPL4)! Por que o BofA recomenda a venda de uma das principais pagadoras de dividendos da bolsa?

O Bank of America soltou relatório com 10 ideias de investimento para a América Latina — são sete recomendações de compra e três de venda

Torres de transmissão de energia
BofA recomenda a venda de CTEEP (TRPL4). - Imagem: Shutterstock

A Isa CTEEP (TRPL4) está na lista das grandes pagadoras de dividendos da bolsa brasileira. Mas fazer chover proventos na carteira dos acionistas todo fim de trimestre não é o suficiente para o Bank of America indicar a compra das ações da transmissora de energia.

Apesar do robusto balanço da CTEEP, os analistas do BofA recomendam a venda das ações da empresa, por projetarem que a companhia terá um desempenho mais fraco em 2022.

O que fez o BofA recomendar a venda de CTEEP (TRPL4)?

A análise considera dois pontos. O primeiro deles é o ambiente altamente competitivo no setor de transmissão de energia, ao mesmo tempo que a CTEEP (TRPL4) tem planos ambiciosos de crescimento em 2022.

“Acreditamos que as ações devem ter um desempenho inferior nos próximos meses, combinada a um valuation esticado e uma visão mais construtiva sobre a situação no Brasil”, diz o relatório.

Dito isso, o BofA projeta que duas das principais empresas do setor de energia, a CTEEP e a Taesa, vão negociar com um prêmio em relação aos títulos públicos atrelados à inflação (NTN-B) de longo prazo.

Menos dividendos da CTEEP (TRPL4) em 2022

Os dividendos também entraram como um critério para os analistas. 

O BofA espera que a CTEEP seja a transmissora de energia com a menor taxa de dividendo (dividend yield) na média de 2022 e 2023, com um percentual de apenas 5%.

Enquanto isso, a expectativa é que as rivais Taesa (TAEE11) e Alupar (ALUP11) cheguem a um dividend yield de 8,1% e 7,4%, respectivamente.

Isso porque, quanto menor for a taxa, menos atrativa será a ação para o investidor com foco no recebimento de proventos.

Vale lembrar que, no exercício de 2021, a companhia distribuiu cerca de R$ 1,31 bilhão em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP), sem considerar os dividendos intermediários sobre reservas.

No período, a empresa teve um dividend yield de 8,2%, considerando o preço de fechamento da ação do último pregão do ano passado.

Se formos considerar todos os proventos distribuídos pela CTEEP, a taxa de dividendos chegaria a 11,5%.

As ideias do BofA para a América Latina

A carteira de ideias do BofA para a América Latina nos próximos quatro meses inclui sete recomendações de compra e três de venda. Do total, quatro das ações recomendadas para compra são brasileiras, enquanto duas de venda são do Brasil.

Confira a carteira do Bank of America:

CompraVenda
Bajio (MXN: BBAJIOO) — MéxicoIsa CTEEP (TRPL4) — Brasil
Eletrobras (ELET6) — BrasilPorto Seguro (PSSA3) — Brasil
Itaú (ITUB4) — BrasilSouthern Copper (NYSE: SCCO) — EUA
GCC (MXN: GGC) — México
Petrorio (PRIO3) — Brasil
Tenaris (NYSE: TS) - Luxemburgo
Suzano (SUZB3) — Brasil
Fonte: BofA

Leia também:

MUDANÇAS NO IR 2022: baixe o guia gratuito sobre o Imposto de Renda deste ano e evite problemas com a Receita Federal; basta clicar aqui

Compartilhe

MEIOS DE PAGAMENTO

Cielo se prepara para sair da bolsa e uma dupla de empresas de maquininhas pode surfar essa onda, mas o Santander tem uma favorita

12 de junho de 2024 - 17:33

Os analistas avaliam que existe uma boa janela de curto prazo para a Stone e a PagSeguro em meio à queda das ações e à OPA da Cielo; veja quem é a preferida

Rali das “meme stocks”

‘Efeito Roaring Kitty’ faz GameStop levantar mais de US$ 2 bilhões com venda de ações

12 de junho de 2024 - 16:04

Varejista de videogames vendeu 75 milhões de ações após volta de trader que inspirou o épico ‘short squeeze’ em 2021

Mercado acionário

Bank of America corta preço-alvo para ações de bancões brasileiros, mas mantém recomendação

12 de junho de 2024 - 15:10

Combinação de receitas diversificadas, funding, controle de custos e balanços fortes são os fatores positivos apontados pelos analistas

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: Grupo Mateus (GMAT3) vai pagar mais de R$ 134 milhões para acionistas; confira os prazos e como receber

12 de junho de 2024 - 12:50

O anúncio da distribuição do JCP ocorre em um momento positivo para a companhia, que vem contrariando a crise no varejo

Quem vai ficar com ela

Acionistas da Braskem descartam negociação com a Petrochina

12 de junho de 2024 - 11:42

Companhia informou à CVM que seus controladores, Petrobras e Novonor, negam as negociações

UM NOVO PEDIDO

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta bilionária por desastre em Mariana — mas ainda é menos do que o governo exige

12 de junho de 2024 - 10:39

Junto com a BHP Brasil e a Samarco, as mineradoras se propuseram a pagar R$ 140 bilhões pela tragédia na barragem

MAIS UMA FATIA

Do papel ao pano, Suzano (SUZB3) entra no ramo têxtil e compra 15% de fabricante de fibras por cerca de R$ 1,3 bilhão

12 de junho de 2024 - 8:54

Além da aquisição, o acordo com acionistas da B&C inclui o direito da Suzano a duas cadeiras no conselho de administração da Lenzing

ENTREVISTA EXCLUSIVA

Diversidade de gênero: presidente da ABVCAP anuncia iniciativa para impulsionar mulheres em carreiras de investimentos

11 de junho de 2024 - 19:45

Em entrevista ao Seu Dinheiro, Priscila Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Private Equity e Venture Capital contou detalhes do projeto de incentivo a mulheres

CONFIRA OS CENÁRIOS

Rede D’Or (RDOR3) quer recomprar até R$ 1 bilhão em ações e deve usar reserva de lucros para isso; como ficam os acionistas?

11 de junho de 2024 - 18:38

A empresa poderá adquirir até 30 milhões de ações ordinárias, soma que corresponde a 10% do total em circulação no pregão de ontem

APÓS FUSÃO FRUSTRADA

Santander corta o preço-alvo da PetroReconcavo (RECV3), mas mantém recomendação de compra e ações saltam 4% na bolsa

11 de junho de 2024 - 15:25

Para o segundo semestre, a expectativa é de que a PetroReconcavo pise no acelerador, para uma média de 27 mil boed até o fim de 2024 e de 31 mil boed em 2025

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar