2022-02-10T12:33:08-03:00
INQUILINOS X PROPRIETÁRIOS

A inflação do aluguel é bem menor do que você pensa, de acordo com um novo índice da FGV

Segundo o novo índice da instituição, o Ivar, quem mora de aluguel em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belo Horizonte viu os preços subirem 1,23% nos últimos doze meses, bem abaixo do IGP-M

10 de fevereiro de 2022
12:33
Imagem: Shutterstock

Quem mora de aluguel certamente está assustado com a disparada do IGP-M, índice de referência para o reajuste dos contratos.

Mas, segundo um novo indicador criado pela Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV) para calcular a variação nacional dos preços, a alta das prestações foi bem menor.

Os aluguéis residenciais ficaram 1,23% mais caros nos 12 meses terminados em janeiro, de acordo com o Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (Ivar). Trata-se de um aumento bem menor que o do IGP-M, que subiu 16,91% no período, e também da alta de 10,38% do IPCA.

Em 2021, o Ivar fechou com queda de 0,61%, depois de ter subido 4,08% em 2020. 

No acumulado em 12 meses até janeiro, os aluguéis ficaram mais caros nas quatro capitais pesquisadas pelo novo índice da FGV.

A taxa subiu 0,40% em São Paulo. No Rio de Janeiro, teve alta de 1,85%. Em Porto Alegre, saltou 0,84%. Em Belo Horizonte, avançou 3,69%.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Altas em janeiro

Em janeiro, a taxa acelerou em relação a dezembro e avançou 1,86% em janeiro, também com salto nas capitais apuradas.

Em São Paulo, o aluguel residencial subiu de 0,48% em dezembro para um salto de 2,45% em janeiro. 

Enquanto isso, no Rio, o índice passou de alta de 1,03% em dezembro para expansão de 1,30% em janeiro; em Belo Horizonte, passou de 1,17% para 2,08%; e, em Porto Alegre, de 0,43% para 1,06%.

O Ivar

A FGV decidiu lançar o Ivar no mês passado para medir a evolução mensal dos valores de aluguéis residenciais do mercado de imóveis no Brasil.

O novo índice conta com informações dos contratos assinados entre locadores e locatários com a intermediação de empresas administradoras de imóveis.

Antes, a instituição reunia suas informações através de anúncios de imóveis residenciais para locação, e não os valores reais negociados, como faz agora.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: Entre 65 e 380 eu compro

7 de julho de 2022

“O que vai acontecer com X?”. É uma pergunta errada e perigosa, que nem sequer deve ser formulada em decisões de investimento; entenda

OS SOBREVIVENTES

Putin vê mais um primeiro-ministro britânico cair, mas ainda precisa comer muita farinha antes de alcançar a rainha Elizabeth II

7 de julho de 2022

Boris Johnson é o quinto primeiro-ministro a cair com Putin na presidência da Rússia, mas a monarca britânica já viu muito mais que isso

FINO EQUILÍBRIO

Bitcoin (BTC) tenta começar o segundo semestre com o pé direito e criptomoedas acumulam altas na semana; confira oportunidades

7 de julho de 2022

Na semana, a maior criptomoeda do planeta acumula avanço de mais de 8%, mas investidores continuam à espera de um milagre

REESTRUTURAÇÃO

TIM anuncia plano de transformação: confira se as mudanças vão atingir os negócios da TIM Brasil (TIMS3)

7 de julho de 2022

A reestruturação tem o objetivo de reduzir a dívida da operadora na Itália; as operações no Brasil não serão afetadas, de acordo com a TIM

RECONECTANDO

Após três semanas fora do ar, Binance volta a negociar criptomoedas em reais; problemas com BC serão resolvidos com nova parceira?

7 de julho de 2022

Em nota enviada à reportagem, a exchange afirma que “atua em total acordo com o cenário regulatório do Brasil”