A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-12T10:33:11-03:00
Camille Lima
PIRIRIM, PIRIRIM, PIRIRIM

Em pleno “inverno cripto”, mineradores de bitcoin paralisam atividades no Texas em meio a onda de calor

Empresas de mineração acreditam que as elevadas temperaturas podem levar a rede de energia do estado perto de um ponto de ruptura

12 de julho de 2022
10:33
criptomoedas, bitcoin, fogo, chamas, calor
Imagem: Flickr/Jernej Furman

O calor realmente está “de matar” nos Estados Unidos, especialmente para os mineradores de bitcoin (BTC) — e não, não é uma música do Bola de Fogo. O mercado de criptomoedas pode até estar enfrentando um longo “inverno cripto”, mas nem mesmo o período de quedas prolongadas é o suficiente para refrescar a onda de calor que chegou ao Texas em julho. 

Com diversos locais do estado registrando temperaturas superiores a 37º, a situação foi tão crítica que os mineradores em escala industrial decidiram desligar as máquinas e paralisar as atividades.

Paralisação dos mineradores de criptomoedas 

De acordo com os mineradores, a onda de calor pode levar a rede de energia do estado perto de um ponto de ruptura, uma vez que a rede elétrica “não seria capaz de atender à demanda”.

O próprio Conselho de Confiabilidade Elétrica do Texas (ERCOT) pediu às empresas e moradores do Texas que conservassem eletricidade, para economizar energia para a rede.

Com maior uso de ar condicionado devido ao calor extremo, a ERCOT acredita que a demanda pode superar a oferta que o estado tem disponível.

As projeções do conselho indicam que a demanda pode chegar ao recorde de 79.615 megawatts (MW). 

A ERCOT ainda informou que a produção de energia eólica estava “gerando significativamente menos do que historicamente gerou neste período”.

Veja também: O BITCOIN (BTC) NÃO MORREU I O inverno CRIPTO acabou? I 5 CRIPTOMOEDAS para o segundo semestre

Um alívio à rede elétrica do Texas

Para evitar que a rede elétrica do Texas seja sobrecarregada, os mineradores de criptomoedas reduziram ou até mesmo encerraram temporariamente as atividades.

“Existem mais de 1.000 megawatts de carga de mineração de bitcoin que responderam ao pedido de conservação da ERCOT e desligaram as máquinas para economizar energia para a rede", informou o presidente da Texas Blockchain Association, Lee Bratcher, à Bloomberg.

Segundo Bratcher, o volume representa quase toda a carga de mineração de bitcoin em escala industrial no Texas. 

Com a paralisação das atividades, aproximadamente 1% da capacidade total da rede elétrica do estado deve ser empurrada de volta para a rede para uso comercial e de varejo.

As mineradoras de criptomoedas que desligaram as máquinas

Uma das empresas que “congelou” os trabalhos foi a mineradora de bitcoin Core Scientific, que anunciou na segunda-feira, através do Twitter, o desligamento de todos os servidores localizados no estado até segunda ordem “para fornecer alívio” às famílias do Texas.

A Riot Blockchain também atendeu aos pedidos da ERCOT. De acordo com um porta-voz da companhia, a unidade da empresa em Rockdale reduziu o uso de energia a partir de junho, com uma redução de 8.648 MWh no consumo. 

A Argo Blockchain afirmou que leva a sério os alertas do conselho e que reduziu as operações de mineração no estado.

“Em tempos de alta demanda de energia, acreditamos que as pessoas devem ter prioridade sobre a mineração de criptomoedas”, disse o CEO da Argo Blockchain, Peter Wall, ao Cointelegraph.

As crônicas de gelo e fogo

A paralisação que as empresas de mineração de criptomoedas estão enfrentando devido às temperaturas no Texas é semelhante à situação vista ao fim de 2021.

A questão é que, ao contrário do caos atual, as dificuldades foram causadas pelas baixíssimas temperaturas durante o inverno, que quase causaram o desligamento de toda a rede elétrica do estado e resultou em diversas regiões sem energia por dias.

A própria Riot teve que encerrar aproximadamente 99% das operações antes de uma possível tempestade de inverno em fevereiro, que demandaria cerca de 50.000 megawatts de eletricidade.

*Com informações de Cointelegraph

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) sente pressão do Fed e recua na semana, enquanto ethereum (ETH) sustenta alta impulsionada pela “The Merge”; entenda

18 de agosto de 2022 - 20:25

O ethereum (ETH) vence a letargia do mercado hoje ainda impulsionado pela The Merge, atualização que, segundo analista, foi enfim “descoberta” pelo mercado

ELEIÇÕES 2022

Bolsonaro aparece no retrovisor de Lula, mas petista ainda pode levar no primeiro turno, segundo Datafolha

18 de agosto de 2022 - 20:00

Essa é a primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início oficial da campanha presidencial, que começou há dois dias

REBATEU FAKE NEWS

“Estou meio acostumada a tomar paulada”: Luiza Trajano fala sobre política, empreendedorismo e os desafios do Magalu (MGLU3)

18 de agosto de 2022 - 19:13

A empresária rebateu alguns dos principais boatos que envolvem o seu nome e comentou as perspectivas do varejo no TAG Summit 2022

MAIS UM PASSO

Unindo os jalecos: acionistas do Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) aprovam a fusão entre as companhias

18 de agosto de 2022 - 19:12

Os acionistas de Fleury (FLRY3) e Hermes Pardini (PARD3) deram aval para a junção dos negócios das companhias; veja os detalhes

o melhor do seu dinheiro

Ibovespa faz o dever de casa, o futuro das petroleiras e quem vai ficar com Congonhas; confira os destaques do dia

18 de agosto de 2022 - 18:40

Passado o grande evento da semana — a divulgação de ontem (17) da ata da última reunião do Federal Reserve — os investidores tiveram pouco com o que trabalhar nesta quinta-feira (18), levando as bolsas globais a mais um dia de muita volatilidade.  A cautela inicial em Nova York e a subida dos juros futuros […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies