🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-02-18T20:28:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DIAS DIFÍCEIS

Tensão russa e ata do Fed enterram bitcoin (BTC); criptomoeda recua mais de 6% nos últimos sete dias

Além da tensão russa, as criptomoedas também esbarram na tendência de alta nos juros, que deixa osos títulos do Tesouro americano mais atrativos

18 de fevereiro de 2022
20:25 - atualizado às 20:28
Luta do bitcoin (BTC) pela alta ou pela baixa do mercado de criptomoedas: quem vencerá?
Imagem: Shutterstock

A situação invade-não-invade entre Rússia e Ucrânia cobrou um preço alto dos ativos de risco nesta semana. O bitcoin (BTC) e outras criptomoedas não foram exceção e registram quedas bruscas nos últimos sete dias.

Por volta das 20h25, da principal cripto do mercado recuava 1,71%, a US$ 39.886,48. Na semana o tombo é de mais de 6%.

Veja abaixo o desempenho das cinco maiores moedas digitais:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 39.886,48-1,71%-6,19%
Ethereum (ETH)US$ 2.769,71-3,90%-5,23%
Tether (USDT)US$ 1,00+0,01%-0,02%
BNB (BNB)US$ 396,80-1,64%-0,23%
USD Coin (USDC)US$ 0,9998+0,04%-0,05%

Bitcoin na zona de guerra

A batalha entre touros e ursos continua nas métricas internas da rede (blockchain) da maior criptomoeda do mundo. Mesmo com a taxa de mineração nas alturas, houve uma “macronização” dos investimentos de uma forma geral. 

Isso significa que os ativos passaram a acompanhar os movimentos macroeconômicos ao invés de acompanharem seus fundamentos. Em especial, o Banco Central americano, o Federal Reserve, é o grande chefão dessa história.

Pressão das instituições

Com a tendência de alta nos juros, os investimentos mais seguros do mundo — os títulos do Tesouro americano — passaram a ficar mais atrativos, o que retira recursos de ativos de risco, como ações e criptomoedas

Dessa forma, os ativos digitais devem seguir a tendência de acompanhar as bolsas americanas até a próxima reunião do Fed em março. 

"A quinta-feira, em especial, trouxe uma correção forte e, neste momento, o BTC está brigando com a zona de 40k para decidir se vamos voltar a ver níveis na casa dos 30 mil ou se teremos uma reversão aqui. Apesar disso, não tivemos grandes motivos intrínsecos do mercado para a correção", comenta o analista de criptomoedas da Empiricus, Vinícius Bazan.

Ele destaca ainda que a mineração do BTC conseguiu se reorganizar e voltar a bater recordes depois do banimento da China, no ano passado, o que mostra, mais uma vez, a solidez do mercado.

Veja o que foi destaque entre as criptos nessa semana.

O que esperar da semana que vem?

O presidente americano Joe Biden deve publicar o relatório da Casa Branca sobre criptomoedas na semana que vem, de acordo com informações do Yahoo Finance. 

O texto deve ser abrangente na questão da regulamentação de ativos digitais. Segundo fontes oficiais, serão publicadas diretrizes sobre moedas digitais de bancos centrais (CDBCs, em inglês) e outros artigos criptográficos

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies