🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-02-11T20:26:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
XADREZ CRIPTO-POLÍTICO

A coisa está “russa” para o bitcoin! Iminência de invasão na Ucrânia respinga na criptomoeda, mas BTC segura alta semanal

11 de fevereiro de 2022
20:26
bitcoin com peças de xadrez e gráfico ao fundo
Bitcoin - Imagem: Shutterstock

Apesar de seu descolamento com os mercados tradicionais, o bitcoin (BTC) não conseguiu driblar o vilão financeiro desta sexta-feira (11). A notícia de que os Estados Unidos já trabalham com a certeza de que Vladimir Putin, presidente da Rússia, decidiu invadir a Ucrânia jogou um balde de água fria nas cotações dos ativos de risco em geral.

Por volta das 20h25, a principal criptomoeda do mercado, recua 3,25%, a US$ 42.283,34. Apesar da queda brusca hoje, o bitcoin ainda registra alta de 4% nos últimos sete dias. Veja abaixo o desempenho das cinco maiores moedas digitais:

CriptomoedaPreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 42.283,34-3,52%+4,09%
Ethereum (ETH)US$ 2.912,62-6,15%-1,34%
Tether (USDT)US$ 1,000,00%+0,02%
BNB (BNB)US$ 397,46-5,01%+0,28%
USD Coin (USDC)US$ 0,9993-0,08%-0,11%

Hoje, o governo americano admitiu que Putin já decidiu invadir a Ucrânia, e que sanções estão prontas para ser tomadas. Isso sem falar no provável conflito armado que pode envolver outros países europeus signatários do Tratado do Atlântico Norte (Otan). 

Se a Rússia cumprir as ameaças e invadir a Ucrânia, a Europa poderia ver a intensificação de sua crise energética, e o resto do mundo sentiria o impacto da interrupção de fornecimento de gás, petróleo e grãos – componentes capazes de piorar a pressão inflacionária herdada da crise do coronavírus

O que esperar da próxima semana?

Ainda esta semana era esperado que o bitcoin ultrapassasse os US$ 46 mil, o que não aconteceu, apesar da alta até os US$ 45.500. Entretanto, a manutenção do patamar de US$ 40 mil é considerada positiva para os analistas.

O momento é de cautela para a consolidação de preço do bitcoin. Enquanto diversas propostas transitam no Congresso americano para regular criptomoedas, a perspectiva de alta de juros do Federal Reserve permanece como um empecilho do mercado. 

Os juros do título do Tesouro americano atingiram as máximas desde 2019 nesta semana, o que retira recursos de ativos de risco como ações e criptomoedas. Agora, os próximos passos do Fed devem ser acompanhados pelos investidores de perto. 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

FRUTOS DO CASAMENTO

Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) apresentam relação de troca final de ações; veja quanto os acionistas receberão

Mais cedo, a Superintendência-Geral do Cade aprovou, sem restrições, a venda de parte da frota da Unidas para o Grupo Brookfield, dono da locadora Ouro Verde

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) faz malabarismo para enfrentar volatilidade e seguir acima de US$ 20 mil; confira cotações

O cenário macroeconômico pesou no universo cripto e se juntou à falta de liquidez, exercendo importante fonte de pressão

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O SOL HÁ DE BRILHAR MAIS UMA VEZ

Cemig (CMIG4) amplia presença em energia solar em negócio milionário; confira os detalhes do negócio

A transação envolve três usinas fotovoltaicas e reforça a estratégia da companhia de crescimento sustentável no mercado de geração distribuída

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa abaixo dos 100 mil novamente, presidente da Caixa pede demissão e o salvador do mundo cripto; confira os destaques do dia

As últimas semanas parecem ter inaugurado um novo modus operandi no mercado financeiro: não há boa notícia ao amanhecer que perdure até o anoitecer.  Alta de commodities, alívio no cenário fiscal, retomada econômica chinesa. Pode escolher a sua arma, nada parece forte o suficiente para enfrentar o temor de uma recessão global e de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies