O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-25T20:19:51-03:00
Carolina Gama
NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) supera a China e retoma o patamar de US$ 40 mil; veja a performance das principais criptomoedas

O avanço da covid-19 na China começa a alimentar preocupações sobre uma desaceleração econômica mais forte, pesando até sobre as commodities

25 de abril de 2022
20:19
bitcoin
Bitcoin - Imagem: pixabay

O bitcoin (BTC) conseguiu superar os dados macroeconômicos da China, que pioraram o sentimento das bolsas pela manhã. A maior criptomoeda do mundo opera em alta nesta noite de segunda-feira (25), sendo seguida por outros ativos digitais. 

Mais cedo, o bitcoin chegou a perder o patamar de US$ 40 mil, levando alguns analistas a ventilar a possibilidade de que o BTC chegasse nos US$ 33 mil. 

Embora essa realidade não tenha se confirmado, vale ficar de olho nos efeitos da próxima reunião do Federal Reserve, na semana que vem, que pode piorar o cenário para o mercado de ativos digitais. 

Por volta de 20h20, o bitcoin subia 1,36%, cotado a US$ 40.255,12. Confira a variação das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 40.255,12+1,36%-1,22%
Ethereum (ETH)US$ 3.010,66+2,27%-0,94%
Tether (USDT)US$ 1,00-0,01%-0,00%
BNB (BNB)US$ 403,75+0,71%-3,15%
USD Coin (USDC)US$ 1,00+0,02%+0,04%
Fonte: CoinMarkeCap

Bitcoin e medos de todos os lados

O avanço da covid-19 na China não era um problema até então. A política de tolerância zero contra a doença colocou diversas cidades em lockdown e conseguiu segurar o avanço de casos no país.

Entretanto, houve uma explosão de casos nos últimos dias que fizeram grandes centros urbanos — como Xangai, com mais de 26 milhões de habitantes — fecharem as portas. Isso se refletiu em um desempenho mais contido de índices macroeconômicos chineses, como vendas no varejo e investimentos no país.

Esse cenário ligou a luz amarela dos analistas, que especulam que a segunda maior economia do mundo possa entrar em recessão.

Dessa maneira, a faixa de cobrança por lá sairá dos atuais 0,25% a 0,50% ao ano para 0,75% a 1,00%. Isso aumenta o retorno dos Treasuries, os títulos do Tesouro norte-americano, tidos como os investimentos mais seguros do mundo.

E o bitcoin com isso?

A migração do investidor para ativos de menor risco deve causar um choque nas ações e criptomoedas. Mesmo que alguma precificação já tenha atingido esses ativos, novas quedas podem vir, em especial para o mercado volátil das moedas digitais.

Destaques do dia: Dogecoin (DOGE) em alta

O dogecoin (DOGE) apareceu como um dos destaques do dia, com um salto de mais de 16% na noite desta segunda-feira. O responsável por trás disso é o CEO da Tesla, Elon Musk.

O presidente da empresa de carros elétricos não voltou a usar sua conta no Twitter para falar de criptomoedas, mas a alta tem a ver com a rede social.

Desde que Musk anunciou que pretendia comprar o Twitter e se tornou acionista da empresa, começaram a correr boatos de que o Dogecoin seria adotado para pagamentos dentro da plataforma.

Hoje, o bilionário finalmente conseguiu ter sua proposta de cerca de US$ 44 bilhões aceita pelo conselho do Twitter.

Criptomoeda disparada — mas cuidado!

Isso fez o preço da moeda-meme disparar 16,60% em pouco menos de 24h, depois de uma alta de 5% no início da manhã. No entanto, o DOGE ainda vale menos de um dólar, a US$ 0,154.

Contudo, vale ressaltar que o mercado de criptomoedas é altamente volátil e o investimento em moedas-meme, que nascem como uma piada e não tem projetos por trás, é considerado “loteria” pelos analistas desse mercado.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies