2022-06-21T20:24:17-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
NOITE CRIPTO

Fome de cripto? Nova York ajuda a trazer de volta apetite por risco e bitcoin (BTC) opera em alta; confira cotações

Os investidores engoliram a seco as perdas da última semana, de acordo com dados do Glassnode. No período, o mercado realizou perdas na casa de US$ 7 bilhões

21 de junho de 2022
20:24
Aniversário do bitcoin (BTC)
Imagem: Shutterstock

A retomada das negociações em Nova York, que esteve suspensa na segunda-feira (20) por conta de um feriado, trouxe de volta o apetite dos investidores por ativos mais arriscados, entre eles ações e criptomoedas. E essa fome ajuda o bitcoin (BTC) a entrar na noite desta terça-feira (21) em alta.

Os investidores engoliram a seco as perdas da última semana, de acordo com dados publicados pelo Glassnode. No somatório do período, o mercado realizou perdas na casa de US$ 7 bilhões. Em outras palavras: quem tinha criptomoedas, vendeu mesmo perdendo dinheiro.

Por volta de 20h20, o bitcoin subia 1,78%, cotado a US$ 20.868,48. Confira a cotação de algumas das principais criptomoedas do mundo:

NomePreço24h %7d %
Bitcoin (BTC)US$ 20.868,48+1,78%-3,56%
Ethereum (ETH)US$ 1.135,55+2,67%-3,54%
Tether (USDT)US$ 0,9991+0,01%+0,01%
USD Coin (USDC)US$ 1,00-0,01%-0,03%
BNB (BNB)US$ 221,65+2,73%+1,68%
Fonte: coinmarketcap.com

Bitcoin e o pessimismo com o futuro

Do total das perdas da última semana, os investidores de longo prazo (long term holders ou LTH) contribuíram com cerca de 178 mil bitcoins.

Os movimentos dos LTH são acompanhados de perto pelo mercado. Quando essa classe de investidores — que não movimentam criptomoedas há mais de um ano — começa a capitular (vender), é sinal de que o mercado está realmente pessimista com o futuro. 

Mas existe uma outra métrica que aponta para o oposto disso. Os mineradores de criptomoedas, responsáveis pela saúde e segurança da rede, iniciaram um movimento de acumulação de moedas — o que pode criar um “colchão” para o bitcoin e impedir quedas maiores no curto e médio prazo. 

BTC em terreno sobrevendido

Os dados internos da rede (blockchain) do bitcoin não são claros sobre a existência de um novo suporte nos US$ 20 mil — ainda que este seja um desejo dos investidores.

Entretanto, o bitcoin segue em terreno sobrevendido, de acordo com o índice de força relativa (RSI, em inglês) da criptomoeda. Isso significa que a possibilidade das cotações reverterem a tendência de queda é alta.

Vale destacar que o mercado é altamente volátil e segue as tendências macroeconômicas. Portanto, se o cenário não se alterar, a possibilidade de reversão das perdas fica ainda mais distante.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOVO MODELO DE NEGÓCIOS

Varejo adota ‘loja-contêiner’ para fugir dos custos de shoppings e aluguéis; conheça o que são os estabelecimentos modulares

A estreante no formato é a Chilli Beans, de óculos de sol. “Acho que não teria uma Eco Chilli se não houvesse pandemia”, afirma o CEO, Caito Maia

NÃO MEXE NO MEU QUEIJO

Membros do mercado financeiro defendem Lei das Estatais em documento enviado ao ao Congresso; revogação seria ‘retrocesso’

O texto também cita o relatório de 2020 em que a OCDE afirma que a Lei das Estatais deixou os conselhos de empresas públicas mais independentes de interferências

NESTA SEGUNDA-FEIRA

Governador de São Paulo fará coletiva nesta segunda-feira após Bolsonaro aprovar isenção do ICMS sem garantia de compensação aos estados

O presidente da República vetou o fundo de ajuda aos estados após sancionar o teto do imposto estadual

SEU DOMINGO EM CRIPTO

‘Compre na baixa’ anima e bitcoin (BTC) busca os US$ 22 mil; criptomoedas aguardam semana de olho no Fed

Entre os destaques da próxima semana estão o avanço dos juros nos Estados Unidos e um possível default da Rússia

DE OLHO NO FUTURO

Goldman Sachs quer entrar no mundo da ‘renda fixa’ em criptomoedas e lidera grupo para comprar a Celsius por US$ 2 bilhões

O staking vem crescendo nos últimos meses e é motivo de certa preocupação após o caso da Celsius — e o banco de Wall Street quer um pedaço dele

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies