O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-02T20:23:46-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro

Bitcoin (BTC) opera em alta à espreita do Fed; veja como as principais criptomoedas começaram o mês de maio

O banco central norte-americano deve anunciar na quarta-feira (04) mais um aumento da taxa de juros — uma decisão com potencial para afetar o comportamento de ativos digitais

2 de maio de 2022
20:21 - atualizado às 20:23
FA028 CAPA
Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas estão sendo usadas como proteção e isso pode ser bastante positivo para o futuro do mercado. (Imagem: Unsplash) -

O bitcoin (BTC) opera em alta nesta noite de segunda-feira (02), acompanhado de algumas das principais criptomoedas do mundo. 

Embora esteja iniciando o mês e a semana em tom mais positivo, o BTC tem um desafio importante pela frente: a decisão do Federal Reserve (Fed). 

A expectativa é de que o banco central norte-americano anuncie na quarta-feira (04) mais um aumento da taxa de juros, que atualmente está na faixa entre 0,25% e 0,50% ao ano. 

Muitos agentes do mercado trabalham com um aumento mais agressivo neste encontro, de 0,50 ponto percentual, o que pode pressionar bolsas e demais ativos de risco — entre eles, as criptomoedas.

Por volta de 20h20, o bitcoin (BTC) operava com alta de 0,66%, cotado a US$ 38.38.643,58. Confira a performance de algumas das principais criptomoedas nesta noite:

NomePreço24h %7d%
Bitcoin (BTC)US$ 38.643,58+0,66%+4,36%
Ethereum (ETH)US$ 2.869,72+1,88%+4,78%
Tether (USDT)US$ 0,9999-0,02%-0,02%
BNB (BNB)US$ 390,42+0,13%+3,59%
USD Coin (USDC)US$ 1,00-0,02%-0,02%
Fonte: coinmarketcap

Dores do crescimento?

Assim como todo adolescente, o bitcoin começa a assumir certas responsabilidades e protagonismo. O avanço regulatório sobre as criptomoedas é um desses aspectos que devem fazer o mercado de criptomoedas amadurecer.

Mas a alta dos juros e a redução do balanço patrimonial do Fed, que deve fechar a torneira de dinheiro para a economia americana, são os grandes eventos que influenciam com o bitcoin.

Equilíbrio de poderes

Nesse sentido, pode-se estabelecer uma nova ordem entre o mercado tradicional e o universo das criptomoedas. Vale lembrar que a crise de 2008 — com uma gigantesca interferência dos BCs na economia — foi a fagulha que deu origem às moedas digitais. 

Em outras palavras, os investidores podem optar por moedas que não estejam relacionadas a autoridades e governos. Do contrário, o dinheiro dos Bancos Centrais pode ganhar ainda mais força em um cenário de incerteza pela frente, como os desdobramentos da guerra na Ucrânia e o avanço da covid-19 na China.

O que eu faço com meu bitcoin?

Dificilmente a maior criptomoeda do mundo terá seu valor reduzido a zero. O mercado como um todo vale cerca de US$ 1,73 trilhão, dos quais mais da metade desse total é apenas bitcoin.

Entretanto, as oscilações de preço — tanto para cima quanto para baixo — devem continuar acompanhando o BTC por um longo período. Os especialistas recomendam não se desfazer de suas posições em cripto nos momentos de crise e evitar seguir o “efeito manada”.

É preciso lembrar que o mercado é volátil e qualquer alteração de cenário pode fazer a maré virar. Por isso, é recomendado apenas uma pequena parcela dos seus investimentos em criptomoedas.

Papo Cripto #17 — Bitcoin (BTC) deve disparar em 2022

Confira também o último Papo Cripto, que traz uma conversa com João Canhada, CEO da Foxbit.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Reino Unido ameaça revisão em termos do Brexit e alimenta temores de guerra comercial; fique por dentro da visita de Boris Johnson à Irlanda do Norte

Divergências entre diferentes unionistas e nacionalistas na Irlanda do Norte pode acabar afetando relação entre Reino Unido e União Europeia

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa na contramão de NY, Gol troca comandante e Tesla em apuros; confira os destaques do dia

Mesmo com o dia ruim em NY, o Ibovespa conseguiu ter um dia de ganhos

BALANÇO

De mudança para os EUA, Inter (BIDI11) lucra R$ 27,5 milhões no primeiro trimestre; confira os destaques do banco digital

O Inter também ultrapassou a marca dos 18 milhões de clientes entre janeiro e março, alta de 82% na comparação com o mesmo período de 2021

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa contraria Nova York e sobe mais de 1%, de olho em fraqueza chinesa e futuro da Selic

O futuro da taxa de juros esteve em pauta no Ibovespa, em Wall Street e na China, onde a desaceleração da economia preocupa

Balanço

Nubank (NUBR33) registra prejuízo menor do que o esperado no 1T22, mas inadimplência dispara. Veja os destaques do balanço

Índice de inadimplência acima de 90 dias do Nubank aumentou 0,7 ponto percentual na passagem do 4T21 para o 1T22

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies