O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-29T14:33:40-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
SEU DIA EM CRIPTO

À espera de um Fed: Bitcoin (BTC) inverte tendência de queda, mas deve fechar semana abaixo dos US$ 39 mil antes da alta de juros nos EUA

O aperto monetário é um dos grandes fatores que limitam o otimismo das criptomoedas nesta semana; saiba o que esperar

29 de abril de 2022
11:57 - atualizado às 14:33
Bitcoin (BTC) sente dois dos três maiores medos do ano se concretizarem
Bitcoin (BTC) sente dois dos três maiores medos do ano se concretizarem. Imagem: Shutterstock

A última semana de abril caminha para um fim no vermelho para as criptomoedas. Entre as dez maiores expoentes desse mercado, as perdas variam de 2% até mais de 10% nos últimos sete dias — e os investidores entram no próximo mês à espera de um milagre para o bitcoin (BTC).

Isso porque na semana que vem acontece a reunião de maio do Federal Reserve, o maior Banco Central do mundo, em que a autoridade monetária decidirá sobre a política de juros norte-americana.

Juros americanos e o mercado de criptomoedas

A alta contratada é de 50 pontos base, elevando a faixa de juros para o patamar entre 0,75% e 1,00% ao ano. O reflexo disso é o aumento do retorno dos Treasuries, os títulos do Tesouro dos EUA.

Nesta sexta-feira (29), a taxa de referência do T-bond de dez anos, o título de renda fixa mais procurado do mundo, bateu os 2,879% na máxima do dia, o que é considerado muito para esse tipo de investimento. Os ativos de maior risco — entre eles, ações e criptomoedas — devem sofrer com a saída de recursos.

Confira como operam as principais criptomoedas do mundo hoje

#NamePrice24h %7d %
1Bitcoin (BTC)US$ 39.123,270,35%-2,91%
2Ethereum (ETH)US$ 2.871,290,29%-3,94%
3Tether (USDT)US$ 1,000,00%-0,01%
4BNB (BNB)US$ 398,430,14%-2,89%
5USD Coin (USDC)US$ 1,000,02%0,02%
6Solana (SOL)US$ 96,49-0,21%-4,56%
7XRP (XRP)US$ 0,624-1,92%-13,67%
8Terra (LUNA)US$ 86,74-2,46%-8,80%
9Cardano (ADA)US$ 8197-1,03%-9,92%
10Dogecoin (DOGE)US$ 0,13982,40%2,53%
Fonte: Coin Market Cap

Confira também o desempenho dos fundos de índice (ETFs) de criptomoedas da B3:

TickerGestoraPreçoVariação (24h%)Variação (7d%)Variação (30d%)
HASH11HashdexR$ 34,76-1,81%-1,95%-12,33%
ETHE11HashdexR$ 41,82-2,47%-2,68%-13,95%
BITH11HashdexR$ 45,85-1,40%-0,11%-12,47%
DEFI11HashdexR$ 36,59-5,01%-8,98%-22,97%
WEB311HashdexR$ 38,60-3,72%-7,39%-22,80%
QBTC11QR CapitalR$ 12,14-2,33%-2,02%-11,71%
QETH11QR CapitalR$ 10,27-2,56%-3,30%-13,99%
QDFI11QR CapitalR$ 6,53-3,69%-9,93%-26,21%
NFTS11InvestoR$ 68,451,41%-2,02%-40,40%
Fonte: Google Finance

Bitcoin contra Federal Reserve

O início do aperto monetário dos EUA era previsto pelos investidores no início de 2022. Mas a inflação acelerada dos últimos meses injetou ainda mais cautela no mercado de ativos digitais nas últimas semanas.

Jerome Powell, presidente do Fed, entende que a economia norte-americana é robusta o bastante para aguentar os juros mais altos. Somado a isso, a autoridade monetária pode estar “atrás da curva” da inflação, o que exige medidas mais drásticas contra a alta dos preços. 

Em outras palavras, isso significa que a alta de 50 pontos-base não deve encerrar o ciclo de elevação nos juros americanos. Algumas casas dão conta de uma alta de até 3% no final de 2022.

Fechando a torneira do dinheiro

Os estímulos à economia por parte do  BC americano também devem acabar antes do esperado. Essa “torneira” de dinheiro nos EUA fez com que bolsas e criptomoedas tivessem um bom desempenho entre 2020 e 2021 e a retirada de todos esses recursos deve ser outro fator para ampliar a queda do mercado.

De acordo com a última ata da reunião do Fomc, o Copom americano, o Fed irá reduzir em seu balanço patrimonial e se “livrar” dos US$ 4,6 trilhões em Treasuries e títulos lastreados em hipotecas acumulados desde março de 2020.

Papo Cripto #17 — Bitcoin (BTC) deve disparar em 2022

Não deixe de conferir o último Papo Cripto, em que eu converso com João Canhada, CEO da Foxbit.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

'PERGUNTA PRO SACHSIDA'

Bolsonaro se pronuncia sobre ‘fritura’ e possível substituição do presidente da Petrobras (PETR4)

Bolsonaro voltou a dizer que “ninguém vai tabelar preço de combustível”, mas afirmou que a “finalidade social” da Petrobras não está sendo cumprida

BAIXOU A PREVISÃO

Magazine Luiza (MGLU3) rebaixado: JP Morgan corta previsão para ações antes do balanço de amanhã, mas projeção ainda é de alta de quase 50%; entenda motivos

O cenário de alta dos juros deve pressionar o varejo, mas o JP Morgan entende que a empresa está bem posicionada no setor

ESFRIOU

Ano deve ter queda de fusões e aquisições, mas 2022 conta com negócios de grante porte até o momento; relembre algumas delas

Entre os fatores que causaram essa freada, estão a guerra entre Rússia e Ucrânia e a expectativa de desaceleração na China, após lockdowns para conterdos casos de covid

SEU DIA EM CRIPTO

Terra (LUNA) não acompanha recuperação do bitcoin (BTC) neste domingo; criptomoedas tentam começar semana com pé direito

Mesmo com a retomada de hoje, as criptomoedas acumulam perdas de mais de dois dígitos nos últimos sete dias

A COISA VAI ESQUENTAR

Novo capítulo da guerra? Vizinhos da Rússia, Finlândia e Suécia devem se juntar à Otan e tensão na região aumenta

Vladimir Putin, presidente russo, já havia dito que a entrada dos países na Organização exigiria retaliações

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies