⚠️ DIVIDENDOS EM RISCO? Lula, Bolsonaro, Ciro e Tebet querem taxar seus proventos e podem atacar sua renda extra em 2023. Saiba mais aqui

2022-09-21T17:09:49-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Nova York volta a recuar, digerindo discurso de Powell; Magazine Luiza (MGLU3) dispara

21 de setembro de 2022
9:04 - atualizado às 17:09

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais operam sem direção definida nesta quarta-feira (21). Os investidores aguardam a decisão sobre a taxa básica de juros americana pelo Federal Reserve (Fed) e a coletiva do presidente da autoridade monetária, Jerome Powell. No cenário doméstico, o Comitê de Política Monetária (Copom) também divulga a decisão sobre a Selic, após o fechamento de mercado.

Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais mercados hoje, além das principais notícias do dia.

O dólar à vista encerrou o dia em alta de 0,40%, a R$ 5,1704.

Apesar da reação inicial positiva, Nova York voltou a operar em queda. Os investidores ainda repercutem as revisões mais pessimistas para a economia americana

Sem sinalizações sobre uma aceleração no ritmo de aumento dos juros, as bolsas em Nova York passaram a operar em leve alta. O Ibovespa acompanha a recuperação.

JEROME POWELL AO VIVO

De acordo com o presidente do Fed, a taxa de juros deve se elevar a um patamar “suficientemente restritivo” para conter a inflação

O mercado espera agora a coletiva do presidente do banco central, Jerome Powell. Você pode acompanhar a entrevista no player abaixo:

Conforme esperado pelo mercado, o Federal Reserve acaba de anunciar uma alta de 0,75 ponto percentual em sua taxa básica de juros. O comunicado reforçou que novas elevações são esperadas.

Ainda citando os aspectos preocupantes da inflação, a decisão não agradou os investidores. As bolsas em Nova York viraram para o campo negativo, enquanto o Ibovespa acelerou o ritmo de queda.

As bolsas globais passaram a operar voláteis nos minutos que antecedem a divulgação da decisão de política monetária do Federal Reserve.

A expectativa pela decisão do Fed de logo mais segue falando mais alto nesta quarta-feira. Apesar do sentimento ser de cautela, a bolsa americana opera em alta, revertendo parte das perdas recentes. O Ibovespa, que avançou nos últimos dias, vai na direção contrária.

FECHAMENTO EUROPA
  • Frankfurt: +0,74%
  • Londres: +0,63%
  • Paris: +0,87%
  • Madri: -0,03%
  • Stoxx-600: +0,82%
ITAÚ BBA VÊ AÇÕES BPAC11 "CARAS DEMAIS"

Por melhor que seja um ativo, se ele ficar caro demais é melhor pensar duas vezes antes de incluir na carteira.

E foi pensando nisso que o Itaú BBA rebaixou a recomendação das ações do BTG Pactual (BPAC11) de compra para “em linha com o mercado”.

Em relatório, os analistas elogiam o desempenho do banco, mas justificam a mudança pelo atual nível de preço do ativo.

O preço-alvo para o fim de 2023 passou de R$ 34 para R$ 31 — potencial de alta de 13,6% se considerado o fechamento de ontem, a R$ 27,27.

CONFIRA OS MOTIVOS PARA O CORTE NA RECOMENDAÇÃO

COMO ANDAM OS MERCADOS

A “Super Quarta” é de expectativa sobre os juros americanos e aqui no Brasil. Nos EUA, o Federal Reserve (Fed) deve elevar a taxa básica em 75 pontos-base, segundo os analistas do mercado.

A decisão deve sair às 15h (horário de Brasília) e, em seguida, o presidente do Fed, Jerome Powell, deve discursar sobre a nova elevação.

Enquanto a decisão não sai, os investidores reduziram a cautela e as bolsas americanas acumulam ganhos desde a abertura. Confira:

  • Dow Jones: +0,44%;
  • S&P 500: +0,47%;
  • Nasdaq: +0,28%.

Apesar do bom desempenho de Wall Street, o Ibovespa opera em queda próxima a 1%, em dia de realização de lucros.

Em relação à taxa básica de juros (Selic), os analistas esperam que o Comitê de Políticas Monetárias (Copom) decida pela manutenção da Selic em 13,75% ao ano.

Há pouco, o petróleo passou a operar em queda de 0,46%, com o barril negociado a US$ 90,20. Contudo, a desvalorização ainda não reflete nas ações das petroleiras brasileiras, que estão em alta.

O minério de ferro, em Dalian (China), também fechou o dia em queda 0,92%, cotado a US$ 99,78 a tonelada.

Por fim, o dólar à vista sustenta superior a 0,50%, a R$ 5,1829.

ROMI (ROMI3) DISPARA

As ações da Romi (ROMI3) operam em alta de quase 10% nesta manhã, despontando entre as maiores altas de toda a B3.

Em foco, os anúncios de um aumento de capital e a distribuição de proventos sob a forma de juros sobre o capital próprio (JCP).

Ao todo, a companhia vai distribuir R$ 15,5 milhões em JCP, o que resulta num valor líquido de R$ 0,17935 por ação.

Em paralelo, a empresa planeja aumentar seu capital em R$ 133,7 milhões — cerca de 20% da cifra atual —, por meio da emissão de 7,3 milhões de novos papéis ROMI3 a serem entregues aos atuais acionistas, na proporção de 1:10.

PETRÓLEO PERDE FÔLEGO

O petróleo não sustentou a alta superior a 3% e reduziu os ganhos há pouco, mas ainda opera em tom positivo.

A redução dos ganhos acontece após o discurso do presidente do Irã, Seyyed Ebrahim Raisi, na Assembleia Geral da ONU.

Durante a fala, Raisi afirmou que o seu país tem sido “extremamente flexível” para retomar o acordo nuclear com as potências, como resposta às sanções impostas pelo EUA.

O presidente iraniano ainda disse que com o possível acordo, a capital Teerã poderá exportar mais petróleo.

A commodity reagiu à fala e sobe, com menos força, a 0,24%, com o barril negociado a US$ 90,91.

BTG PACTUAL LIDERA PERDAS DO DIA

O banco BTG Pactual é a maior perda do Ibovespa desde a abertura da bolsa.

Os papéis BPAC11 caem 4,33%,  negociados a R$ 26,09 após o rebaixamento das ações pelo Itaú BBA, que reajustou as estimativas para o BTG.

O Itaú BBA também reduziu o preço-alvo de R$ 34 para R$ 31.

Além disso, o banco digital confirmou, ontem após o fechamento dos mercados, que avalia a compra dos ativos do espólio de Aloysio Faria, que detém, o Banco Alfa.

 

Após a abertura das bolsas americanas, o Ibovespa inverteu o sinal e passou a operar em queda de 0,19%, aos 112.298 pontos.

A bolsa brasileira descola do exterior, com a expectativa de nova elevação dos juros nos EUA, e ignora a valorização do petróleo no mercado internacional.

O dólar à vista, que acumulava perdas desde a abertura, opera em alta de 0,31%, a R$ 5,1584.

ABERTURA EM NOVA YORK

As bolsas americanas abrem o dia em alta, à espera da decisão do Federal Reserve (Fed) sobre a taxa básica de juros.

Os investidores esperam, em sua grande maioria, a elevação dos juros em 75 pontos-base, mas há apostas de alta de 100 pontos-base.

Além disso, o mercado aguarda o discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, logo após a decisão.

Confira a abertura em Wall Street:

  • Dow Jones: +0,51%;
  • S&P 500: +0,54%;
  • Nasdaq: +0,33%.
SOBE E DESCE DO IBOVESPA

Confira as maiores altas:

CÓDIGO NOME ULT VAR
RRRP3 3R Petroleum ON R$ 39,74 2,37%
HAPV3 Hapvida ON R$ 8,04 1,90%
ALPA4 Alpargatas PN R$ 21,94 1,76%
RDOR3 Rede D’Or ON R$ 34,59 1,56%
PRIO3 PetroRio ON R$ 28,74 1,45%

 

E as maiores quedas do dia:

CÓDIGO NOME ULT VAR
BPAC11 BTG Pactual units R$ 26,77 -1,83%
IGTI11 Iguatemi ON R$ 20,01 -1,53%
CMIN3 CSN Mineração ON R$ 3,50 -1,13%
CSNA3 CSN ON R$ 12,98 -0,92%
WEGE3 Weg ON R$ 30,87 -0,84%

 

O Ibovespa abriu em recuperação de 0,44%, aos 113.011 pontos e acompanha os índices futuros de Nova York.

No mesmo horário, o dólar à vista recupera as perdas da abertura com alta de 0,05%, cotado a R$ 5,1449.

IGUATEMI (IGTI11) MOVIMENTA R$ 720 MILHÕES EM OFERTA

Iguatemi (IGTI11) preocupou analistas e investidores ao anunciar uma nova oferta de ações para financiar a aquisição do shopping JK Iguatemi.

O negócio em si não gerou dúvidas – a empresa concordou em pagar R$ 667 milhões por uma fatia adicional que a transformou na dona de 100% do ativo.

Mas um follow-on com as ações ainda em patamares descontados e que poderia levar à diluição dos acionistas soou um alerta no mercado.

CONFIRA OS DETALHES

O Ibovespa futuro inverteu o sinal há pouco e passou a operar em leve recuperação, acompanhando os índices de Nova York.

O índice futuro da bolsa brasileira sobe a 0,16%, aos 113.396 pontos.

Em Nova York:

  • Dow Jones futuro: +0,33%;
  • S&P 500 futuro: +0,32%;
  • Nasdaq futuro: +0,13%.
ACIONISTAS DA ZAMP (BKBR3) RECUSAM NOVA OFERTA

As disputas por tronos costumam ser marcadas por intrigas, convescotes, reviravoltas e alianças improváveis.

E, na disputa pela coroa do Burger King, os detentores de 22,5% do capital da Zamp (BKBR3) rechaçaram a nova investida do Mubadala pelo trono grelhado.

Em busca do controle da Zamp, o Mubadala elevou em 10,1% o preço por ação em uma segunda proposta apresentada na semana passada.

CONFIRA OS MOTIVOS DA RECUSA

O Ibovespa futuro abre em queda de 0,25%, 113.135 aos pontos, em dia de decisões sobre a taxa de juros americana e brasileira.

No mesmo horário, o dólar à vista abre também em queda de 0,06%, cotado a R$ 5,1494.

OPORTUNIDADE DE SWING TRADE NA BOLSA
O nosso colunista, Nilson Marcelo, identificou uma oportunidade na bolsa hoje: lucro de mais de 5% com ações da Itaúsa (ITSA4).
BOLSAS NO EXTERIOR
  • Dow Jones futuro: +0,22%;
  • S&P 500 futuro: +0,19%;
  • Nasdaq futuro: -0,01%;
  • Euro Stoxx 50: +0,01%
  • Xangai (China): -0,17% (fechado);
  • Nikkei (Japão): -1,36% (fechado);
  • Petróleo Brent: US$ 92,65 (+2,27%);
  • Minério de ferro (Dalian, China): US$ 99,78 (-0,92%).
ESQUENTA DOS MERCADOS

Bom dia! Mais uma Super Quarta chegou para as bolsas.

E, antes de prosseguir, nunca é demais lembrar: a Super Quarta dos bancos centrais é aquele diazinho de meio de semana que, não raro, delimita a fronteira entre o céu e o inferno nos mercados financeiros.

Os negócios costumam seguir modorrentos até as 15h, quando o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) divulga sua decisão de política monetária.

A reação nos índices mundo afora tende a ser imediata.

Logo em seguida, tão ou mais importante quanto a decisão em si, o presidente do Fed, Jerome Powell, concede entrevista coletiva. E é aí que o bicho pega.

Powell tem um singular poder sobre o destino das bolsas. O esclarecimento de algum mal entendido tem o potencial de pacificar o mercado; mas aquela palavrinha fora de lugar também pode fazer a maionese desandar — a partir daí, o mercado financeiro é tomado pelo “deus nos acuda”.

Quem garante mais importância ainda para a Super Quarta é outro BC, mais próximo dos brasileiros.

Pouco depois do fechamento do Ibovespa é a vez de o Comitê de Política Monetária (Copom) do nosso Banco Central divulgar sua decisão de juro.

De qualquer modo, o índice local tem se descolado do exterior e reagido ao noticiário doméstico com a proximidade das eleições de outubro a menos de 11 dias.

No pregão da última terça-feira (20), o Ibovespa deixou a cautela com a Super Quarta de lado e subiu 0,62%, aos 112.516 pontos. O dólar à vista recuou 0,25%, a R$ 5,1704

Confira o que movimenta as bolsas, o dólar e o Ibovespa no pregão de hoje.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

ELEIÇÕES 2022

‘Descamba ao absurdo’: pedido de coligação de Bolsonaro para suspender transporte gratuito nas eleições é barrado por corregedor do TSE

1 de outubro de 2022 - 21:57

Além da petição considerada ‘absurda’, a coligação ainda errou na solicitação, pois a decisão questionada pelo PL determinou apenas que o transporte público opere em níveis normais no próximo domingo

ELEIÇÕES 2022

Contrariando as pesquisas, Bolsonaro espera ser eleito amanhã com mais de 60% dos votos válidos

1 de outubro de 2022 - 21:26

Bolsonaro disse esperar que as eleições ocorram com “lisura” e “transparência” e voltou a fazer ameaças contra o STF

NA CONTA DA Berkshire Hathaway

Warren Buffett já perdeu US$ 36 bilhões com a Apple neste ano; por que uma das “joias da coroa” do megainvestidor despenca no mercado acionário?

1 de outubro de 2022 - 20:32

Os ativos da gigante de tecnologia acumulam queda de 24% este ano, refletindo o mercado tech e também fatores internos

ELEIÇÕES 2022

Lula não teme golpe de Bolsonaro — petista diz que, se for eleito, “haverá posse”

1 de outubro de 2022 - 19:29

O ex-presidente indicou que acredita na vitória, mas ainda não sabe se ela virá no primeiro ou segundo turno

ELEIÇÕES 2022

Último Datafolha mostra Lula com 50% das intenções de voto, contra 36% de Bolsonaro; petista manteve vantagem e pode levar o pleito no primeiro turno

1 de outubro de 2022 - 18:12

A última pesquisa Datafolha antes do primeiro turno acaba de ser divulgada e mostra que a distância entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) manteve-se a mesma. O levantamento publicado neste sábado indica que Lula tem 50% dos votos válidos contra 36% de Bolsonaro. A pontuação do petista […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies