Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-08-09T19:12:23-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Mais uma na bolsa

Viveo (VVEO3) dispara quase 10% na estreia na B3; conheça a empresa

A Viveo é uma holding que controla diversas companhias que fabricam e distribuem materiais hospitalares e medicamentos; ação saiu no piso da faixa indicativa de preço no IPO

9 de agosto de 2021
14:31 - atualizado às 19:12
IPO Viveo VVEO3
Imagem: Cauê Diniz/Imprensa B3

Mais um IPO que começa com a corda toda na B3: nesta segunda-feira (9), foi a vez da Viveo (VVEO3) estrear na bolsa e fazer barulho já no primeiro dia. Os papéis da empresa de saúde, precificados a R$ 19,92, fecharam em forte alta de 9,44% a R$ 21,80.

O salto contrasta com a demanda relativamente tímida vista durante o processo de abertura de capital. As ações da Viveo saíram no piso da faixa de preço pretendida pela companhia, que ia de R$ 19,92 a R$ 25,81.

Essa, aliás, tem sido uma constante na atual janela de IPOs. A maioria das empresas tem emplacado suas ofertas no limite inferior de preço ou até abaixo dele, indicando uma certa desconfiança dos investidores de maior porte — ClearSale e Armac foram algumas das poucas que conseguiram chegar ao topo das faixas indicativas.

De qualquer maneira, as ações da Viveo tiveram uma estreia de gala, marcando a chegada de mais uma companhia do setor de saúde à bolsa.

"A Viveo nasceu para inovar e simplificar o mercado da saúde. Essa oferta de ações é um marco na evolução do nosso ecossistema de soluções e cuidados", disse Leonardo Byrro, CEO da empresa, em cerimônia realizada mais cedo na B3.

Veja neste vídeo ações de empresas que já têm capital aberto e que você deve ficar de olho:

Quem é a Viveo?

A Viveo é uma holding que controla diversas companhias que fabricam e distribuem materiais hospitalares e medicamentos. Seu IPO, assim, vai na esteira de muitas outras empresas do setor que abriram seu capital recentemente, como o Hospital Mater Dei e a Rede D'Or.

No mesmo segmento, a Kora Saúde também está prestes a fazer seu IPO; a Athena Saúde está com um pedido de abertura de capital em análise na CVM.

A oferta da Viveo movimentou R$ 1,876 bilhão — cerca de R$ 700 milhões foram para o caixa da empresa. Confira também os destaques financeiros da empresa no segundo trimestre deste ano:

  • Receita líquida: R$ 1,5 bilhão (alta de 60%);
  • Ebitda ajustado: R$ 115,7 milhões (alta de 60%); e
  • Lucro líquido: R$ 82,1 milhões (alta de mais de 400%).

A holding controla empresas como a Cremer, fabricante de itens de primeiros socorros, como ataduras e curativos, e a Mafra Hospitalar, distribuidora de medicamentos e materiais para hospitais.

IPOs em 2021

O ano tem sido bastante movimentado na B3: já foram mais de 40 IPOs, com empresas que atuam em segmentos diversos: tecnologia, serviços financeiros, agroindústria, energia, varejo e muitos outros.

Veja o desempenho das ações de empresas que estrearam em 2021 na B3:

IPOs em 2021
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Mais uma na lista

Corretora de criptomoedas Huobi Global, uma das maiores do mundo, restringe negociações na China

A plataforma também informou que retirará gradualmente as contas existentes no gigante asiático até o fim de 2021

Uma nova gigante tech

Infracommerce (IFCM3) dispara 10% com “aquisição transformacional”; outras techs sentem o baque e caem

A Infracommerce (IFCM3) acertou a compra da Synapcom, ganhando escala no B2B — e pagando um preço relativamente baixo pela rival

NOVO SUSTO

Em crise de liquidez, concorrente da Evergrande esboça pedido de apoio a governo de cidade chinesa

Notícia provocou queda acentuada nas ações da Sunac, que fecharam hoje no nível mais baixo em 4 anos

Crédito disponível

Com juros salgados, Caixa libera empréstimo de até R$ 1.000 no aplicativo Caixa Tem; veja condições

O crédito ficará disponível para assalariados, autônomos, beneficiários de programas sociais e de políticas públicas de distribuição de renda

Bolsa hoje

Destaques do Ibovespa: frigoríficos e empresas ligadas a commodities lideram altas em dia de recuperação; Locaweb (LWSA3) é maior queda

Confira os destaques do pregão desta segunda-feira (27) e não deixe de acompanhar as principais notícias do dia na nossa cobertura de mercados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies