Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-03T20:44:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
mineradora em foco

Produção de minério da Vale soma 300,3 milhões de toneladas em 2020; queda foi de 0,5%, mas dentro do esperado

Estimativa havia sido revisada para baixo em relação ao inicialmente previsto pela Vale, uma faixa de 310-330 milhões de toneladas

3 de fevereiro de 2021
20:39 - atualizado às 20:44
Navio da Vale
Imagem: Agência Vale

A produção de minério de ferro da Vale no quarto trimestre de 2020 alcançou 84,508 milhões de toneladas, alta de 7,9% em relação ao reportado um ano antes. No acumulado do ano, a mineradora produziu um total de 300,385 milhões de toneladas, queda de 0,5% ante 2019.

O volume veio em linha com o último guidance de produção anual para 2020, divulgado em dezembro, de 300-305 milhões de toneladas. A estimativa foi revisada para baixo em relação ao inicialmente previsto pela Vale, uma faixa de 310-330 milhões de toneladas.

A companhia diz em relatório que "2020 terminou com a retomada parcial de todas as operações de finos de minério de ferro paralisadas em 2019, o que se tornou ainda mais desafiador em meio a pandemia de covid-19 e à necessidade de adoção de medidas de proteção aos colaboradores e apoio às comunidades".

Meta para o fim 2022

A Vale afirma ainda que, apesar dos impactos e medidas relacionados à pandemia terem reduzido a produtividade em todos os negócios e adiado, em 2020, o início dos novos ativos de minério de ferro, continua confiante de que vai atingir 400 milhões de toneladas de capacidade ao fim de 2022.

No fim do ano passado, a empresa tinha capacidade de produção de 322 milhões de toneladas e espera chegar ao fim de 2021 com capacidade de 350 milhões de toneladas por ano.

Já as vendas de minério de ferro da companhia em 2020 registraram recuo de 5,4%, para 254,865 milhões de toneladas. No último trimestre do ano passado, a venda de minério de ferro pela Vale somou 82,825 milhões de toneladas, alta de 25,9% na relação anual e de 6,3% ante o trimestre imediatamente anterior.

Somados, os volumes de vendas de finos de minério de ferro e pelotas totalizaram 286,1 milhões de toneladas em 2020, 5% abaixo da produção de finos de minério de ferro.

Para atender clientes em 2019, a Vale reduziu seus estoques operacionais, atingindo níveis insustentáveis. Em 2020, a mineradora precisou recompor seus estoques operacionais, possibilitando uma maior aderência entre vendas e produção em 2021, informou a companhia no relatório de produção.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

MÚSICA NO FANTÁSTICO

Unilever recebe mais um não da Glaxo para oferta de US$ 68 bilhões por divisão que produz Advil; entenda o caso

Se fosse concretizado, o acordo seria o maior em termos globais desde o início da pandemia de covid-19

EFEITOS COLATERAIS

Ômicron e seus investimentos: variante do coronavírus terá efeitos distintos sobre empresas de saúde na bolsa; saiba quais são eles

Planos de saúde devem enfrentar um cenário menos favorável dado o aumento dos índices de sinistralidade e pressão sobre os custos

FOI DADA A LARGADA

Petrobras (PETR4) e Novonor iniciam oficialmente processo para vender participações na Braskem; veja quanto a operação bilionária pode levantar

O pedido de registro para a oferta pública secundária, que será realizada no Brasil e no exterior, foi publicado na madrugada deste sábado (15) na CVM

INCENTIVO À MUDANÇA

Meca das criptomoedas? Estado americano tenta atrair trabalhadores com pagamento em bitcoin (BTC)

Iniciativa acontece em meio a explosão de crescimento no setor de tecnologia, especificamente naquelas habilitadas para blockchain

HEY, BROTHERS!

BBB é ‘fábrica de milionários’: prêmio de R$ 1,5 milhão é fichinha perto da fortuna que ex-participantes constroem; veja como Juliette, Gil do Vigor e outros ficaram ricos após reality

A edição de 2022 do BBB começa na próxima segunda e pode conceder o título de milionário a mais pessoas; veja quem já conseguiu se consagrar com a participação na casa mais vigiada do Brasil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies