Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-01-13T16:04:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
investimento-aposta

Ele comprou a ação da Tesla a US$ 7,50 — e agora quer se aposentar aos 39 anos com uma fortuna de US$ 12 milhões

Jason DeBolt mantém aplicações em um único ativo: as ações da montadora, contrariando a recomendação de especialistas; ele veio a público comemorar o recente rali da fabricante de veículos elétricos

13 de janeiro de 2021
16:00 - atualizado às 16:04
Elon Musk, executivo da Tesla que mexeu com os mercados - inclusive com o bitcoin
3 de setembro de 2020, Brandenburg. Elon Musk, CEO da Tesla, está no canteiro de obras da Tesla. - Imagem: Shutterstock

Um investidor da Tesla fez aquilo que nenhum planejador financeiro recomendaria: aplicou — e ainda aplica — suas reservas em único ativo: as ações da montadora.

A história de Jason DeBolt, que chegou a trabalhar para o Google, é um verdadeiro golpe de sorte. Ele começou comprando as ações da montadora de Elon Musk quando os papéis valiam apenas US$ 7,50 — hoje, são negociados na faixa dos US$ 800.

Agora aos 39 anos, DeBolt tem uma fortuna de US$ 12 milhões — e fala em se aposentar. O investidor veio a público na última semana, em sua conta no Twitter, para celebrar a mais recente alta das ações da Tesla.

Apenas no último ano, os papéis da montadora de carros elétricos subiram mais de 730%.

Não recomendado

O gerente de portfólio da Ritholtz Wealth Management LLC, Ben Carlson, diz que jamais colocaria suas economias em um único investimento.

"Ser um investidor diversificado significa que nunca colocarei minha família na posição de ser completamente destruída por uma única posição", escreveu no blog da gestora em ele atua.

DeBolt não tem esposa nem filhos — e parece disposto a enfrentar também os baixos da decisão de aplicar somente na Tesla: ele chegou a perder US$ 1,3 milhão em um dia no ano passado.

O blog Ramp Capital perguntou para DeBolt se ele não estava preocupado com a possibilidade de uma bolha da Tesla, tendo em vista o rali do ano passado. O investidor disse que não.

"Os setores de energia e transporte estão sendo disruptivos, e o preço das ações da Tesla reflete isso", disse. "Acho que poderíamos eventualmente ver US$ 20 mil a US$ 30 mil por ação até 2030, presumindo que não haveria mais desdobramentos de ações".

DeBolt tem atualmente 14,8 mil ações da Tesla, com um custo médio de US$ 58 cada. O primeiro investimento foi em 2,5 mil papéis a US$ 7,50 em 2013, segundo o site MarketWatch.

"Acho que não veremos uma empresa como a Tesla nos próximos 50 anos", disse.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies