2021-09-21T06:40:09-03:00
Estadão Conteúdo
INVESTIMENTO BILIONÁRIO

Rumo assina contrato para construir ferrovia em MT

Modelo de contrato prevê que todo o risco fique nas mãos da iniciativa privada

21 de setembro de 2021
6:40
Rumo
Imagem: Rumo/Divulgação

A Rumo Logística assinou ontem o contrato para a construção da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso, com investimento estimado entre R$ 9 bilhões e R$ 11 bilhões.

O trecho será construído no regime de autorização. Diferentemente das concessões, o modelo prevê que 100% dos riscos fiquem nas mãos da iniciativa privada.

"No modelo de autorização, não existiria a possibilidade de reequilíbrio de contrato pela pandemia, por exemplo. É um regime novo, mas de certa maneira remete ao passado, pois lá atrás as ferrovias não eram estatais. As empresas construíam por sua conta e risco e concorriam entre si", afirma o sócio de infraestrutura do Machado Meyer Advogados, Rafael Vanzella, referindo-se às primeiras estradas de ferro do País.

Sistema terá 730km de extensão

A Rumo vai construir um sistema com 730 km de extensão. Serão dois blocos, ambos partindo de Rondonópolis com destino a Cuiabá e Lucas do Rio Verde. O contrato prevê exploração de 45 anos, prorrogáveis por mais 45. A conclusão do primeiro ramal está prevista para 2026 e a do segundo, para 2030.

No mês passado, foi editada uma medida provisória com o objetivo de desburocratizar o procedimento de autorização de novas ferrovias e facilitar a atração de investimentos privados no setor. Desde a assinatura, o governo federal já recebeu 11 pedidos de ferrovias em diversos Estados.

Nos cálculos do Ministério da Infraestrutura, as ferrovias transportam aproximadamente 20% das cargas no País. Com a liberação de projetos de autorização e grandes concessões previstas para o curto prazo, a participação do modal pode saltar para 40% em 2035.

No caso da ferrovia mato-grossense, não houve outros interessados no projeto além da Rumo. Segundo Vanzella, é esperado que em ferrovias o regime de autorização tenha atratividade limitada. "Ninguém no Brasil quer investir agora e recuperar somente no longo prazo. Esse tipo de projeto precisa ser estimulado", observa. "O contrato da Rumo para a ferrovia mato-grossense simboliza um novo marco no setor de logística."

Apetite x capacidade

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), afirmou que, embora os estudos tenham mostrado que havia "apetite" no mercado para projetos dessa magnitude, este não é um empreendimento para "qualquer um".

O presidente da Rumo, João Alberto Abreu, afirmou a jornalistas que, do ponto de vista das emissões de carbono, o transporte de longa distância e grandes volumes via ferrovias é muito mais vantajoso. "A pegada é muito menor."

Ele disse que o projeto contribuirá ainda mais para o escoamento da safra de grãos, mas também para movimentar outros segmentos. "O mercado interno passa a ser fomentado com essa nova ligação."

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

A SEMANA EM GRÁFICOS

Covid-19 pressiona aéreas, turismo, Ibovespa e bitcoin, mas inflação avança no mundo: entenda a última semana com estes gráficos

As companhias aéreas sofreram perdas significativas na bolsa esta semana e nem o bitcoin (BTC) conseguiu se salvar

O MELHOR DA SEMANA

Piora da covid no mundo e criptomoedas além do bitcoin (BTC): 5 assuntos mais lidos no Seu Dinheiro esta semana

O mercado já trabalhava amplamente com a visão do verdadeiro normal. Mas os mercados globais voltaram a entrar em pânico com a covid-19

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos