2021-04-10T10:43:54-03:00
Expansão

Rede D’Or assina memorando para aquisição de hospital na Paraíba

Documento prevê que Rede detenha 51% do capital social do Hospital Nossa Senhora das Neves

10 de abril de 2021
10:43
Glória D'Or, da Rede D'Or', no Rio de Janeiro. - Imagem: Divulgação Glória D'Or Facebook

A Rede D'Or São Luiz assinou memorando para adquirir 51% do capital social do Hospital Nossa Senhora das Neves S.A. (“HNSN”), da Paraíba, conforme fato relevante publicado pera companhia nessa sexta-feira, 9.

O hospital tem como empresas subsidiárias o Clim Hospital Geral, Luppa Laboratórios, Unigastro e Neves Medicina Diagnóstico, e é detentor dos imóveis utilizados HNSN. O valor de firma (firm value) para 100% do HNSN é R$550 milhões. Deste valor será deduzido o endividamento líquido. A previsão de receita para o HNSN é de R$ 320 milhões, com EBITDA de R$ 70milhões nos 12 meses posteriores ao fechamento da Operação.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Conforme o comunicado da Rede D’Or, o HNSN e o Clim são hospitais gerais de alta complexidade e referência, contando conjuntamente com 235 leitos e com capacidade para expansão de até 400 leitos. “Os hospitais têm destacada liderança no seu mercado de atuação e servirão como plataforma para explorar oportunidades em João Pessoa e mercados adjacentes”, diz o texto.

A família Assis, titular de 49% do capital social do HNSN, permanecerá à frente na gestão do Grupo Neves. A operação também envolverá a totalidade da participação societária atualmente detida pelo fundo Baraúna.

A operação está sujeita a verificações, como a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DESTAQUES DO DIA

Commodities brilham e Gerdau (GGBR4), Braskem (BRKM5) e PetroRio (PRIO3) puxam recuperação do Ibovespa

Enquanto o Ibovespa sobe mais de 1%, o bom desempenho das empresas ligadas ao setor de commodities puxam a recuperação do índice

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin começa dezembro em alta e se mantém nos US$ 58 mil; Terra (LUNA) e Shiba Inu (SHIB) são destaques entre as altcoins

As criptomoedas deixam para trás um final de mês difícil e avançam apesar das últimas declarações da secretária do Tesouro dos EUA sobre a regulamentação de stablecoins

Conteúdo NovaDAX

NovaDAX diversifica portfólio com listagem de cinco novas moedas

Os investidores da plataforma agora tem mais opções de trade

BURACO NEGRO

Empresa de Elon Musk à beira da falência? Bilionário admite que o risco é real se a SpaceX não decolar

Em e-mail enviado aos funcionários, CEO descreve a existência de uma crise muito pior do que a imaginada no desenvolvimento dos motores Raptor

Índice em expansão

Casa cheia: Porto Seguro (PSSA3) e Positivo (POSI3) entram na primeira prévia do novo Ibovespa

As units da GetNet (GETT11) foram excluídas da carteira nessa primeira prévia; com isso, o Ibovespa começaria 2022 com 93 ativos