Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-04-14T12:11:42-03:00
Ivan Ryngelblum
Ivan Ryngelblum
Jornalista formado pela PUC-SP, com pós-graduação em Economia Brasileira e Globalização pela Fipe. Trabalhou como repórter no Valor Econômico, IstoÉ Dinheiro e Agência CMA.
decolagem interrompida

Apertem os cintos: recuperação da Gol será mais turbulenta que o esperado

Companhia reduz projeções para receita no primeiro trimestre, dizendo que retomada dependerá de ritmo da vacinação

14 de abril de 2021
12:11
gol
Gol Linhas Aéreas - Imagem: Shutterstock

Quem esperava que a recuperação das companhias aéreas decolasse em 2021, depois da recuperação que elas engataram no final de 2020, percebeu que o poço que a covid-19 cavou é bem mais profundo e difícil de sair.

A segunda onda atrapalhou os planos de retomada, e a perspectiva agora é de mais um ano de dificuldades, cuja superação dependerá do ritmo de vacinação contra o novo coronavírus.

A própria Gol (GOLL4) admitiu a situação na terça-feira (13), quando informou que a crise ainda é severa e que a recuperação ocorrerá num ritmo mais lento que o esperado.

“Tendo em vista que o número de casos de covid-19 no Brasil está em patamares elevados, a administração da Gol continua considerando cenários de recuperação mais conservadores, mantendo iniciativas para redução de custos, preservar equilíbrio do fluxo de caixa e adequação da oferta aos níveis reduzidos de demanda”, diz trecho de comunicado da empresa.

Para enfrentar este cenário de incerteza, a empresa informou que tem liquidez suficiente para administrar e financiar seu capital de giro, despesas e serviços da dívida “nos próximos meses, período de maior impacto no seu fluxo de caixa”, por coincidir com a baixa temporada.

Primeiro trimestre ainda difícil

Por conta da segunda onda de contaminações, que atingiu em cheio o país em março, a Gol registrou uma queda de 25% na busca por passagens aéreas em relação a fevereiro. O volume de vendas diárias caiu 40% durante o mês, levando a empresa a fechar o mês com uma receita bruta consolidada de R$ 300 milhões, queda de 37% na comparação mensal.

A situação resultou numa revisão negativa de algumas projeções para o primeiro trimestre, em relação ao que foi divulgado pela própria Gol no quarto trimestre.

Diante do novo cenário de demanda, a expectativa para a receita líquida no trimestre até março é de R$ 1,6 bilhão, ligeiramente abaixo dos R$ 1,7 bilhão informados inicialmente. O prejuízo por ação deve ser de aproximadamente R$ 2,35.

A receita unitária de passageiro deve ser 12% inferior ao registrado no mesmo período de 2020, enquanto a receita unitária deve ser 9% menor.

A Gol divulgou ainda dados novos, como da margem para o resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês), ajustada para excluir despesas não operacionais e não recorrentes. A expectativa é de que ela fique entre 20% e 22%, uma redução em relação aos 46% do mesmo período de 2020.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Alta da Selic, bons números da Weg, IPO do Nubank e dividendos da Gerdau: veja o que marcou o mercado hoje

Há cerca de um mês, o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a autoridade não mudaria o “plano de voo” a cada novo dado da economia brasileira. Mas, veja só, a realidade obrigou a instituição a recalcular a rota: há pouco, o Copom elevou a Selic em 1,50 ponto percentual, ao […]

Referência em SP

Na corrida do setor de saúde, Rede D’Or (RDOR3) garante fôlego com a compra do Hospital Santa Isabel

O ativo está avaliado em R$ 280 milhões. Porém, conforme explica a empresa, seu endividamento líquido será deduzido na conta final da transação

Ser conservador compensa

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 7,75%

Agora até a poupança ganha da inflação projetada. Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom sobre a Selic

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado do Copom a respeito da Selic; a taxa básica de juros foi elevada ao patamar de 7,75% ao ano

CRYPTO NEWS

Sobrevivendo aos altos e baixos do bitcoin: veja sete ensinamentos para os ciclos de criptomoedas

Manter a saúde mental e financeira é um desafio para os investidores do mundo cripto, especialmente em meio ao bull market atual

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies