Menu
2021-06-10T08:07:09-03:00
Estadão Conteúdo
Encerrando caso

Peugeot pagará 10 milhões de euros por possível fraude em emissões de diesel

Além disso, a empresa terá de constituir uma reserva bancária de 30 milhões de euros para eventual indenização de prejuízos

10 de junho de 2021
8:07
peugeot-logo-1920×1080
Imagem: Shutterstock

A Peugeot, subsidiária da Stellantis, pagará 10 milhões de euros por responder a um inquérito criminal na justiça francesa que investiga uma suposta fraude da montadora em emissões de diesel de seus veículos entre 2009 e 2015.

A companhia nega as acusações, mas diz que vai cooperar com o judiciário do país europeu para "resolver o assunto com celeridade".

Segundo comunicado emitido pela Stellantis, do total a ser pago à Justiça da França, como parte do rito processual local, 8 milhões serão destinados à quitação de potenciais danos e 2 milhões visam assegurar a representação da empresa em tribunal.

Além disso, a Peugeot terá de constituir uma reserva bancária de 30 milhões de euros para eventual indenização de prejuízos.

Representantes da Citroën e da FCA, outras duas subsidiárias da Stellantis, também foram intimados a comparecer no Tribunal Judicial de Paris, em 10 de junho e 10 de julho, respectivamente, no âmbito da mesma investigação.

"Essa etapa formal da investigação judicial permitirá que as partes investigadas tenham pleno acesso ao processo e lhes dará a oportunidade de se defenderem de alegações que ainda não foram avaliadas em processos com direito ao contraditório", diz a Stellantis, na nota. "As empresas acreditam firmemente que seus sistemas de controle de emissões atenderam a todos os requisitos aplicáveis nos momentos relevantes e continuam a fazê-lo e aguardam a oportunidade de demonstrar isso", acrescenta.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

atenção, acionista

Carrefour paga R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio e altera valor de dividendos

Cifra equivale a R$ 0,088148225 por ação em circulação; também anunciou uma modificação do valor por ação dos dividendos aprovados em abril, de R$ 0,382372952 para R$ 0,382361396

maior apetite por risco

Empresas do Brasil captam US$ 4,6 bilhões; montante deve aumentar com ofertas de Stone e Light

Emissores brasileiros haviam paralisado planos de captar no exterior nos últimos meses, em meio à turbulência interna com a pandemia e o aumento do juro norte-americano

em meio ao aumento de consumo de frango

SuperFrango, de Goiás, retomará IPO de R$ 1 bilhão

Após resolver adiar a operação, a empresa fará uma apresentação mais cuidadosa de seu negócio aos analistas; oferta é estimada entre R$ 1 bilhão e R$ 1,5 bilhão

levantamento

Estatais descumprem critérios do marco do saneamento

GO Associados calculou que as companhias públicas do Rio Grande do Norte, Santa Catarina, Alagoas, Maranhão, Amazonas, Pará, Piauí, Roraima, Rondônia e Amapá não atendem a todos os critérios da “etapa 1” do decreto – que prevê o cumprimento de índices mínimos dos indicadores econômicos-financeiros

questionamentos em brasília

Novo marco de saneamento é alvo de ofensiva no Supremo e no Congresso

No Supremo, mais de 20 empresas estatais que prestam hoje serviços no setor querem a volta da possibilidade de fechar os chamados “contratos de programa”, diretamente com as Prefeituras e sem licitação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies