Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-17T15:29:05-03:00
Estadão Conteúdo
Troca no comando

Nuno Lopes Alves é o novo presidente da Visa no Brasil

O executivo sucede Fernando Teles, que largou o bastão na semana passada após quase cinco anos no cargo

17 de junho de 2021
15:29
Nuno Lopes Alves Visa
Imagem: Divulgação

A bandeira de cartões Visa anunciou nesta quinta-feira a nomeação de Nuno Lopes Alves como novo presidente da companhia no Brasil. O executivo continuará a integrar a equipe de liderança do grupo na América Latina e Caribe, e sucede Fernando Teles, que, após quase cinco anos, largou o bastão, na semana passada.

Nascido no Brasil, Alves traz mais de 23 anos de experiência ao seu novo cargo. Sob seu comando, a Visa afirma que segue "comprometida" com as crescentes demandas dos consumidores no Brasil e com a aceleração da inovação no disputado segmento de meios de pagamentos.

"A Visa do Brasil é essencial para nosso crescimento e um impulsionador crítico de nossa estratégia na região da América Latina e Caribe", afirma o presidente regional da empresa para a América Latina e o Caribe, Eduardo Coello, em nota à imprensa.

"O Brasil é um mercado onde a inovação, especialmente em nosso setor, está evoluindo muito rapidamente, e ter uma sólida estratégia e equipe para continuar transformando o cenário de pagamentos e de comércio é fundamental", acrescenta.

Em seu primeiro posicionamento como presidente da Visa do Brasil, Alves enfatiza a diversidade de parceiros no País.

"Estou na expectativa de trabalhar em parceria com nossos emissores, fintechs, estabelecimentos comerciais, credenciadores e parceiros governamentais locais para continuar acelerando nossa estratégia de pagamentos sem atrito, explorar novas formas de pagamento no ponto de venda e expandir ainda mais nossas experiências de comércio digital e de omnichannel", diz.

Com MBA pela IESE Business School e bacharelado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, ele foi responsável por assuntos de gestão e negócios nos países e territórios da região Andina da Visa. Tem passagens ainda em empresas como Accenture e Barclays.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Exile on Wall Street

Para ser faixa-preta nos investimentos é preciso ter a paciência japonesa

Na literatura de alocação de ativos, “momentum” é a tendência que um ativo tem de continuar subindo apenas porque… já vem subindo. Nos últimos 30 anos, dezenas de estudos acadêmicos e gestores sistemáticos praticantes têm validado a existência de um prêmio por momentum no mercado de ações. Contrariando o senso comum, seria possível ganhar dinheiro […]

MERCADOS HOJE

Com clima doméstico tenso e inflação, Ibovespa não acompanha otimismo de NY; dólar recua

A crise política segue pesando no cenário interno, com a reforma ministerial e os ruídos em Brasília

O melhor do seu dinheiro

O mercado de ações à brasileira, a expectativa contra a realidade dos investimentos e outros destaques

A expressão Made in Brazil já foi muito mais utilizada do que é hoje em dia. Trazia inclusive uma conotação de nacionalismo, de orgulho do que era produzido por aqui e fazia sucesso no exterior. E pesquisando sobre o termo, encontrei uma banda de rock brasileira, bastante importante na cena musical dos anos 1970, exatamente […]

Bitcoin para os ricaços

Milionários passam a ver bitcoin como uma proteção contra a inflação, segundo Goldman Sachs

Confira o que uma pesquisa da instituição financeira descobriu sobre o interesse de escritórios de milionários em criptomoedas

De olho no dragão

IPCA-15 fica em 0,72% em julho e acumula 8,59% em 12 meses; confira o que pesa na inflação

O resultado do mês vem dentro das expectativas do mercado que projetava um crescimento de 0,46% até um teto de 0,78%, com a mediana de 0,65% ao índice

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies